logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 15 jun 2017 às 21:36
Com trunfo na manga, GM do Rockets nega medo do Warriors: “Não são imbatíveis”

Daryl Morey projeta time de Houston mais agressivo no mercado para tentar derrubar campeão

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

O Golden State Warriors esboçou o início de uma nova dinastia na segunda-feira passada, com a conquista do título da temporada. Mas não espere que oponentes da equipe de Oakland se sintam intimidados a desafiar o supertime nos próximos anos. O gerente-geral do Houston Rockets, Daryl Morey, garantiu que a franquia seguirá na tentativa de alcançar o recém-coroado campeão.

“Eles não são imbatíveis. Já houve maiores zebras no esporte. Nós continuaremos a melhorar nosso elenco e estamos acostumados a sermos vistos como azarões. Se o Warriors fizer nossas chances ainda menores, devemos ficar ainda mais agressivos no mercado como resposta. Temos um trunfo na manga”, afirmou o executivo, em entrevista ao analista Zach Lowe, da ESPN.

Rumores indicam que a surpresa do Rockets seria uma investida pela contratação do (concorrido) agente livre irrestrito Chris Paul, do Los Angeles Clippers. Se não der certo, porém, Morey tem uma ideia para dar à NBA. “Eu ouvi dizer que a liga poderia considerar dar banners às equipes que não forem ‘varridos’ por eles. Que tal?”, brincou o espirituoso dirigente.

  • Noah Russell Westbrook #baby

    Esse aí eu respeito.
    Não acho que CP3 e Harden vão combinar,mas só de contratá-lo já seria um puta movimento no mercado.

  • Leo #GoCeltics

    Rockets precisa é de defesa!!

  • Alex Alves

    O problema é sera que outro all-star vai dar certo com o Barba, D12 foi péssimo em sua passagem por Houston.

    • Guilherme Petros

      Howard é all-star??

      • Alex Alves

        Quando chegou a Houston sim, agora não mais.

        • Vitor Martins

          Mas acho que o problema foi muito mais o Howard do que Harden

        • Guilherme Petros

          Sei não, sei não…

    • FariaCAVS#madeinOHIO

      Depois que o Howard veio com o papo de que vai chutar de 3 nessa temporada não duvido nada que ele é meio louco, não acerta nem lance livre … então convenhamos que o problema não deve ser o Harden …

  • William Felton

    “Eu ouvi dizer que a liga poderia considerar dar banners às equipes que não forem ‘varridos’ por eles. Que tal?”

    Não foi varrido porque não chegou a enfrentar haha. Se houvesse a série, provavelmente seria outra varrida. Só o Cavs, momentaneamente, tem o suficiente [leia-se, James] para levar o GSW ao limite.

    E tem mais. Não confio em um time que tem por líder o James Harden. Ele é sim um craque, mas não é um cara confiável. Sempre quando é preciso que ele entregue um pouco mais [alô, James!], ele deixa a desejar.

    O melhor é o C. Paul ir pro Spurs mesmo, lá as chances de sucesso são muuito maiores.

  • Michel Moral

    Pode causar estranheza o que vou afirmar, mas eu acredito que o Rockets, hoje, tem o time mais parecido com o do Golden State Warriors da liga e, portanto, talvez seja o time com maior capacidade de evolução para vencer eventual série contra o campeão da NBA. Guardadas as devidas proporções, um time com Beverly (marcando Curry), Barba, Ariza (em Durant), Ryan Anderson (versátil na 4) e Capela no jogo sujo, é muito competitivo. Obviamente que o Warriors tem muito, mas muito mais qualidade. Só que taticamente dá para jogar tranquilamente.

    Tanto que o Rockets venceu praticamente todos os postulantes ao título durante a temporada regular. Isso não é pouca coisa.

    Vejam, fora o Warriors, Houston é sem dúvida o time que melhor espaça a quadra na NBA. Os arremessos de três viraram uma arma letal. E esse foi exatamente o segredo do sucesso do time nessa temporada.

    Outro ponto importantíssimo dessa equipe de Houston é a segunda unidade. Um banco com Gordon, Lou Williams e Nene deu muito certo. Sendo assim, eu investiria ainda mais na segunda unidade, já que é o ponto fraco de muitas ou quase todas as equipes da liga.

    Já imaginou trazer um Zach Randolph, que também é FA?! Um banco de reservas com a base Gordon, Lou, Z-Boo e Nene, não deixaria a desejar para qualquer time na liga, mesmo que titulares.

    Então, não acho necessário trazer all stars. Se for para fazer algum upgrade, que seja em jogadores que não interfiram no jogo do Barba, que é o centro da equipe. CP3 cai bem em qualquer time e pode se adaptar a qualquer sistema de jogo, mas o Harden tem organizado bem a equipe.

    JJ Redick, por um salário justo, poderia ser outro nome interessante, ou Tony Allen para compor o sistema defensivo. Além de ir atrás de um pivô reserva também.

    • THIAGO GONZAGA

      Concordo com seu pensamente, mais algumas peças do Rockets não funcionam em playoffs, Anderson, Williams e Gordon são excelentes pontuadores mais são uma mãe na defesa. Ariza não tem velocidade lateral para marcar o Durant, e o Berverly sempre é maltratado pelo Curry, sem contar o Thompson que o Rockets não tem ninguém com a capacidade dele. Caso o Rockets consiga Z-Boo e Allen ai já outra historia. Apesar do Warriors castigar todos os times que jogam com caras ruins no arremesso.

      • Michel Moral

        Na verdade não há hoje um time que supere o Warriors. É uma realidade. Mesmo individualmente, você vê que Curry vive um momento diferenciado e Durant não tomou conhecimento de ninguém menos do que LeBron James.

        O CP3 sempre lutou/dançou capoeira contra o Curry, por exemplo.

        Obviamente que Ariza e Beverly não tem o nível de Curry e Durant. Eu os trocaria fácil por CP3 e Kawhi. Mas o sistema de jogo hoje está favorável com a dupla de backcourt do Rockets. Fora que têm um custo benefício excelente em termos de salário.

        E outra, mesmo que defensivamente o time tenha muito a aprimorar, no ataque é um time de primeiro escalão na NBA. Acho que com algumas peças pontuais, vai fazer melhor do que se trouxesse um superastro.

    • Gabriel S Monteiro

      De fato faz sentido, Z-Boo é um cara excelente pra vir do banco hoje, joga aquele basquete clássico no garrafão. Gostaria que Boston fosse atrás dele pra ser o principal reserva do garrafão, e daria um belo up no banco, ainda mais que Amir não deve ficar, ou o próprio Nenê.

      Mas credito que Huston está no caminho certo também, vamos ver agora como vai se movimentar no mercado!

  • Rafael Victor

    O pensamento tem que ser esse! Queria ver essa mentalidade lá no Leste também em relação ao Cavaliers!

  • FariaCAVS#madeinOHIO

    O ataque dos Rockets está impecável, ótima rotação, perímetro e garrafão, mas quem quer bater de frente com o GSW tem que estar com uma defesa muito sólida… e Hoje o Rockets tem uma defesa muito fraca, por isso essa FA teria de ser voltada à contratação de bons defensores tanto de perímetro quanto de garrafão. Pois contratando o CP3, ele se tornaria PG e o Harden SG e com isso o Beverley iria para a reserva, logo o Beverley que é o melhor defensor da equipe …

  • THIAGO GONZAGA

    O Houston pode crescer mais muita gente está esquecendo que o Warriors pode crescer mais ainda, os caras conseguiram Durant ano passado e transformaram o Mcgee num bom pivô. Imagina sem conseguem algum protetor de aro melhor que o Zaza…Trazer o Bogut de volta? Quem sabe? Ou trazer o Z-Bo com contrato para veterano ou o Millsap, alguém duvida desta posibilidade?

    • Fabiano

      Problema é ter que renova com a galera toda antes, metade do elenco é F.A

      • THIAGO GONZAGA

        Também achava que seria um problema, mais vendo o papo de todos depois do titulo, os caras querem fazer historia e lutar por mais títulos, não me surpreenderia se Curry e Durant assinassem contratos curtos de 1+player option pra o Iguodala e Livingston ficar, McGee, West e Barnes vão ser fácies de renovar. O mais dificil seria Ian Clark porque muita gente vai cair babando em cima dele oferecendo 10 a 15 milhões. Mantendo Durant, Curry, Thompson, Green, Iguodala e Livingston montar o resto do elenco será mais fácil.

    • Gustavo Santos

      Nossa se o Millsap assinar com o GSW aí ferra tudo de vez rs

  • Michel Moral

    Seria muito mais vantajoso se o Rockets investisse em nomes como:

    Tony Allen;
    Zach Randolph;
    Shaun Livingston;
    Dewayne Dedmon;

    Todos para a segunda unidade. O time já tem o melhor banco da NBA, individualmente. Continua nessa linha que a tendência é continuar dando certo.

    Se for para colocar dinheiro na mesa, eu ofereceria contratos a FA’s promissores restritos, como:

    Nerlens Noel;
    Otto Porter;
    Alex Len.

    Obviamente que tudo dentro de um padrão de razoabilidade. Nada de oferecer 25 mi + para esses caras.

    Agora, CP3, Griffin, Hayward, Lowry… Deixa a galera se matar!

    • William Felton

      Michel, você considera o banco do Rockets o melhor quantitativa ou qualitativamente? Digo, considera-o em razão de ter mais nomes bons? Por exemplo, o GSW tem 3 nomes, mas são ótimos: Livingston, Iguodala e West. Ou até nome por nome você prefere o do Houston?

      • Michel Moral

        William, pra mim, o trio do Rockets é melhor individualmente do que o do Warriors sim.

        Tanto que Lou e Gordon são os concorrentes a prêmio de reserva do ano. Fora que Nene jogou muito nessa temporada também.

        O banco do Warriors é mais veterano. Caras que individualmente não têm mais pretensões de serem os melhores reservas. Acho que eles partem de uma outra proposta. Iguodala, por exemplo, fez 7 ppg de média em 2016-17. Só que chegou nas finais e, pra variar, teve números de titular.

        Agora, a dupla do Rockets está moendo. Beiram os 20ppg vindo do banco. Graças a eles, a equipe fez a campanha que fez. Você consegue trabalhar bem a rotação.

        Eu entendo que a estratégia do Morey tem dado certo e precisa seguir essa linha. Por isso eu acredito que seguir apostando na segunda unidade pode ser um caminho bastante interessante.

    • Alex Alves

      Os 4 nomes primeiros citados cairiam bem em qualquer time desde: Rockets, GSW, Boston, Wizards, Cleveland entre outros.

      Noel não sei bem o que pensar acho que nunca conseguiu espaço para mostrar seu jogo realmente, Otto porter vai pegar um contrato acima dos 20 milhões Nets deve fazer bagunça no mercado. Mas que Griffin cairia com uma luva na minha opinião seria o jogador ideal para espaçar a quadra e quando o jogo fechar o Harden abriria espaço para o outro brilhar (a questão seria o ego de ambos).

      • Michel Moral

        E quando se diz que cairia bem em qualquer time, o negócio fica complicado. A exceção do Warriors, as equipes devem fazer leilão.

        O Warriors não precisa entrar nessa. Vai ter veterano de qualidade buscando time para jogar, ainda que pelo mínimo, a fim de conquistar título. Não me surpreenderia ver Rose assinando por valores menores também, em busca de uma proposta de expectativa.

        O Griffin pode ser um jogador interessante mesmo, embora não tenha um arremesso tão bom quanto o de Ryan Anderson. Às vezes ele pode ser improvisado de C também, mas não gosto muito dessa ideia.

        Acredito que o Small Ball é um dos segredos do time de Houston. Vemos muitas vezes Lou, Gordon e Harden em quadra – três SG.

        • Vitor Martins

          Acho que o Rose tem um ego maior do que um salário mínimo aos 28 anos. O problema do Golden State não será veterano bom para assinar, isso vai ter à rodo. O problema vai ser o encaixe. O mais interessante desse time do Warriors era o quanto cada engrenagem funcionava corretamente, não era só talento. Para mim, LeBron é o melhor da NBA, melhor que o Durant, mas o Durant combina muito mais com o Warriors. É um encaixe melhor. Livingston e Iguodala fazem parte desse engrenagem. Eles podem achar gente com a mesma quantidade de talento deles dispostos a ganhar menos para serem campeões, mas serão encaixes tão bons? Não sei. Um armador alto que consegue pontuar no poste baixo quando o time tá amassando o aro é bem raro. Rose pode até aceitar um salário micro para fazer parte desse time, mas não tem isso para oferecer. Um defensor de elite que joga em todos as posições também é bem raro. O que o Iguodala fez no jogo 5 foi brincadeira, o cara levou a bola pro ataque em algumas ocasiões, distribuiu o jogo, espaçou a quadra arremessando bem, e fez várias jogadas de pivô. Jogou praticamente nas 5 posições. Talento semelhante vão encontrar, mas fazendo coisas parecidas eu acho bem mais difícil.

