logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 7 ago 2017 às 11:51
Karl-Anthony Towns se anima com reforços do Twolves: “Transbordam grandeza”

Jovem astro define contratações como “ótimas” e vê equipe pronta para campanhas vitoriosas

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Eduardo Ribeiro

O Minnesota Timberwolves foi uma das franquias mais ativas desta offseason. O time iniciará a próxima temporada com grandes mudanças no elenco, que incluem as chegadas do astro Jimmy Butler e reforços provados, como Jamal Crawford, Jeff Teague e Taj Gibson. As contratações foram aprovadas pelo talentoso pivô Karl-Anthony Towns, que mostrou-se especialmente animado com os planos da equipe.

“O que todos precisam saber é que fizemos ótimas movimentações para melhorar. Eu tenho muita sorte de estar em uma organização tão boa e tudo correrá muito bem para a franquia de agora em diante. Nós estamos construindo um time que possui uma ótima noção de onde pretende chegar, adicionando jogadores que transbordam grandeza e vontade de vencer”, afirmou o jovem astro, em entrevista ao site Sporting News.

Towns e o novo elenco do Timberwolves têm uma missão crucial neste ano: levar a equipe novamente aos playoffs após mais de uma década de jejum. O jovem já assumiu que considera esse um desafio pessoal e acredita que o time posicionou-o em condições de alcançar o objetivo que persegue desde que foi selecionado no draft. “Querer vencer é algo contagioso e fizemos um ótimo trabalho trazendo essa nova doença para Minnesota”, concluiu.

Em sua segunda temporada na NBA, o jogador de 21 anos atuou nas 82 partidas da campanha do Timberwolves e foi o principal destaque do time: registrou médias de 25.1 pontos, 12.3 rebotes e 2.7 assistências em cerca de 37 minutos de ação por noite.

  • Will #Lavarbola

    Melhor C da liga.

    • Papo de Mito

      Acho o Cousins tecnicamente muito surperior ao Towns.

      • AlexS.F.

        Técnicamente??? tudo que o Cousins faz o Towns faz.
        O que coloca o Cousins na frente do menino Towns é que Fisicamente o Cousins é mais forte e preparado que o Towns mas só isso.

        • Papo de Mito

          Respeito sua opinião, mas acho o Cousins mais jogador. Pelo menos, hoje.

    • Guilherme Petros

      É o cara pra receber o bastão do Marc como o próximo grande C da liga mesmo.
      A disputa, ao meu ver, é entre ele, Jokic, Cousins e, mais atrás, Gobert. Mas KAT leva meu voto tbm.

  • Damon

    Towns já veio para a nba como um HOF.
    25 pontos + 12 rebotes para alguém de 21 anos, é incrível.

  • ThiiLakers #Lakersnation

    Esse time do Timberwolves tem o melhor elenco jovem da liga, se for bem lapidado é ótimo concorrente no Leste daqui uns dois anos só falta envolver um pouco mais de veteranos na equipe, agora com a chegada do Jimmy Butler junto com Wiggins e Towns a equipe já deve fazer séries equilibradas chegando aos playoffs …

  • Um jogador incrível! Até o final da carreira provavelmente será considerado um dos melhores C’s da história da liga.

  • Michel Moral

    Não considero o T-Wolves uma decepção na última temporada, mas não evoluiu o que se esperava que evoluísse. Tiveram evoluções, só que individuais e não como um time de basquete.

    Para começar, foi o 4º pior da liga em eficiência defensiva, essa que era uma marca registrada das equipes de Thibodeau e se esperava uma melhora significativa nesse sentido.

    No perímetro Jimmy Butler deve elevar o nível da defesa do time, que também não tinha como piorar, né?! Bom, em relação ao ex-jogador do Bulls não há muito o que falar, pois é um top player hoje na NBA.

    Jeff Teague é um dos jogadores mais “acomodados” da NBA nos últimos anos. A reta final da sua passagem no Hawks e praticamente toda a temporada no Pacers foram pífias. E olha que o armador era expirante e nunca teve um contrato decente na liga, o que deveria, em tese, fazer com que ele jogasse muito para conseguir dinheiro na offseason. Mas mesmo assim o Wolves foi lá e pagou o que ele não vale hoje. Até entendo o porquê, afinal, o time precisava de um armador que não segurasse tanto a bola como Rubio fazia. Com um elenco desse, o basquete dele tem que aparecer, caso contrário, é bom o empresário dele começar a estudar propostas do basquete chinês daqui dois anos.

    Jamal Crawford vai ser um jogador chave. Na verdade, ele sempre foi por onde passou. É difícil você encontrar na NBA um jogador tão confortável e disposto a vir do banco de reservas, mesmo vencendo várias vezes o 6th man e garantindo tranquilamente seus 15 ppg. É importante ter um jogador com a qualidade dele vindo do banco, pois se você não tem uma rotação consistente, o time acaba sobrecarregando seus melhores jogadores e oscila muito durante uma partida.

    No garrafão, eu ouso dizer que em termos de rotação, o Wolves é uma das melhores equipes hoje da NBA. Towns será o grande nome da franquia. Seus números são impressionantes. Apenas precisa ser um líder melhor. Dieng é um jogador importante para rotação, além de jovem. Taj Gibson contribuirá com experiência para o desenvolvimento desses jovens, principalmente do pivô calouro Justin Patton, que precisa ser lapidado.

    De qualquer forma, com a chegada dos recém-contratados, aquela discussão “se vai ou não aos offs” não existe mais. É inaceitável uma equipe mesclada com jogadores rodados / consagrados e uma leva do melhor talento da NBA não esteja ao menos na pós-temporada e 2017-18.

  • Thiago26-NBA

    Esse rapaz em pós temporada deve destruir….espero que o Wolves avance

  • Papo de Mito

    No papel, é um elenco muito melhor que o de Blazers, Pelicans, Mavs e até Clippers. A questão é: vai funcionar na prática? Aí é que está, pois até agora tudo o que o Wolves fez nas últimas temporadas foi nos decepcionar.

    • Thiago26-NBA

      até o Pelicans é melhor que o Dallas.

  • Will

    Assim como outros times que se reforçaram bem nessa offseason, o Timberwolves está com um time bem interessante, que realmente promete. Vamos conferir.

  • Michel Moral

    Sobre essa discussão de ser o melhor pivô da NBA e tal, eu penso o seguinte:

    A NBA vive hoje uma crise de identidade dos pivôs. Você não vê um Center liderando um time candidato a título hoje na NBA e isso é inédito na história da liga. Esse é o desafio dessa nova geração que está emergindo.

    Tem também a questão de que os melhores pivôs não têm um time condizente à sua volta. Mas eu acho esse argumento um pouco fraco, pois não estamos falando de casos isolados. Praticamente todos os melhores pivôs (tecnicamente) da NBA ficam de fora dos playoffs.

    E gente, “péra lá”, o cara quando é extraordinário, não fica fora dos playoffs. Não por anos e anos…

    Até dois ou três anos atrás, eu entendia que faltavam jogadores de garrafão decentes. Os dois grandes nomes da liga eram Dwight Howard (já em crise existencial) e Al Horford. Quer dizer, muito pouco para uma liga que há pouco tempo tinha jogadores dominantes.

    Por isso, eu defendo que é uma obrigação do Pelicans estar nos playoffs. Os dois jogadores mais preparados da posição estão no mesmo time.

    Aí podem dizer que é um problema de sistema de jogo. Pois bem, é mesmo. Mas para você quebrar um paradigma (o Small Ball hoje) você precisa desafiar esse sistema e mostrar outra fórmula. Por mais que um técnico seja algo importantíssimo nesse processo, o jogador/líder também tem que ter uma mentalidade que vai além dos microfones da imprensa para dizer “que está preparado”.

    Eu acho meio fora da curva sustentar o Anthony Davis se “encaixa” no Small Ball. Hã?! Aí que eu vejo o problema. Quando estamos nos referindo a um jogador da categoria de Davis, não dá para você exigir que o cara jogue na posição 3 porque ele tem qualidade. Você está na contramão, é o caminho inverso – o jogador extraordinário precisa inovar e não se adaptar a um sistema de jogo “da moda”.

    Ah, eu também sei que o SB não é uma novidade da NBA de agora. Ao mesmo tempo que os arremessadores de três hoje possuem mais liberdade do que antigamente e também estão melhores nesse sentido. Porém, isso não quer dizer que o seu melhor jogador precisa arremessar de três. E é isso que está acontecendo com os pivôs(!). Todo grande time precisa de grandes arremessadores, mas isso não quer dizer que o seu melhor jogador precisa arremessar de três.

    • Thiago26-NBA

      Acredito que a tendencia será ver cada vez menos um Center como líder do time por conta do estilo de jogo que está se formando.

  • Albert Medeiros

    Astro Jimmy Butler? Vamos ver o que irá acontecer com o Wolves na próxima temporada…

    • Soldier

      Put4 cara superestimado, até hj n vi ele fazer nada nos playoffs..

      • Alex Alves

        Ele jogou muito os três primeiros jogos contra o Boston, depois de uma trombada com o Smart na quarta partida era claro que ele não estava 100%.

      • Albert Medeiros

        Não o considero tb, mas tb está longe de ser apenas mediano

  • Luiz

    Com o time sem espaçamento e galera inexperiente Wolves foi o 10o melhor ataque na temporada passada.Acho que com Butler,Teague e Crawford dá pra pegar top 5.Nem precisa ter uma defesa otima como era na epoca do Bulls do Thibs.(se ficar no bottom-5 denovo ai desiste,Thibs virou o D’anta mesmo).

  • Vincent Savino

    Top3 center all time para o menino KAT, isso se não se tornar o GOAT da posição.

    • Rubens Miranda

      Menos

  • felipe fernando Oliveira

    Sinceramente, eu acredito mesmo que se esse time dos Wolvs der liga e eles jogarem motivados, eles fazem frente sim aos guerreiros.
    Teague, Butler, Wiggins, Taj e Towns
    Curry, klay, KD, D. Green Zaza.
    Wolvs pode sofrer com as bolas de 3 dos Warriors, mas o perímetro dos Wolvs também tem ótimos marcadores, além que Teague, Butler e Wiggins são arremessadores razoáveis. Com relação a rotação, Wolvs perderam a chance de adicionar Rose, mas Dieng traz defesa e Bjelica arremesso, e Crawford traz pontuação.
    Coloco Wolvs como terceira força do Oeste, se eles derem liga.

  • Bam Adebayo #futureHOF

    25 pts e 12 rebotes na segunda temporada, é uma monstruosidade

  • The Real Jay

    Esse Wolves vai se encaixar demais, e aposto top 5 na conferência. Butler top 5 da liga na posição, KAT top 3 da liga na posição, Wiggins scorer nato tem que evoluir na defesa, Teague pra cadenciar o jogo e Jamal pra vim detonando do Banco. Esse time é muito bom e tô ansioso para assistir.

    • felipe fernando Oliveira

      Adicione aí, Dieng ótimo defensor e Bjelica Excelente arremesso.

  • felipe fernando Oliveira

    Li rumor forte de trade entre OKC e Spurs. Lamarcao pode pintar em Oklahoma.

  • Tárcio

    Não me frusto pelas picks 2 do Lakers de 2016 e 2017.
    Os jogadores que chegaram são tão bons e promissores quanto os pick1!
    Mas essa de 2015, foi uma baita sorte do Wolves, garantir um jogador desse!
    Se juntar todos os outros jogadores da pick 2 a pick 10 de 2015 não da metade do KAT!

  • PabloPierce34

    Jeff teague e o Armador do Wolves, mas quem e seu reserva? ja que falam que esse time tem tudo pra bater de frente com o Warriors

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados