Anadolu Efes bate Real Madrid na Espanha e dispara na liderança da EuroLiga

Por Vinicius Fernandes Batista

Chegou ao fim a 21ª rodada da fase regular da temporada 2019/20 da EuroLiga, com destaque para a vitória fora de casa do líder Anadolu Efes sobre o então vice-líder Real Madrid. O detalhe é que o time turco, que engatou uma sequência de seis triunfos, foi o único visitante a sair de quadra vitorioso nessa rodada.

 

Real Madrid 75 x 80 Anadolu Efes

Único a perder em casa, o time merengue passa a dividir a vice-liderança com CSKA e Barcelona, todos com seis derrotas, três a menos que o líder isolado, que contou com 32 pontos de Shane Larkin, o grande destaque individual da competição até o momento. Trey Thompkins foi o maior pontuador do Real, com 15. Sempre atrás, os madridistas chegaram a encostar no marcador (72 x 73) em uma bola de três de Facundo Campazzo, porém Tibor Pleiss respondeu na mesma moeda e evitou a reação dos mandantes.

 

Barcelona 86 x 82 Estrela Vermelha

O Barça registrou sua primeira vitória em casa em 2020, com 25 pontos do cestinha Nikola Mirotic. Lorenzo Brown marcou 15 para os visitantes, que chegaram a ficar somente um ponto atrás (78 x 79), mas Mirotic e Pau Ribas com duas bolas de três deram fim à reação sérvia.

 

CSKA Moscou 81 x 70 Valencia 

A equipe russa venceu seu quarto jogo consecutivo, com destaque para o cestinha Johannes Voigtmann, autor de um duplo-duplo (19 pontos e 10 rebotes). San Van Rossom foi o maior pontuador valenciano, com 16 pontos.

 

Bayern de Munique 80 x 68 Maccabi Tel Aviv

O time alemão encerrou uma sequência de seis derrotas, com 19 pontos do cestinha Nihad Dedovic. O campeão israelense chegou a ficar apenas dois pontos atrás a três minutos e meio do fim, mas não conseguiu a virada e saiu do G-4. Elijah Bryant, com 14, foi quem mais pontuou para o Maccabi.

 

Zenit 91 x 87 Olympiacos

Pior ataque do torneio, o time da casa esteve sempre à frente no placar e teve como destaque Evgeny Voronov, autor de 21 pontos. No entanto, Vassilis Spanoulis brilhou e foi o cestinha, com 31 pontos para os gregos, tornando-se o jogador mais velho de todos os tempos – 37 anos -, a marcar 30 ou mais pontos em um único jogo.

 

Baskonia 83 x 79 Khimki 

Em um jogo onde nenhum time ficou com mais de seis pontos de vantagem, os espanhóis contaram com 22 pontos do cestinha Shavon Shields para conquistaram um triunfo de virada. Alexey Shved terminou como o melhor marcador dos russos, com 18 pontos, mas foi mal nas bolas de três (apenas três acertos em 15).

 

Fenerbahçe 73 x 64 Olimpia Milano

O time turco contou com seis jogadores com dois dígitos: Luigi Datome (14), Nando De Colo (12), Nikola Kalinic (10), Kostas Sloukas (10), Malcolm Thomas (10) e Jan Vesely (10). Kaleb Tarczewski liderou a equipe de Milão com 19 pontos e foi o cestinha da partida.

 

Zalgiris Kaunas 104 x 80 ALBA Berlin

O time lituano estabeleceu uma vantagem de dois dígitos ainda no primeiro quarto, aumentou para 29 no segundo e a diferença chegou a 36 depois do intervalo. Seis jogadores seus marcaram ao menos dez pontos: KC Rivers (17, com cinco bolas de três convertidas em sete lançadas), Edgaras Ulanovas (14), Jock Landale (12), Nigel Hayes (12), o adolescente Rokas Jokubaitis (11) e o veterano Paulius Jankunas (10). Landry Nnoko foi o maior pontuador dos alemães, com 15. Agora ambas as equipes dividem o último lugar.

 

Panathinaikos 100 x 88 ASVEL

Melhor ataque do campeonato, o time grego ampliou sua série de vitórias para três jogos numa grande atuação coletiva. Jimmer Fredette marcou 22 pontos e foi o cestinha, acompanhado por Ioannis Papapetrou (21), Tyrese Rice (14), Giorgios Papagiannis (12), DeShaun Thomas (10) e Nick Calathes (duplo-duplo com 10 pontos e 17 assistências). O ASVEL somou a sua quinta derrota consecutiva, apesar de Théo Maledon ter anotado 19 pontos.


Classificação

1º Anadolu Efes: 18 vitórias e três derrotas
2º CSKA Moscou, Real Madrid e Barcelona: 15 vitórias e seis derrotas
5º Maccabi Tel Aviv: 14 vitórias e sete derrotas
6º Panathinaikos: 13 vitórias e oito derrotas
7º Valencia e Olimpia Milano: dez vitórias e 11 derrotas
9º Fenerbahçe, Estrela Vermelha e Khimki: nove vitórias e 12 derrotas
12º Olympiacos, Baskonia e ASVEL: oito vitórias e 12 derrotas
15º Zalgiris Kaunas, ALBA Berlin, Zenit e Bayern de Munique: sete vitórias e 14 derrotas

Estatísticas

Melhor ataque: Panathinaikos = 1.833 pontos (87,2 de média)
Pior ataque: Zenit = 1.541 (73,3 de média)
Melhor defesa: Estrela Vermelha = 1.573 (74,9 de média)
Pior defesa: Khimki = 1.838 (87,5 de média)
Melhor saldo: Anadolu Efes = +204
Pior saldo: Bayern de Munique = -171
Mais pontos em um quarto: 38 = Zenit
Menos pontos em um quarto: 6 = Fenerbahçe e Khimki
Mais pontos até o intervalo: 65 = Real Madrid
Menos pontos até o intervalo: 21 = Fenerbahçe
Mais pontos em um jogo: 106 = Anadolu Efes
Menos pontos em um jogo: 55 = Bayern de Munique
Maior diferença de pontos: 41 = Bayern de Munique 104 x 63 ASVEL 
Maior pontuador em um só jogo: 49 = Shane Larkin (Anadolu Efes)
Cestinha por pontos: Mike James (CSKA Moscou) = 443
Cestinha na média: Shane Larkin (Anadolu Efes) = 21,6
Melhor reboteiro: Nikola Milutinov (Olympiacos) = 167 (8,3 de média)
Melhor assistente: Nick Calathes (Panathinaikos) = 207 (9,8 de média)

Próxima rodada

30/01 (quinta-feira) – Khimki x CSKA Moscou (14h), ALBA Berlin x Fenerbahçe (15h30), Olympiacos x Baskonia (16h), Maccabi Tel Aviv x Real Madrid (16h05, com transmissão do DAZN), ASVEL x Zalgiris Kaunas (16h45), Barcelona x Zenit (17h, com transmissão do DAZN), Olimpia Milano x Bayern Munique (17h05)
31/01 (sexta-feira) – Estrela Vermelha x Anadolu Efes (15h, com transmissão do DAZN), Valencia x Panathinaikos (17h)


Quer acompanhar o melhor do basquete europeu? O DAZN transmite vários jogos da EuroLiga por semana. Primeiro serviço de streaming esportivo no país, o DAZN está disponível para degustação durante um mês. Você preenche os dados e instantes depois o conteúdo já está liberado para você acompanhar no computador, no celular, no tablet ou até no console do videogame. Durante 30 dias você terá acesso a todos os eventos da plataforma. Grátis!

Assinando o DAZN, você também poderá acompanhar o NBB, a Premier League, o Campeonato Francês, o Campeonato Italiano, a final da Copa Sul-Americana, a Libertadores feminina, a MLS, a Liga Americana de futebol, o Campeonato Japonês, e muito mais. Assine já!

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.