logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 20 jul 2017 às 16:52
De contrato renovado, Blake Griffin garante: “Quero encerrar minha carreira no Clippers”

Ala-pivô foi reapresentado após assinar extensão que assegura permanência em Los Angeles até 2022

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

“O Los Angeles Clippers precisa de você”

O técnico e presidente de operações da franquia, Doc Rivers, admitiu que esse foi o primeiro e principal argumento usado nas negociações para estender o contrato do astro Blake Griffin. Deu muito certo. O ala-pivô foi reapresentado pelo time nesta quarta-feira, após assinar extensão de cinco anos e US$175 milhões. Um vínculo bastante lucrativo, mas que o atleta também garante provar seu comprometimento com a equipe que selecionou-o na primeira escolha do draft de 2009.

“Obviamente, essa é a minha casa desde que fui draftado e muitas coisas pesaram em minha decisão. Eu não pensei apenas no melhor para mim e minha família, mas também na qualidade do trabalho que realizamos aqui. Quando avaliei isso, percebi que não havia muito a pensar. Esse é o melhor lugar para mim. É a equipe em que tudo começou e onde quero encerrar minha carreira”, revelou o jogador, exaltando os esforços de Rivers e do dono da franquia, Steve Ballmer.

A estreia de Griffin na vigência do novo contrato, porém, ainda não tem uma data certa para acontecer. O atleta de 28 anos foi diagnosticado com uma lesão na planta do dedão do dedo direito e submeteu-se a uma cirurgia recentemente, o que levanta dúvidas sobre suas condições para o início da próxima temporada. Ele até reconhece que não há nada garantido, mas trabalha com a meta de estar condições de jogo em outubro.

“Eu encontrei-me com uns cinco especialistas antes da cirurgia e todos apontaram que retornar na pré-temporada é algo muito possível. Então, isso é o que espero. Dentro das próximas semanas, voltarei a correr em quadra e aumentar esforços nos treinos. Será bom trabalhar o controle de bola e lances livres, mas eu estou tentando viver cada dia de uma vez”, explicou o astro, que tem médias de 21.5 pontos, 9.4 rebotes e 4.1 assistências em 471 partidas pelo Clippers.

Griffin entra em uma nova fase da carreira ao mesmo tempo em que o Clippers passa por uma grande reformulação. Jogadores importantes, como os titulares Chris Paul e J.J. Redick, foram embora e vários reforços chegaram desde a reabertura do mercado. O ala-pivô admite ainda não ter definido expectativas concretas para esse novo grupo, com jogadores do porte de Milos Teodosic, Danilo Gallinari e Patrick Beverley aterrissando em Los Angeles.

“Eu não sei o que esperar. A altura e velocidade desse time são empolgados, então acho que jogaremos em transição e movimentando a bola. Nós conseguimos alguns jogadores em certas posições que são muito, mas muito versáteis nos dois lados da quadra. Gosto disso. Quanto mais versátil, mais difícil de ser marcado. Acho que é a receita do sucesso na NBA atual”, concluiu Griffin, um líder velho conhecido para um renovado grupo no Clippers.

  • Quero encerrar minha carreira no Clippers = Quero encerrar minha carreira sem título, e talvez sem nem ao menos disputar uma final.

    • Soldier

      Mas pode encerrar a carreira com um belo prêmio de consolação que é ter camisa aposentada e ser o maior jogador de uma franquia. Legado é uma coisa importante e nem sempre passa só por ganhar anéis. Tem cara aí que vai ganhar vários mas no final nem camisa aposentada vai ter.

      • Agreed

      • 76

        Falou tudoooo

      • Não crítico o Griffin por permanecer no Clippers, e sim por perder seu poder de barganha. LeBron desde que retornou ao Cavs mantém contratos curtos, o que está sempre pressionando a franquia a manter um time competitivo. Griffin poderia ter optado por algo assim.

        • Bruno Macedo

          Nem todo mundo é LeBron cara que leva um time a final.

        • JOSE MARINHO

          Mas o griffin nao é o Lebron, nem tem o poder que o Lebron tem, o poder de barganha dele é bem inferior, sem falar que ele não consegue atrair os grandes que o Lebron trás.trás acho que ele tomou a melhor decisao.