          • Alex Alves

            Acho que Rose vai para o Wolves afinal vão ter um bom time + um bom salário e um bom treinador, se ele jogar no time certo consegue fazer seus 17, 18 pontos por jogo, mas sinceramente não vejo ele jogando como armador e sim como ala-armador.

          • Carlos Augusto Conceição

            Exatamente…..e aquele sistema do golden é impressionante. sabe tirar o melhor de cada atleta para funcionar em momentos específicos das partidas. Duvido muito que contratariam Rose…jogou muito mal nos Knicks ao meu ver….subaproveitou o Porzings que sempre ficou isolado na armação do Rose, tendo que criar suas jogadas do nada, geralmente, em sobras de jogadas que não deram certas e não foram preparadas pra ele….sem chance eu acho….E o que vc falou sobre o Livingstone tem tudo a ver…Sair Curry e entrar Livingstone não é uma mera substituição de armadores…e sim uma uma mudança tática quase global na equipe…é uma coisa muito louca esse warriors

          • Michel Moral

            Eu acredito que o Warriros vai segurar Iggy, porque leva vantagem por exceções salariais, podendo pagar mais por ele e por Curry, após a formação do elenco.

            O Warriors funciona também porque quando você põe os reservas para jogar, não entra um time novo em quadra. É raro você ver Livingston, McCaw, Iguodala, West e McGee ao mesmo tempo na quadra.

            O Durant não era, a princípio, um jogador que daria tão certo no sistema de jogo de Kerr. O Warriors joga sem protagonismo centralizado. Ora era o Green se destacando defensivamente e matando bola no ataque, ora era o Klay on fire e ora era o Curry usando de sua genialidade. KD sempre foi um jogador de protagonismo acentuado. Ele veio e tanto o Warriors o abraçou como ele se adaptou.

          • Michel Moral

            Ah… E sobre o Rose eu também concordo que ele deve exigir muito mais do que um salário mínimo pra fechar contrato.

            Ele deu declarações recentemente de que dinheiro não vai ser o foco na FA. Agora, não é porque não é o foco que vai abrir mão de um bom salário rs.

    • Kevin Durant #MVP FINALS

      Lowry vai ser banco do curry kklkl

      • Michel Moral

        Fim de carreira se fizer isso rs rs rs

    • Carlos Augusto Conceição

      Nada disso adianta sem um sistema de jogo. O que o GM do Rockets disse não passa de bravata. Pode colocar uma penca de all stars no time que não vai ganhar nada com aquele sistema. Steve Kerr muito à frente de todos os técnicos da nba, com exceção de Brad e Pop…além dos assistentes e tudo mais.

      • Michel Moral

        Claro que para ser campeão você precisa de um sistema de jogo sólido.

        Mas você acha que o Rockets não tem um sistema de jogo sedimentado? A equipe venceu praticamente todos os adversários de ponta de tabela nessa temporada. Claro que de um ano para outro muita coisa muda, mas a campanha de Houston foi espetacular (sim, espetacular). Ficou em terceiro no Oeste e seria o primeiro no Leste, caso disputasse a conferência vizinha (à frente de Cavs e Celtics).

        O run’n gun de D’Antoni funcionou bem e colocar Harden de PG foi uma sacada pra lá de genial. Fez muito com reforços pontuais, como Gordon e Anderson. Não houve nenhum grande FA indo para o Rockets, que havia perdido D12 ainda.

        Não sou fã do head coach de Houston, mas reconheço que o trabalho dele foi formidável. Dizer que não tem sistema de jogo é blasfêmia! Um pacotão de all stars não resolve porque pode atrapalhar o trabalho desenvolvido até aqui, dependendo do nome que se traz e do encaixe no sistema. Eu acho melhor dar sequência no que tem sido feito.

        E outra, quando você traz jogadores de ponta, por mais que você não tenha garantia de sucesso, ajuda pra cacete. Spoelstra era um técnico pífio quando chegou ao Heat (nem sombra do que se tornou hoje) e só venceu porque tinha os melhores nomes da NBA na época (no início). Eu acho que esse deve ser o foco de LeBron e Popovich na FA, mas não do Rockets, que é um time que tem que correr por fora para vencer. Na hora certa pode dar o cheque-mate, quem sabe trazendo um nome um pouco mais de peso.

  • D-WADE

    Queria o Paul George la hein!! Iria dar um boa ajudada na defesa e ainda ajudaria na pontuação com o Harden!

    • Thiago Tecachuk

      Não, se defender, o D´Antoni tira ele do time hueheuheuehuehheu

      • Vitor Martins

        No Suns, D’Antoni jogou com Raja Bell e Shawn Marion que eram ótimos defensores individuais. O que acontece é que o estilo do ataque é de muito volume, o que consequentemente dá mais posses de bola para o adversário. Lembro que o Rodrigo Alves, do finado Rebote, fez um post sobre isso quando na internet basketeira só tinha mato. A defesa daquele time não era um primor, mas estava bem longe das piores se analisada por 100 posses de bola. Sei que foi uma piada, mas não é bem assim, o buraco é mais embaixo.

        • THIAGO GONZAGA

          O problema daquele Suns parece muito com o problema que o Cavs sofre, individualmente aquele Suns marcava bem assim como o Cavs, mais era só pegar um time como Spurs que rodava bem a bola que todos os erros de rotação defensiva se tornavam gritante, o time levava cesta atrás de cesta e não conseguia compensar no ataque. O Spurs sempre pegava os erros do Suns e tornava do tamanho do universo, hoje o Warriors faz muito com Cavs, todo erro de rotação defensiva deles é uma enterrada, cesta de 3, arremesso livre. Aí fica parecendo que a defesa deles era ruim.

          • Vitor Martins

            Acho que o GSW é mais parecido com o Suns do que com o Cavs. O Spurs foi sempre superior, mas vários duelos foram decididos nos detalhes. Lembro até hoje daquela bola de 3 do Duncan (acho que ele não tinha arremessado nenhuma na temporada) que matou um confronto. O Spurs era melhor, mas não exatamente pq aquele time do Suns era fraco na defesa, muitos fatores contavam e acho que esse não foi o mais decisivo (embora tenha pesado bastante).

        • TRUETHIAGO

          +/- não chegava a ser a pior, mas ficava na metade de baixo.

          Esse Suns do D’Antoni era sempre 1º ou 2° em OFF RTG, só que em DEF RTG ficava ali pelo 15º, 16º, 17º… Exatamente como vimos no Houston deste ano: 2° no ataque e 18° na defesa.

          Por isto que é incrível ver o que o GSW vem fazendo, se mantendo no topo em ambos os lados, pois é bem difícil equilibrar as duas coisas juntas.

          • Vitor Martins

            Ah sim, com ctz. Eu penso que esse GSW é uma evolução desse estilo do D’Antoni. Anula vários pontos fracos desse esquema (deixa de ser uma defesa mediana para ser uma defesa top) e amplia os pontos fortes (fica ainda mais mortal jogando no small ball).

  • Kevin Durant #MVP FINALS

    Odeio esse time kkkkk

  • Vitor Martins

    Esse é um pensamento legal, muito melhor que o pensamento do Celtics de “ah, não vamos vencer o LeBron então vamos ficar aqui sendo incubadora dos nossos jovens e 300 escolhas escolhas do Nets”

    • The Real Jay

      Não é assim Vitor, esse time do Warriors somando Iguadola e Durant foi montado no draft, então acho que temos sim, que draftar o Fultz, o Brown já mostrou que vai ser um monstrinho e próximo draft do 18 a pick nets vai ser top 3. Fora que temos all stars pra completar, oq não precisa é desfazer de meio time pra trazer uma estrela da nba.

