logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 12 set 2017 às 20:29
EuroBasket: Doncic e Dragic brilham em vitória da Eslovênia; Marc Gasol comanda triunfo da Espanha

Espanhóis e eslovenos fazem uma das semifinais do torneio após eliminarem Alemanha e Letônia

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Lima

Eslovênia 103 x 97 Letônia

Duas das equipes que mais encantaram nesta edição do EuroBasket se enfrentaram nesta terça-feira, em Istambul. No aguardado duelo entre Eslovênia e Letônia, melhor para a seleção comandada pela dupla Luka Doncic e Goran Dragic, que venceu por 103 a 97 e chegou à fase semifinal pela segunda vez em sua história. Os eslovenos terão uma pedreira na próxima quinta-feira, quando enfrentam a atual campeã Espanha, em jogo a ser realizado a partir das 15h30 (horário de Brasília).

As duas principais figuras da Eslovênia combinaram para 53 pontos, 15 rebotes, nove assistências, seis bolas de três pontos convertidas e 16-29 nos arremessos de quadra (55% de aproveitamento). Doncic, aliás, entrou para a história da competição. O prodígio esloveno se tornou o jogador de 18 anos com a maior pontuação (27 pontos) em um jogo do EuroBasket. Doncic, que atua no Real Madrid, a Espanha, é um forte candidato à primeira escolha do Draft de 2018 da NBA.

Além deles, o ataque esloveno contou com a ajuda do ala Klemen Prepelic e do ala-pivô Anthony Randolph, que anotaram 17 e 16 pontos, respectivamente. Na defesa, o destaque da Eslovênia foi o pivô Gasper Vidmar, que distribuiu quatro tocos e protegeu bem a cesta nos 22 minutos em que esteve em quadra, antes de ser eliminado em faltas.

Pelo lado da Letônia, o destaque, como não poderia deixar de ser foi o pivô Kristaps Porzingis. O jogador do New York Knicks foi o cestinha do duelo, com 34 pontos. Além dele, outro jogador que atua na NBA, o ala-pivô Davis Bertans, do San Antonio Spurs, contribuiu do lado ofensivo. O camisa 8 anotou 23 pontos, 18 deles oriundos de arremessos de longa distância.

Eslovênia
Luka Doncic: 27 pontos, nove rebotes, quatro bolas de três pontos convertidas e 7-14 nos arremessos de quadra
Goran Dragic: 26 pontos, seis rebotes, oito assistências, seis desperdícios de bola e 9-15 nos arremessos de quadra
Klemen Prepelic: 17 pontos e 12-12 nos lances livres
Anthony Randolph: 16 pontos e nove rebotes

Letônia
Kristaps Porzingis: 34 pontos, seis rebotes e 12-21 nos arremessos de quadra
Davis Bertans: 23 pontos e seis bolas de três pontos convertidas
Dairis Bertans: 12 pontos, quatro rebotes e seis assistências

 

Alemanha 72 x 84 Espanha

A Espanha passou um sufoco no começo do confronto, mas se recuperou durante o jogo e confirmou o favoritismo ao bater a Alemanha por 84 a 72. O detalhe é que os atuais campeões do EuroBasket chegam pela décima vez consecutiva à fase semifinal do torneio. Na próxima quinta-feira, os espanhóis encaram a Eslovênia, em um duelo entre as únicas seleções que ainda não perderam na competição.

Logo nos primeiros quatro minutos do duelo, os alemães surpreenderam e abriram 11 a 2 no placar. Após o pedido de tempo do técnico Sergio Scariolo, a Espanha voltou mais concentrada e encostou no marcador graças aos irmãos Pau e Marc Gasol. No intervalo, o placar apontava 34 a 33 para os espanhóis.

No terceiro quarto, Marc Gasol deu um show em quadra. Ele anotou 18 pontos no período, incluindo três bolas de longa distância seguidas, e praticamente selou o triunfo espanhol. A Alemanha foi para o último quarto com uma desvantagem de 12 pontos, mas não teve forçar para esboçar uma reação.

Alemanha
Dennis Schroder: 27 pontos, quatro rebotes, oito assistências, sete desperdícios de bola e 12-23 nos arremessos de quadra
Daniel Theis: 15 pontos e quatro rebotes

Espanha
Marc Gasol: 28 pontos, dez rebotes, quatro assistências, quatro bolas de três pontos convertidas, dois tocos e 10-15 nos arremessos de quadra
Pau Gasol: 19 pontos e quatro rebotes
Sergio Rodríguez: 11 pontos e sete assistências

  • Sanliv

    Doncic mandou bem demais no confronto individual com o Porzingis, e essa bola de 3 do meio da rua foi sensacional também. Dragic ótimo como sempre, um dos melhores do torneio. E esse Vidmar tem me surpreendido positivamente. https://www.youtube.com/watch?v=fK30BSMrV90

    • Will

      OFF: Aos 2 segundos do vídeo o juiz deveria ter marcado infração de dois dribles, não?

  • Fernando Henrique

    Como Celta, fiquei feliz com o desempenho do Theis. Pena que hoje só tentou uma bola de três. Na defesa, contra os irmãos Gasol não tem muito o que fazer… Os dois são monstros!

    Doncic também foi muito bem, ainda não tinha visto muita coisa dele. Mas mostrou personalidade!

  • Warrg

    Será que o Doncic vai ser first pick draft 2018???

    • Fernando Henrique

      Acho que o Michael Porter é o maior concorrente dele, os dois pra mim são os melhores prospectos, mas admito que não vi nada do Bamba, que era cotado pra ser top 5 também… De qualquer jeito, em um ano eles todos mudam muito, difícil essa previsão tão cedo

      • Alan Cleber Knickerbockers

        Também se fala do Marvin Bagley III de Duke. Se fosse pra arriscar alguma coisa antes da temporada do college, meu Top 3 ficaria entre Michael Porter Jr, Doncic e Bagley III, nessa ordem. Ayton e Bamba correndo por fora.

        • Fernando Henrique

          O Bagley está mesmo muito bem cotado!
          Hoje meu top 3 seria igual ao seu… Mas tenho a impressão que a primeira escolha não será unanimidade como foi o Fultz, por exemplo

          • Marcos Gordinho

            Fultz não foi unânime, tanto que o Boston negociou a chamada do draft. pelo que Ainge destacou, mesmo com a 1 Fultz não seria escolha do Celtics.

          • Fernando Henrique

            Ainge negociou porque queria o Tatum, e era impossível o Tatum sair antes do Fultz. Ai foi preferência pessoal do Ainge, que monitorava o Tatum a muitos anos… Se o Fultz não fosse unanimidade, o Ainge não arriscaria perder o jogador que queria.

          • Alan Cleber Knickerbockers

            É que ainda não houve a temporada 2017-19 da NCAA. Esse é o divisor de águas. Antes da temporada 2016-17 Fultz não era unanimidade, só do meio pro final da temporada do college que o nome dele ganhou força. No início se falava muito de Tatum, Jackson e Giles como 1° escolha. Provavelmente antes do draft de 2018 também terá algum jogador como unanimidade.

  • Marcos Gordinho

    Acabei de assistir as partidas. Baixei para poder ver depois, uma vez que não dá para curtir no horário de trabalho. Dennis Pimentinha entrega o que precisa em quadra. Mas os big mans espanhóis não facilitam para seus matchups. Mesmo reduzindo os TO o alemão não conseguiria levar essa Vitória e olha que sem ele nem nas quartas acho que a Alemanha chegava. Na outra partida Porzis foi monstruoso, me convenceu que ele é realidade na NBA. Mas é lindo o controle que Dragic possui no comando dos slovenhos e jogando tudo que tá demonstrando na Euro creio que Doncic só perde o top1 do próximo draft se acontecer lesão séria. Destaque especial para Randolph, o cara não aparece muito, mas não erra, precisão cirúrgica nos arremessos apesar da mecânica diferenciada.

  • Bruno Macedo

    Dragic continua sendo o MVP não jogou nenhum jogo mal e ainda tem o doncic tirando um pouco do brilho dele por ser jovem e ser cotado pra ser escolha alta e lógico jogando muito também, schroder fez uma grande competição mesmo com um time ruim conseguiu da um sufoco no começo pro time espanhol que tem o melhor elenco disparado por isso é o time mais cotado pra ser o campeão.

    • Jean Brazuna

      só tinha ele e o Theis…no quarto quarto…ficou bem claro isso, era a única jogada q a Alemanha tinha.

      • Bruno Macedo

        Eu notei isso também difícil ganhar da Espanha por isso o elenco é muito forte cada dia um aparece.

  • Marcelo Desoxi

    Doncic tem o dom.

  • “KOBE” -Thank You Kyrie.

    PELAMORDIDEUS CAVS! Mantém essa pick pra gente ter chance de conseguir escolher o Doncic. MDS! Q jogador!
    Deve ser um caso único, de jogador com 18 q destrói e põe números de NBA jogando na Europa (o q é difícil já para um superstar provado no continente). Eu ñ entendo tanto de basquete europeu, mas.. o q esse garoto faz, deve ser único. Quem tiver um outro exemplo de jogador tão jovem como o Luka ter tanto impacto assim… pode ficar a vontade.

    • Marcelo Desoxi

      Rick Rubio com 16 anos e 3 dias já causava entre os profissionais.

      • Guilherme Petros

        Mas não como o Doncic. Ele impressioa MUITO pela idade tbm. E vai chegar novo e com experiencia profissional legal na NBA.

  • Thiago Legori

    Esse Luka Doncic será top 3 do próximo draft…

  • O jovem time da Alemanha já fez muito ao chegar capitaneado por Schroder ( 96º na lista da ESPN :/) tirando favoritos ( Dirk bem q poderia ter jogado essa euro), mas Marc Gasol botou a bola debaixo do braço e aniquilou o sonho alemão. No outro jogo, mais uma campanha heróica da Letônia do Porzingão da massa e Bertans, para uma Eslovênia de Dragic, Doncic e Randolph, que deverá dar mais trabalho aos espanhóis!

    • Marcos Gordinho

      Ou os espanhóis darem mais trabalho aos eslovenhos.

      • na verdade os espanhóis não deram trabalho, quem diria!!! rsrs

        • Marcos Gordinho

          Rsrs. Só na primeira metade que acompanharam. Os Eslovenhos estão com tudo.

  • Vitor Martins

    Luka Doncic casa comigo! hahaha

    Esse cara não vai ser foda, ele já é foda. Draft é exercício de futurologia, mas tanto Bagley quanto Porter não teriam tanto impacto na rotação de um time profissional da Europa hoje. Claro que a tendência é eles evoluirem mais essa temporada indo pra NCAA e talvez o Doncic não evolua tanto, vai saber. Acho que as projeções que colocam os dois acima do esloveno são por causa disso, mas é espantoso o quanto esse cara é bom, pra mim foi o melhor do jogo.

  • Gustavo

    Vou dizer já, se alguma franquia passar o Doncic na 1, vai se arrepender amargente.

  • Guilherme Petros

    Que campanha da Eslovenia. Todas as projeçoes colocavam Lituania, França, Croácia e mesmo Letonia na frente deles. QUE CAMPANHA incrível. E que legal que todos estão podendo ver o Doncic jogar, ele já tinha tudo pra ser a pick 1 em 2017 mesmo, mas vai ficar pra 2018. Pena que Espanha e Eslovenia não vai ser a final e sim a semi. Mas ok.
    Pelo lado da Espanha, uma puta campnaha tbm, claro, mas eles são os favoritos desde antes do torneiro começar, né. O time é muito forte e o garrafão é um absurdo (isso que ainda ta sem o Ibaka e sem o Reyes – e sem o Llull no perímetro).

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados