logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 15 jul 2017 às 15:19
Lesionado, Rudy Gay promete “volta por cima” com a camisa do Spurs

Ex-ala do Kings está em fase final de recuperação de ruptura total no tendão de Aquiles

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Rudy Gay não poderia estar mais feliz com as decisões que tomou nesta offseason. O ala abriu mão de quase US$6 milhões para poder deixar o Sacramento Kings e fechar contrato com o San Antonio Spurs pelas próximas duas temporadas. Uma mudança que sentiu ser necessária para não só dar uma virada em sua vida, mas também salvar a carreira do limbo.

“Eu estava anestesiado com a situação do Kings. Aqueles três anos drenaram muito de mim. Foi mentalmente estafante. Por isso, após assinar esse contrato, senti uma nuvem negra saindo de cima da minha cabeça. Estou excitado com as perspectivas. Quero ser parte dessa organização vencedora”, desabafou Gay, que tem apenas uma participação em playoffs em 11 temporadas de carreira.

Mas o jogador de 30 anos tem uma preocupação antes de poder deixar sua história em Sacramento para trás: ele está em fase final de recuperação de uma ruptura total do tendão de Aquiles, sofrida em janeiro. O ala sabe que, ao oferecer-lhe um contrato de US$17 milhões por duas temporadas, o Spurs fez uma aposta em sua reabilitação. E tem certeza de que vai retribuir a confiança.

“Provavelmente, o instante da lesão foi o mais assustador da minha carreira. Nunca imaginei que algo assim pudesse acontecer comigo. Mas, fisicamente, já me sinto como novo. A única coisa que pode ajudar-me agora é jogar. Eu farei a maior volta por cima que já viram. Essa é a minha motivação”, cravou Gay, que possui médias de 18.4 pontos e 5.9 rebotes em 753 jogos disputados na NBA.

  • Fernando

    Não tenho duvidas que ele irá retornar ao seu melhor basquete, ainda mais na mão do tio Pop, grande Investimento do Spurs, vejo uma relação duradoura com a franquia. Infelizmente Kings derruba qualquer jogador que vá para lá, bons tempos de Peja, Divac e C.Webber, honravam a camisa…

  • TRUETHIAGO

    Mas a impressão que fica é que as franquias sentem a mesma sensação quando ele sai…
    Memphis não fez a menor cerimônia quando mandou ele pra Toronto em troca de Ed Davis e Calderon (trocado com Detroit pelo Tayshaun Prince) e, menos de um ano depois, Toronto já estava despachando ele para Sacramento, por um glorioso pacote que continha Patterson, Greivis Vasquez, Chuck Hayes e John Salmons, a maioria desses contratos expirantes, ou seja, apenas para limpar cap. Detalhe: ambas melhoraram após sua saída e fizeram Final de Conferência nos anos posteriores.

    • Podemos assegurar os Kings nos playoffs então? Auehasuehasuheas
      Realmente é no mínimo estranho. Jogador talentoso que, quando sai, a franquia melhora. Deve haver alguma explicação mais coerente…

    • Fernando

      Aí que está… Spurs não vai ser tão dependente dele como as outras franquias eram, no Texas ele vai entrar em um jogo coletivo mais expressivo.

  • Pablo Leite

    Se estiver em forma, acredito que Pop fará um grande trabalho com ele.

  • Leonardo

    Todos nós esperamos Gay. Se não você vai ser o inicio do ocaso do Spurs por uns bons anos. Claro que o Pop não esta baseando o time só nele, mas se vingar o Time pode melhorar muito na pontuação, com muitas bolsa sobrando pra ele apenas finalizar certeiramente como bem sabe fazer

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados