Ala-pivô do Wizards acerta com equipe de Israel

A lista de jogadores que estão definindo seus futuros para o período de locaute da NBA continua a crescer. O ala-pivô Trevor Booker, novato do Washington Wizards na última temporada, anunciou que defenderá os israelenses do Bnei HaSharon durante a greve.

Segundo o agente Andy Miller, o atleta esteve analisando opções nos últimos 40 dias e viajou para a Israel e Sérvia antes de tomar a decisão. No fim das contas, o fato de o filho do GM do Wizards, Ernie Grunfeld, ter defendido o Bnei na campanha 2010-11 ajudou na escolha.

Em entrevista por telefone para Michael Lee, do jornal The Washington Post, Booker mostrou todo seu entusiasmo com a nova etapa na carreira. “Estou muito empolgado. Tinha que jogar competitivamente novamente. Acho que será uma experiência interessante”, disse.

O ala-pivô não joga desde o fim de março, quando quebrou um dedo do pé direito, mas Miller não vê riscos em atuar fora dos EUA após uma lesão. “Sentimos que isso será importante por ter perdido 1/5 da última temporada. Como ele estava na rotação, é valioso que se mantenha jogando e adquira mais visibilidade”, afirmou.

Booker tem 23 anos e participou de 65 partidas do Wizards em seu ano de estreia na liga. Atuando 16.4 minutos por confronto, o ala-pivô acumulou médias de 5.3 pontos, 3.9 rebotes e quase 55% de aproveitamento nos arremessos de quadra.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.