      • Vitor Martins

        Eu concordo cara, mas a impressão que fica é que o Celtics está evitando fazer qualquer movimento mais arriscado por medo do Cavs, e não por fazer parte do seu planejamento. Essa temporada do Boston foi 8 ou 80. Uma hora Thomas faz 50 pontos e é craque, na outro o time ganha sem ele e é dispensável. Eu de jeto nenhum iria me desfazer do futuro, mas o Celtics pode mais.

    • Gabriel S Monteiro

      O GW surgiu via draft, não adianta querer pular etapas e jogar um projeto sólido fora por um cara só, já pensou dar meio time por PG em 2019 ele sai?
      Ou por Butler e não ser campeão?

      A questão é que Boston está confortável, acho que o ponto é, vamos draftar bem, desenvolver Browm e Fultz esse ano, caso apareça uma opção de mercado realmente boa trocamos alguma pick.

      Acredito que esse ano, com mais uma aquisição de um jogador All Star podemos fazer frente forte ao Cavs, ainda mais dependendo da movimentação deles no mercado.

      • Vitor Martins

        Cara, é óbvio que é importante montar um time via draft. Eu não iria me desfazer do Fultz (apesar de terem boatos que eles vão de Jackson) de jeito nenhum. As vezes não fazer uma troca é o melhor caminho. GSW quase trocou o Thompson pelo Love, lembra? Eu nem sou um dos críticos do Love não, acho um excelente jogador, mas além de perder o thompson eles não desenvolveriam o Green. Faz parte. Não foi só planejamento, foi sorte também, acontece.

        O que eu achei ruim não foi necessariamente as escolhas do Celtics, mas atitude. Supervalorizaram muito alguns jogadores (como Smart e Crowder), esnobaram bons jogadores rivais (Butler) e depois falaram “ah, é tipo pro futuro”. Muita gente querendo trocar um armador all-star, um dos símbolos da NBA atual, pq vai chegar um armador que nunca jogou profissionalmente. De maneira nenhuma eu acho que o Celtics, ou qualquer franquia, deve jogar o futuro para o lixo para fazer um time decente, mas não acho que se deve esquecer do presente. Celtics pode mais.

        • Gabriel S Monteiro

          Sim, mas no meu ponto de vista IT não deve ser trocado, porque é a cara de Boston hoje, fora que ta jogando em um nível top NBA .

          Crowder é um bom jogador e com um salário excelente pra NBA atual.
          A grande questão do torcedor de Boston é que não queríamos que fosse trocado meio time por um jogador, porque iríamos resolver um problema e ganhar mais alguns..

          Não compensava manda Pick Nets 2017e 2018 + Browm + Bradley + smart ou crowder por PG ou Butler.

          Não que não sejam top NBA, mas no meu ponto de vista a chance de não dar certo, jogar um projeto de anos fora e acabar não sendo campeão não vale, tendo em vista que GW é superior a todos os times que Boston poderia montar no momento, com a troca de suas picks e ativos.

      • Alex Alves

        Penso que Brown pode dar um grande salto já nessa próxima temporada fazendo 12, 13 pontos por jogo e resolvendo um pouco o problema do banco de reservas do Celtics quase não pontuar, acredito que em duas temporadas ele se torne um jogador de 17, 18 pontos e sendo um bom defensor no estilo Butler (não comparando a qualidade de ambos mas sim o estilo).

  • vsr.snake

    Imbatíveis não são mesmo não, se bobear, até esse elenco aí do Rockets pode fazer frente. O problema que o D”Antoni ainda não curte uma defesa atuante durante 48 minutos, e jogar só no run-and-gun não vai funcionar, tem que ter um pouco de variação de jogadas.

  • felipe fernando Oliveira

    Demarcus Cousins seria excelente. O poderiam dar Lou Will, Capela e Dekker por ele. Aí os Rockets ficariam topyl

  • TRUETHIAGO

    Bela postura, parabéns. Obviamente que o GSW mantendo essa base vão ser os maiores favoritos pelos próximos anos, cabe aos outros correrem atrás de se reforçar da maneira que conseguirem, via Draft, Free Agency, trocas, trazer stashs europeus, sei lá, alguma coisa. Ficar choramingando “ah supertime” blá blá blá, não vai adiantar nada.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados