Al Jefferson e Kevin Durant são eleitos melhores jogadores de março

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=VpnfLwvNKtU]

A NBA anunciou nesta terça-feira que o pivô Al Jefferson (Charlotte Bobcats) e o ala Kevin Durant (Oklahoma City Thunder) foram eleitos os melhores jogadores do mês de março nas conferências Leste e Oeste, respectivamente.

Jefferson liderou o Bobcats a nove vitórias em 16 partidas neste mês, desempenho que quase assegurou a equipe nos playoffs pela segunda vez em sua história. O pivô anotou 24.7 pontos e 10.6 rebotes no período, convertendo 55.5% de seus arremessos de quadra e acumulando nove duplos-duplos. Ele quebrou ainda um recorde da franquia ao alcançar 22 jogos com, no mínimo, 20 pontos e dez rebotes nesta temporada.

Já Durant esteve no comando do Thunder em uma campanha de dez triunfos e quatro reveses no mês, com médias de 34.5 pontos (maior marca da liga), 6.7 rebotes e 5.9 assistências por jogo. O ala aumentou sua série de partidas consecutivas com 25 pontos ou mais pontos para 38, ficando a apenas duas de igualar o recorde moderno da NBA (Michael Jordan, 1989-90). Consolidando sua “candidatura” a MVP da temporada, ele recebeu quatro dos cinco prêmios mensais de melhor jogador do Oeste.

Outros seis jogadores também foram lembrados na votação de março: James Harden (Houston Rockets), Blake Griffin (Los Angeles Clippers), LeBron James (Miami Heat), Carmelo Anthony (New York Knicks), Goran Dragic (Phoenix Suns) e Kawhi Leonard (San Antonio Spurs).

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=RphDHx2Pg8k]

 

Carter-Williams e Dieng levam prêmio entre os novatos

Entre os calouros, a NBA premiou o armador Michael Carter-Williams (Philadelphia 76ers) e o pivô Gorgui Dieng (Minnesota Timberwolves) pelas atuações no mês de março nas conferências Leste e Oeste, respectivamente.

Apesar da sequência histórica de derrotas do Sixers, Carter-Williams liderou os estreantes no mês em pontos (14.9), rebotes (8.4), assistências (6.5) e roubos de bola (1.7). Neste período, ele ainda conseguiu quatro duplos-duplos e oito jogos com mínimo de dois roubos de bola. No último dia 10, o armador conseguiu um triplo-duplo diante do Knicks: 23 pontos, 13 rebotes e dez assistências.

Já Dieng, que ganhou espaço na rotação do Timberwolves em março, teve médias de 8.6 pontos (com mais de 60% de aproveitamento nos arremessos de quadra) e 8.3 rebotes. Aproveitando a lesão de Nikola Pekovic, o pivô acumulou três jogos acertando todos os arremessos de quadra que tentou e cinco duplos-duplos. Sua melhor atuação aconteceu no último dia 20, quando anotou 22 pontos e pegou 21 rebotes contra o Rockets.

Outros cinco novatos foram citados na votação deste mês: Mason Plumlee (Brooklyn Nets), Tim Hardaway Jr. (Knicks), Victor Oladipo (Orlando Magic), Ben McLemore (Sacramento Kings) e Trey Burke (Utah Jazz).

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=96Y_Q277ats]

 

Kidd e Popovich são os melhores técnicos do mês

Para completar, Jason Kidd (Nets) e Gregg Popovich (Spurs) foram eleitos os melhores técnicos do mês nas conferências Leste e Oeste, respectivamente, ainda na última segunda-feira.

Kidd comandou o Nets a 12 vitórias nos 16 jogos disputados em março, melhor recorde do Leste no período. A equipe ganhou suas nove partidas como mandante e terminou o mês como único invicto atuando em casa da conferência. O treinador calouro já havia levado o prêmio mensal em janeiro.

Popovich liderou o Spurs em um raro mês invicto, conquistando vitórias nos 16 confrontos dos texanos e assumindo a liderança do Oeste. O time conseguiu marcar 100 pontos em 13 jogos de março e venceu seus adversários por vantagem de dígitos duplos em 11 oportunidades. Com isso, os líderes da temporada iniciaram abril com uma série de 18 triunfos seguidos – maior sequência invicta da história da franquia.

Steve Clifford (Bobcats), Kevin McHale (Rockets), Doc Rivers (Clippers), Mike Woodson (Knicks), Scott Brooks (Thunder), Jeff Hornacek (Suns) e Dwane Casey (Toronto Raptors) também foram citados na votação.

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=GXd8164prmU]

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Dragic

    Alguém me corrige se eu tiver errado, mas, o Thunder devia ter escolhido o Dieng no lugar do Adams. Nunca entendi esses prospectos. Escolhidos por último, se desenvolvem antes. Sempre quis Dieng em OKC

  • Mailson Silva de Sena

    A única chance de o Thunder ter draftado o Dieng seria na pick em que o Thunder pegou o Andre Roberson.
    Eu li muita coisa que Dieng seria o melhor pivô para o Thunder, principalmente da mídia de Chicago, surpresa mesmo seria se Sam Presti não tivesse pego Steven Adams, como de fato o fez. E também o Thunder tem Tibor Pleiss. Na próxima temporada é tentar trocar o kendrick Perkins, ou, em último caso, anistiá-lo.

    • Eu concordo com o Dragic, o Dieng não jogava no Wolves por burrice do treinador, mais ele é muito mais completo que o Adams, reboteiro forte, bloqueador e pontua alí do jeito que dá.

  • Dragic

    Ficou provado que o time precisa de Perkins, ele é uma das âncoras defensivas. Desajeitado e sem saber jogar, mas tem um corpo que poucos pivôs na NBA tem

    • rodrighoN

      Isso, contra o Hostoun vai se precisar e muito dele, é um jogador útil dependendo do adversário, só é caro esse é o maior problema.

      • iuri_OKC

        é, no jogo de ontem ficou provado q Perkins é um mau necessario para o OKC, só ele bateu de frente com Dunca

  • rodrighoN

    Bom ver o Kidd e o Nets se acertando o BobCats sendo relevante, e o AL Jeferson sendo mais uma vez cestinha de um time meio fraco rsrs, mas é um baita de um Pivô, o MCW tem numero de pivo em rebote srsrs 8.4 é isso mesmo caramba rsrs.

    • Dragic

      Fraco? Charlotte é um dos times mais promissores e que tem um dos melhores futuros, tanto que irão aos offs. Kemba Walker, Al Jefferson, Josh McRoberts jogam muito.

      • rodrighoN

        Por isso que coloquei meio fraco, eles estão no top 5 do leste? não entao não são fortes, mas não citei se tinha ou não potencial, por exemplo o time do Jazz que o AL jogava, tinha ele Milsap, Favors, Hayward, com jogadores com mais nome que os outros do Cats e era considerado meio fraco pois tomou uma surra do Spurs no primeiro round do Oeste, mas voce que vê o Cats qual jogador ali tirando o Walker(que joga muito) e o Jeferson pode transformar a equipe numa equipe favorita para ir aos playoffs?

      • Daniel Nogueira

        McRoberts? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Daniel Nogueira

        McRoberts? kkkkkkkkkkkkk

      • Dragic

        McRoberts sim. Sabia que é um dos PF que mais da assistência na liga? Além de arremessar de 3, coisa não muito comum pra homens de garrafão. Cada um tem sua opinião e vejo que ele no Cats é um jogador importante e bom

    • ahha que orgulho do MCW. ele e o t. young são o unico motivo para assistir meu sixers. Por favor Noel, se recupere e corresponda ao esperado. Aí sim, somando um bom draft, teremos o time mais promissor da nba.

      • rodrighoN

        Será que o sixers vão ganahr a escolha do Pelicans também? se for o time vai ficar com vários jovens talentosos, tomara que não virem nenhum Turner.

  • rodrigohawks

    Joga muito esse MCW quase todo jogo dele ele se aproxima de um Tripo duplo enquanto tem jogadores que nunca conseguem fazer um na carreira , e tem outros que sofrem pra conseguir fazer alguns neh KEVIN LOVE 😉 o muleke no primeiro ano ja ta assim e fenomenal ele … so falta ver como vai jogar o PAPAI NOEL DO SIXERS TAMBEM QUE ESSE ANO TODO NAO JOGOU …. LETS GO HAWKSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS O/

  • Quem diria o DIeng fazendo tudo isso,Wolves achou ele tarde demais..