      • JOSE MARINHO

        Eu sinceramente, acho que não tem anel no dedo que pague ser ídolo de uma geracao, ser um ídolo de uma franquia que carecia de títulos,todos vão olhar pro teto e ver a camisa pendurada, anel por anel, James jones tem 3, james Jones não tera camisa aposentada, eu acho que não vai ter pelo menos kkkkkk

  • felipe fernando Oliveira

    Definitivamente o que ele quis dizer é, quero grana problemas anéis

  • Crossover 🔥Comeback #2

    Esses dias atrás o PG queria ficar no Pacers… Não da pra saber em quais acredita e quais ñ.

  • Alex Alves

    Bom com toda certeza vai ser o maior jogador da história do time, com mais pontos, mai rebotes, mais R$$$$$$ entre outros fatores.

    Acho válido da parte dele, melhor que ir mendigar um anel em uma panela como alguns fazem por ai rsrsrs.

  • RennanLAL

    Com esse contrato, teria o mesmo discurso. Vamos ver se ele vai manter quando tiver seus 33-34 anos.

  • Soldier

    BG é um dos caras mais atléticos da liga mas não vai poder viver de enterradas na cabeça dos outros e saltos animalescos pra sempre, ou começa a mudar seu estilo de jogo ou vai chegar nos 34 35 anos completamente podre e inútil, o cara se machuca sozinho…

    • Aquino L.A.

      mas BG deixou de ser o cara da enterrada a muito tempo, ele já mudou muito o estilo de jogo dele..
      Inclusive eu li uma entrevista, onde o próprio dizia que ficou bastante incomodado nos primeiros anos de NBA, onde ficou conhecido só como o cara das Dunks, isto foi uma motivação para acrescentar jump shots, tiros de 3, jogadas no Low Post, tudo isso no seu arsenal ofensivo e muitas vezes até quando dar para enterrar, ele vai para bandeja, justamente para tirar esse imagem que ficou nele, de ser o cara que só faz enterrar…..

      • Bruno Macedo

        Mudou muito mesmo é pra mim o PF mais completo ofensivamente tem todas as jogadas, lógico que o chute de 3 ainda não tá no nível de especialista mais já acerta uns, e média pra frente é bom em tudo fora que tem tudo pra ser um grande playmaker com cp3 já dava muita assistência agora vai voar.

        • JOSE MARINHO

          Verdade, mas o clippers ainda precisam de um PG, Rose era pra ser esse cara, ia dar uma melhorada no time se conseguisse jogar metas metas jogos pelo menos kkkkk

    • JOSE MARINHO

      Blake agora tem um arsenal muito maior que antes, me arrisco a dizer que saudável e jogando o que tava antes do soco no amigo, ele era um top5 na NBA, ele bem pode ser isso ou perto disso, não tenho duvidas, as vezes acho que subestimam demais ele, ,as ele joga muito.

      • Aquino L.A.

        Também acho ele muito subestimado!! Acredito que devido as lesões…ele saudável, é um espetacular jogador….

  • Danilo Celtics #Banner18

    espirito de perdedor sempre

  • Vitor Soares Pereira

    Só um detalhe, Kevin Durant disse isso na entrevista pós jogo 5 das finais da NBA de 2012. Deu no que deu kkkkkk.

    • pedrokadf

      Conversa para boi dormir

  • Jogador que abre mão de ser franchise player para se juntar a outro all-star: P A N E L E I R O.
    Jogador que prefere defender a mesma franquia: MERCENÁRIO/ETERNO PERDEDOR.

    Eu particularmente defendo a ideia de jogar por um mesmo time. Porém cada um é cada um e o ser humano muitas vezes necessita de uma mudança de ares – em outras, necessita de uma cadeira na porta

    • Aquino L.A.

      Verdade! A turma só sabe criticar, impressionante…

    • Fabiano

      Acho que o jogador é livre para fazer o que quer, mas a galera realmente não entende isso. Sair do time que te draftou só pode se você não for um All-Star, caso contrario, vai se enquadrar em alguma dessas classificações que você mencionou, paneleiro se ele juntar a outro All-Star buscando titulo, mercenário se ele fechar com o time que oferecer mais dinheiro, e se ficar no time que o escolheu ainda corre o risco de ser taxado de perdedor, só é aceitável jogar no time de sua cidade (ou no time do coração)… Não importa para onde vá, sempre vai ter gente criticando…

      • Acho que existem casos e casos. Paul George anunciou que iria sair e não sofreu com isso. CP3 foi para seu terceiro time e também não sofreu criticas, além de vários outros exemplo. É uma questão de contexto, fazer um espetáculo como aquela babaquice do The Decision é passível de críticas, como o LeBron fez. No caso do Griffin é mais zoeira do que crítica, é mais pela fama de primo pobre do Clippers.

        • Abel

          Realmente depende do contexto. Paul George não sofreu tantas críticas porque mesmo o povo de Indianápolis reconheceu que a franquia não ofereceu pra ele um time pra brigar em cima. Acho que é o mesmo caso do CP3, que sequer conseguiu chegar a uma final de Conferência em Los Angeles. Agora o cara deixar uma franquia vice-campeã de conferência após perder por 4×3 e juntar-se a seus carrascos, é difícil de engolir. E olha que KD era meu jogador preferido. Quanto ao Lebron, o problema mesmo foi a palhaçada do The Decision. Enfim, de resto, a maioria dos ídolos são respeitosos com as franquias e as saídas não são tão traumáticas.

    • 76

      “Jogador que abre mão de ser franchise player para se juntar a outro all-star: P A N E L E I R O.
      Jogador que prefere defender a mesma franquia: MERCENÁRIO/ETERNO PERDEDOR.”

      Toma meu like, incrível ninja Jiraiya

    • felipe fernando Oliveira

      Cara concordo plenamente com você. Me arrependo do que disse lá embaixo e me recolho a minha insignificância.

  • xmaah

    outra lesão ? pqp.

  • Gustavo

    Bom ver ele querendo fazer história no Clippers, não é um jogador tão novo, mas se conseguir se livrar dessas lesões pode sim liderar o Clippers a uma boa campanha no Oeste.

  • Millo

    Já escutei essa história a pouco tempo atrás!

  • Rodrigo Siqueira

    Acho q agr o melhor armador de LA esta no Lakers

    https://youtu.be/zgqWB4G09Z8

    • Vince Mendes

      Teodosic >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

      • Rodrigo Siqueira

        verdade cara!!!, tinha me esquecido dele

  • Blake “Glass” Griffin

    Esse é meu mininu.

  • Marcos Gordinho

    Sempre gostei de assistir o Griffin. Playmaker nato, o cara que mantém a equipe no jogo. Não entendo como o Clippers ficou mais fraco, como falam, com a saída de CP3, pois, embora tenha sido razoável defensivamente, deverá declinar neste fundamento jogando contra essa nova safra de armadores mais altos e atléticos, contar também com a idade avançando não ajuda. Vejo o Clippers muito mais defensivo e pouco menos ofensivo. Que venha a nova temporada.

    • Gustavo Macedo

      Tem dois anos que o Clippers é um dos times mais “gostosos” de se ver jogando… O trio Griffin/Jordam/CP sempre fazia minha alegria!
      E ainda tinha JJ e o Jamal pra fazer as vezes… Bão dimais ver o Clippers!
      Se o Kyrie viesse então arrrrrrrrrrmaria!

  • Albert Medeiros

    Excelente jogador, mas admito q não sou fã dele, acho q é por jogar no Clippers,kkkk

  • MarcoLakers

    Tomara que cumpra a palavra e fique a vida toda no Clippers. A NBA está precisando disso.

  • Denyson

    Acredito que com mais liberdade no ataque, Griffin vem pra números de MVP.

  • Gabriel Pereira Barbosa

    esse aí se tudo der certo na carreira dele vai acabar com um total de 0 títulos

  • Thiago26-NBA

    Ele disse que quer encerrar a carreira no Cippers, mas que nao jogaria a carreira inteira pela franquia…quem sabe nao rola uma troca daqui uns dois, três anos, para um time de fato com chances de título? rs

  • Gustavo Macedo

    Tem dois anos que o Clippers é um dos times mais “gostosos” de se ver jogando… O trio Griffin/Jordam/CP sempre fazia minha alegria!

  • Asf 152

    Isso é estratégia, o atleta fala isso pra tentar trazer jogadores para jogar com ele

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados