logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 20 jun 2017 às 12:19
Draft 2017 – Os melhores pivôs

Analistas apontam quem são seus prospectos favoritos da posição cinco no recrutamento

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Lima

PG / SG/ SF/ PF/ C

As franquias da NBA vão começar a reforçar seus elencos visando a temporada que vem na noite desta quinta-feira (22), quando acontece o Draft deste ano. Sessenta dos melhores prospectos do planeta vão ser selecionados para atuarem na melhor liga de basquete do mundo e cada equipe pode encontrar um potencial astro com suas escolhas. Como sempre, só o tempo dirá quem realmente se deu bem no recrutamento.

O Jumper Brasil já apresentou os 38 principais prospectos deste ano como perfis detalhados ao longo dos últimos dois meses e, agora, vivemos a expectativa dos dias que antecedem o Draft. Nós temos diversos posts especiais programados até quinta, quando faremos nosso tradicional programa ao vivo acompanhando e analisando cada uma das escolhas do recrutamento.

E, enquanto o “grande dia” não chega, nós convocamos nossos dois integrantes especialistas em Draft – Gustavo Lima e Ricardo Stabolito Jr. – e os parceiros Rodrigo Lazarini, do blog Live College Brasil, e Vitor Camargo, do blog Two Minute Warning, para apontar quem são os seus cinco prospectos favoritos do recrutamento, posição por posição. As escolhas refletem suas preferências, não a ordem específica em que acreditam que serão selecionados.

A lista continua hoje, com os pivôs. Confira:

PosiçãoGustavo LimaRicardo Stabolito Jr.Rodrigo LazariniVitor Camargo
1
Zach Collins
(Gonzaga)

Zach Collins
(Gonzaga)

Zach Collins
(Gonzaga)

Zach Collins
(Gonzaga)
2
Jarrett Allen
(Texas)

Jarrett Allen
(Texas)

Jarrett Allen
(Texas)

Jarrett Allen
(Texas)
3
Justin Patton
(Creighton)

Ike Anigbogu
(UCLA)

Ike Anigbogu
(UCLA)

Justin Patton
(Creighton)
4
Bam Adebayo
(Kentucky)

Bam Adebayo
(Kentucky)

Justin Patton
(Creighton)

Ike Anigbogu
(UCLA)
5
Anzejs Pasecniks
(Gran Canaria - ESP)

Justin Patton
(Creighton)

Tony Bradley
(North Carolina)

Tony Bradley
(North Carolina)

 

Zach Collins (Gonzaga, 19 anos)

“Pivô mais técnico da classe deste ano, Collins tem agilidade e controle corporal impressionantes para um jogador de sua altura (2.13m). Grande finalizador em situações de pick and roll, ele tem potencial para se tornar um big man capaz de espaçar a quadra na NBA. Além disso, vale destacar sua versatilidade defensiva: capaz de defender bem no perímetro e no garrafão. Porém, Collins tem dificuldades para absorver contato no jogo mais físico na área pintada e apresenta alto índice de desperdícios de bola”. (Gustavo Lima)

 

Jarrett Allen (Texas, 19 anos)

“É incrível como alguém tão alto e longo quanto Allen pode ter tamanha agilidade e mobilidade. Não é, definitivamente, comum. Mas ele não está limitado a isso: é um jovem que exibe versatilidade e uma animadora evolução nos dois lados da quadra. Com suas inconstâncias e falta de foco, trata-se de um prospecto que possui várias das virtudes buscadas em um pivô hoje em dia” (Ricardo Stabolito Jr.)

 

Justin Patton (Creighton, 19 anos)

“Patton teve uma breakout season e apareceu no radar da NBA. A maioria de suas criações ofensivas sai do pick and roll, pontes aéreas ou até mesmo cortando em velocidade na direção da cesta saindo do perímetro. Trabalha muito com os pés, mas precisa ser mais agressivo no ataque. Possui uma boa postura defensiva e consegue proteger o aro muito bem” (Rodrigo Lazarini)

 

Tony Bradley (North Carolina, 19 anos)

“Bradley é um jogador que impressiona pelo seu tamanho, envergadura, capacidade de proteger o aro e pegar rebotes, mas incomoda pela falta de mobilidade e lentidão de modo geral. Seu melhor cenário é se espelhar em alguém como Gobert, que usa seu físico para se tornar um defensor de elite e refinou seu ataque suficientemente para compensar do outro lado da quadra”. (Vitor Camargo)

 

Ike Anigbogu (UCLA, 18 anos)

“Anigbogu é transpiração sobre inspiração, instintos sobre inteligência e atributos físico-atléticos sobre técnica. Não se trata de demérito: você já espera isso de um pivô de 18 anos, que jogou muito pouco em sua única temporada na NCAA. Todos sabem que ele é um projeto. O que importa, neste momento, é que tem o corpo, condição atlética e empenho para ser especial” (Ricardo Stabolito Jr.)

 

Bam Adebayo (Kentucky, 19 anos)

“Pivô dotado de atributos físico-atléticos de elite, Adebayo não foge do contato no garrafão e já tem o corpo pronto para encarar o jogo mais físico da NBA. Grande reboteiro, ele tem potencial para ser um defensor versátil no nível profissional e mostrou flashes de que pode ser útil no jump shot de média distância. No entanto, Adebayo ainda é muito cru no ataque, tem movimentos pouco refinados no garrafão e apresenta limitada visão de quadra” (Gustavo Lima)

 

Anzejs Pasecniks (Letônia, 21 anos)

“Pivô ambidestro com rara mobilidade, Pasecniks se movimenta muito bem sem a bola e finaliza com eficiência. O letão possui um refinado jogo de costas para a cesta e um trabalho de pés elogiável, além de ser um promissor defensor no pick and roll. Mas há de se destacar que Pasecniks ainda é muito franzino, tem dificuldades para absorver contato na área pintada e deixa a desejar como passador” (Gustavo Lima)

  • Fabiano

    Essa classe tá bem fraca de pivô, a próxima em compensação…

    • Nilton Junior

      Não tem estrelas, mas imagino que se tornarão bons role players. Não tem como um cara como o Allen dar errado hahahaha

      • Fabiano

        Sim, mas ano que vem tem 2 no top 5. São 2 pivôs e 2 ala pivôs, se esse ano foi dos armadores, ano que vem, vem caras altos

        • Claudio R.

          Quem em especial ?

          • Fabiano

            Mohamed Bamba, DeAndre Ayton, Robert Williams alem do Michael Porter um ala pivô, que certamente será a primeira escolha

          • Rodrigo Lazarini

            Não tã certamente. Luka Doncic vem pra brigar por essa primeira escolha.

          • Igor

            Olha vídeos do Porter que vc vai ver que é certamente sim. Hahaha não tem como saber agora mesmo, mas acho bem difícil um europeu ser a primeira escolha do draft..

  • Maicon Gomes

    Eu acho o Bell e o Bryant, melhores que o Adebayo.

    • Ricardo Stabolito Junior

      Bell não foi considerado pivô. Thomas Bryant seria. Não sou muito fã.

      • Maicon Gomes

        Entendi, possivelmente pela estatura rs
        Bryant não é muito querido nos mocks também, mas é o que me pareceu ser o mais “híbrido”, juntando ataque e defesa.

  • Menezes

    Acho que John Collins merecia estranho no TOP 3

    • Fabiano

      John Collins é TOP 5 de ala-pivô, ele tem estilo de jogo de pivô, mas é muito baixo para a posição, mas também não se encaixa para ala pivô, porque joga muito perto do aro

  • Douglas Vinicius

    Daí vem a escolha do Spurs nesse draft, tirando os que com certeza sairão antes como o Zach, o Allen e o Patton

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados