logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 23 jun 2017 às 11:32
Não-draftado, brasileiro Georginho fecha contrato com o Rockets

Ex-atleta do Paulistano fecha vínculo válido para Liga de Verão e pré-temporada

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

 

O brasileiro Georginho de Paula não foi escolhido no draft deste ano, mas já tem uma equipe na NBA. De acordo com Giancarlo Giampietro, do jornal Folha de São Paulo, o armador aceitou convite do Houston Rockets para integrar o elenco do time texano na Liga de Verão de Las Vegas e pré-temporada. As partes assinarão contrato parcialmente garantido nos próximos dias.

Assim que terminou o recrutamento, executivos da franquia entraram em contato com os representantes norte-americanos do jogador de 21 anos para garantir sua contratação. “Nós optamos por acertar com o Rockets em função de ser uma das melhores equipes em termos de desenvolvimento de atletas”, confirmou o agente de Georginho, Eduardo Resende, à Folha.

O Rockets mostrou interesse no ex-atleta do Paulistano desde cedo, sendo uma das dez franquias que o Jumper Brasil noticiou terem vindo ao Brasil nos primeiros meses deste ano para observá-lo ao vivo. Georginho, porém, não teve tempo para realizar treinamentos particulares para os times nos EUA no período pré-draft por conta da disputa das finais do NBB 9.

Giampietro apurou que o Rockets reforçou seu interesse no armador às vésperas do recrutamento, entrevistando-o em teleconferência nesta quarta-feira. A equipe até considerou selecioná-lo na 43ª escolha geral – que acabou “utilizada” com Isaiah Hartenstein – e tentou adquirir (sem sucesso) uma seleção no final da segunda rodada para assegurar os direitos do brasileiro ainda na noite do draft.

Georginho agora vai tentar repetir a história de sucesso de Cristiano Felício, que também não foi escolhido no processo de recrutamento e conseguiu uma vaga no elenco efetivo do Chicago Bulls a partir de boas atuações na Liga de Verão e pré-temporada. Na recém-finalizada edição do NBB, o jovem jogador teve médias de 10.8 pontos, 4.2 rebotes e 4.1 assistências.

  • FariaKnicksPG #Ntikilinsanity

    Sorte ao brasileio, está em um bom time, agora basta saber se terá minutos em quadra …

    • Rodrigo Medeiros

      primeiro tem que saber se ele vai continuar no time. “As partes assinarão contrato parcialmente garantido nos próximos dias”. Vai depender do desempenho dele nos treinos e summer league.

      • Rodrigo Medeiros

        ps: Espero que continue no time

      • FariaKnicksPG #Ntikilinsanity

        Também espero, será muito bom ter um armador na liga novamente, tomara que tenha sucesso igual ao Leandrinho nos velhos tempos de Suns …

        • Rodrigo Medeiros

          ele iria evoluir bem jogando na NBA. Se conseguir ficar no Rockets, não vai ter mto tempo de quadra no começo, vai ter q aproveitar bem o pouco tempo. Harden quase não sai e provavelmente vai ter outro reserva caso o Beverley seja trocado.

          • FariaKnicksPG #Ntilikinsanity

            A palavra chave para o futuro dele na liga é “defesa” …

          • Rodrigo Medeiros

            concordo

  • Rodrigo Siqueira

    será q vai conseguir ter tempo em quadra?? espero q sim!!

  • Alex Alves

    Potencial ele tem agora é trabalhar como um louco para garantir vaga em Outubro.

  • Maicon Gomes

    Preferia no Bucks, mas excelente notícia.
    Tomara que fique na NBA e evolua o esperado, boa sorte pra ele.

    • FariaKnicksPG #Ntilikinsanity

      Seria foda ele se desenvolver ao lado do Grego Louco …

  • arruda91 arruda

    uma duvida que eu tenho, quando um jogador se inscreve no draft, o time formador dele não ganha nada financeiramente caso seja selecionado?

    • Maicon Gomes

      Se não me engano, depende do contrato. Muitas vezes tem cláusulas que caso for selecionado no drat, ele tem que ser liberado para NBA.

    • Erick

      Não. Os jogadores só podem jogar na liga quando não tem nenhum vínculo com outro clube, ou seja, após o fim ou rescisão contratual.

      Essa dúvida veio por causa da Lei Pelé né? Mas lá não tem isso.

      • Vitor Martins

        Eles só podem jogar na NBA sem nenhum outro vínculo, claro. Como em qualquer outro campeonato de qualquer esporte do mundo. Mas ele pode se inscrever tendo contrato com outro time sim. Ai se selecionado o time da NBA decide se vai manter ele mais tempo na Europa ou se paga uma multa. Mas NBA tem um limite, apenas “X”milhões de dólares podem ser usados para liberar um jogador de um contrato. Não lembro quanto é exatamente, mas o caso do Splitter, por exemplo, foi uma escolha de primeira rodada (teoricamente com contrato garantido), mas a multa para tirar ele da Espanha era maior do que o valor permitido pela NBA, as vezes o jogador tira do próprio bolso o montante restante para pagar seu time na Europa. Splitter ficou mais uns 2 anos na Europa antes de ir. Celtics estava fazendo isso com o Yabusele e com Zizic também nesse momento.

        • Erick

          Aconteceu o mesmo com o Saric do sixers. Apenas quis simplificar sem entrar em muitos detalhes acerca dos procedimentos para rescisão e pagamento de multa.

  • Gabriel De Oliveira Meira

    Já vai dar para comprar um Ap de dois quartos com o dinheiro que vai ganhar… Já tá no lucro, pois esporte também é trabalho!

  • felipe fernando Oliveira

    Tendo em vista que Houston estão tentando negociar Beverley, Georginho pode entrar na vaga do defensor.

  • Paulo Sérgio

    O melhor pra ele era o Bucks. Mas Vai aprender com o Barba como se cava falta

    • Vinicius Ribeiro

      Não, ele ira aprender como ser um jogador de qualidade. Mania de brasileiro em achar defeitos na frente de que qualidades

  • Anderson Tomás

    Se o coach fosse o Dwayne Casey seique teria pouquissímo tempo de quadra, mas o coach será Mike “Maluco beleza” D´Antoni , então creio que se conseguir uma vaga , vai poder desenvolver bastante o seu jogo. Ainda mais se Berveley for realmente embora.

    • Erick

      Head coach de time principal costuma mandar um assistente para treinar time de Summer League.
      Dependendo do desempenho ele poderá ganhar um contrato para temporada para jogar na G-league ou na própria NBA.

      • Anderson Tomás

        Sim , é de meu conhecimento . Torçamos por ele com muito ufanismo rsrs

    • Vitor Martins

      Normam Powell teve pouco tempo de quadra? Acho que não…

      • Anderson Tomás

        Cara, perceba que estou sendo irônico falando em relação aos brasileiros…

        • Vitor Martins

          Foi mal, não pareceu irônico. É que Caboclo reclamou no instagram que o Casey não bota ele pra jogar.

          • Anderson Tomás

            Caboclo tem perdido muitas oportunidades. O desenvolvimento do seu jogo em ritmo de tartaruga… Potencial tem , mas tá faltando um passo a mais mesmo, se não teria mais oportunidades.

  • Cassio

    Se o Rockets tiver a mesma paciência que o Raptors tem com o Mlk Piranha, vai colher os frutos lá na frente. Georginho parece ser um cara focado, então que agarre a chance! Precisamos de sangue BR fresco lá dentro.. Potencial ele tem!.

  • Thiago26-NBA

    Agora só depende dele, mas se for omisso igual nas partidas do NBB, está fora.

    • Fabiano

      Exatamente, se for o Georginho que vi nas ultimas partidas da NBB, vai ser difícil, talento pra ficar ele tem, o que parece é que falta aquela vontade a mais para tá lá… mas tomara que eu esteja errado, vai ser muito bom para o Basquete Brasileiro ter mais um talento se desenvolvendo na NBA

      • Thiago26-NBA

        para mim o grande problema dos br’s que vão jogar na NBA de um tempo para cá é a omissão…exceto Nenê, o restante são muito omissos

        • Vitor Martins

          Não acho quase nenhum “omisso”. Talvez o Caboclo, mas esse a gnt não vê mt em quadra. Leandrinho foi um dos cestinhas de um jogo de final de NBA ano passado, e teve uma carreira muito boa, seria ainda melhor se não fosse lesões. O restante são jogadores de garrafão que dependem mais do esquema para participar do jogo.

  • Lucas

    Os brasileiros têm que se conscientizar que a defesa será chave para continuar na liga. Ele chega mais pronto que Caboclo pois já atuou em nível profissional e terá uma vantagem neste aspecto.

    • FariaKnicksPG #Ntilikinsanity

      Huertas rodou exatamente por sua fraca defesa, já o Raulzinho está se dando bem …

  • Rodrigo SMC

    Me tirem essa dúvida. Um time pode fechar contrato com quantos jogadores não-draftados ele quiser? Ou também tem todo um limite e tal? E esses contratos são só para a Liga de Verão, ou podem assinar um contrato pra temporada inteira também?

    • Pedro

      Não tem limite de jogadores não draftados. Quanto ao contrato, tudo depende dos termos que foram acordados na assinatura, mas geralmente os times fazem o contrato com esses jogadores só para a summer league. Geralmente, os que se destacam são chamados para o Training Camp para disputar uma das 15 vagas do time. Mas de vez em quando alguns times se antecipam e buscam jogadores que se destacaram na summer league por outros times. Lembro que o Ndour se destacou pelo Knicks na Summer League e Dallas veio e já ofereceu o contrato garantido para a temporada.

  • Ricardo Sá

    Se o Nenê renovar com o Rockets será um grande mentor para o moleque. Tomara que dê certo!

    • Vitor Martins

      Sim. Tomara que Nêne fique e ajude ele. Nêne parece um cara bem legal, iria ser ótimo para o Georginho em questão de comunicação e de entender mais rápido o que a NBA e o que é preciso para dar certo na liga.

  • Vitor Martins

    Na prática, foi como ser selecionado na segunda rodada. Claro que escutar seu nome é muito melhor e significa que uma franquia quer realmente contar com você, mas não muda muita coisa. Draftados de segunda rodada não tem contratos garantidos, assim como o Georginho agora com o Rockets. Ele vai ter que conquistar essa vaga nos treinamentos e na liga de Verão. Só não sei se há uma regra financeira de que não draftados tem um teto salarial menor do que draftados na segunda rodada, mas a princípio foi a mesma coisa para o brasileiro, eu acho.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados