All-Star Weekend: Com Miles Bridges MVP, Time USA vence Time Mundo no Jogo dos Novatos

O Jogo dos Novatos foi o destaque do primeiro dia do Fim de Semana das Estrelas, que está sendo realizado em Chicago. A equipe formada por jogadores norte-americanos levou a melhor e venceu o time dos estrangeiros por 151 a 131, no United Center, casa do Chicago Bulls.

O ala Miles Bridges, do Charlotte Hornets, foi eleito o MVP da partida. Ele atuou por 20 minutos e angariou 20 pontos, cinco rebotes, cinco assistências e três roubos de bola. Além disso, Bridges acertou oito dos 12 arremessos que tentou. O cestinha do time dos norte-americanos foi o ala-pivô Eric Paschall, do Golden State Warriors, com 23 pontos.

Pela equipe dos estrangeiros, destaque para os canadenses RJ Barrett e Brandon Clarke. O ala do New York Knicks foi o cestinha da partida, com 27 pontos. Já o ala-pivô do Memphis Grizzlies ficou perto de alcançar o duplo-duplo: 22 pontos e oito rebotes.

Destaques

Time dos norte-americanos

Eric Paschall: 23 pontos e 10-13 nos arremessos de quadra
Collin Sexton: 21 pontos e cinco rebotes
Miles Bridges: 20 pontos, cinco rebotes, cinco assistências, três roubos de bola e 8-12 nos arremessos de quadra
Trae Young: 18 pontos, quatro rebotes, sete assistências e quatro bolas de três pontos convertidas
Kendrick Nunn: 16 pontos
Zion Williamson: 14 pontos
Jaren Jackson Jr.: 12 pontos e sete rebotes
Ja Morant: dez pontos, cinco rebotes e seis assistências

Time dos estrangeiros

RJ Barrett: 27 pontos, seis rebotes, cinco assistências e três roubos de bola
Brandon Clarke: 22 pontos e oito rebotes
Luka Doncic: 16 pontos, cinco assistências e quatro bolas de três pontos convertidas
Moritz Wagner: 16 pontos e quatro rebotes
Shai Gilgeous-Alexander: 16 pontos
Rui Hachimura: 14 pontos, sete rebotes e quatro assistências


Jogo das Celebridades

O evento que abriu o Fim de Semana das Estrelas foi o Jogo das Celebridades. Formados em sua maioria por atores e cantores não muito conhecidos pelo público brasileiro, e reforçados por ex-jogadores, os times foram “treinados”pelos jornalistas Michael Wilbon e Stephen A. Smith, ambos da ESPN. 

Duas jogadoras da WNBA – A’ja Wilson (Las Vegas Aces) e Chelsea Gray (Los Angeles Sparks) – e dois ex-atletas da NBA – Quentin Richardson e Darius Miles – também participaram da “brincadeira”.

O time de Wilbon, capitaneado pelo rapper e ator Common, venceu o duelo por 62 a 47.


Programação de sábado

Para este sábado, o Fim de Semana das Estrelas reserva três eventos no United Center: Torneio de Arremessos, Desafio de Habilidades, Torneio de Três Pontos e, fechando a noite, o Concurso de Enterradas.

No Desafio de Habilidades (Skills Challenge) serão oito participantes: Bam Adebayo (Miami Heat), Patrick Beverley (Los Angeles Clippers), Spencer Dinwiddie (Brooklyn Nets), Khris Middleton (Milwaukee Bucks), Shai Gilgeous-Alexander (Oklahoma City Thunder), Domantas Sabonis (Indiana Pacers), Pascal Siakam (Toronto Raptors) e o campeão do ano passado, Jayson Tatum (Boston Celtics).

Além de Joe Harris (Brooklyn Nets), vencedor de 2019, sete atletas disputarão o Torneio de Três Pontos: Davis Bertans (Washington Wizards), Devin Booker (Phoenix Suns), Devonte’ Graham (Charlotte Hornets), Buddy Hield (Sacramento Kings), Zach LaVine (Chicago Bulls), Duncan Robinson (Miami Heat) e Trae Young (Atlanta Hawks).

No último evento da noite, quatro jovens jogadores vão disputar o Concurso de Enterradas: Pat Connaughton (Milwaukee Bucks), Aaron Gordon (Orlando Magic), Dwight Howard (Los Angeles Lakers) e Derrick Jones (Miami Heat).

Por fim, deixo aqui os meus palpites para os ganhadores dos eventos deste sábado. Gostaria que vocês, caros leitores, também registrassem seus palpites. Vale lembrar que a ESPN transmite os eventos a partir das 22h (horário de Brasília).

Palpites de hoje

Habilidades: Spencer Dinwiddie
Três Pontos: Duncan Robinson
Enterradas: Aaron Gordon

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.