Andre Roberson rompe tendão patelar e está fora da temporada

A bruxa está realmente à solta na NBA: o ala Andre Roberson é mais um atleta que está lesionado pelo restante da temporada. De acordo com Adrian Wojnarowski, da ESPN, o titular do Oklahoma City Thunder sofreu uma ruptura do tendão patelar da perna esquerda na noite deste sábado, durante a vitória da equipe sobre o Detroit Pistons, e precisará passar por cirurgia no local.

A lesão aconteceu no terceiro período da partida, quando o jogador de 26 anos se preparava para saltar e completar uma ponte aérea. No impulso para o salto, sua perna esquerda reagiu de forma “pouco natural” e ele não conseguiu sair do chão. Já sem conseguir levantar e sentindo a gravidade do problema, o especialista defensivo rastejou para fora de quadra em dor (vídeo abaixo).

Roberson foi examinado em quadra por vários médicos antes de ser removido de maca. Uma lesão de tamanha gravidade nunca é esperada, mas pode ter sido causada por uma fragilidade pré-existente: o ala havia sido desfalque por oito partidas na virada do ano, por conta de uma tendinite patelar na perna esquerda. Esse era seu quinto jogo retornando do afastamento.

“Andre, certamente, é uma perda gigante para nós. Todos puderam perceber isso desde que ele retornou de contusão, com o que tem sido capaz de fazer no lado defensivo da quadra para nossa equipe. E ele também encontrou formas de ser realmente eficaz no ataque recentemente”, avaliou o técnico Billy Donovan após a partida, já prevendo um afastamento em longo prazo.

O craque Carmelo Anthony, que chegou aos 25 mil pontos na carreira durante o jogo, admitiu ter ficado transtornado com a lesão do colega. “É uma situação dura, em especial estando tão próximo e sendo amigo de Andre. A única coisa que pude fazer foi ajoelhar-me e rezar. Depois de ver um companheiro sofrer assim, retornar à mentalidade competitiva é quase impossível”, contou.

Para Paul George, a experiência de observar Roberson foi especialmente trágica por relembrá-lo da fratura na perna direita que sofreu em uma partida amistosa da seleção dos EUA, em 2014. Ele passou mais de oito meses afastado do basquete na oportunidade – um período que deve ser próximo daquele que o companheiro ficará fora de ação.

“Eu sei como é isso. Já atravessei essa provação antes. É realmente um infortúnio, mas estarei ao lado de Andre em todo o processo, tentarei ajudá-lo o máximo que puder e deixá-lo otimista com a evolução da recuperação. Ele é uma pessoa forte, um cara durão, então terá a capacidade de perseverar nessa dificuldade”, disse o convocado de última hora para o Jogo das Estrelas.

Nas partidas recentes em que o titular foi desfalque, Donovan oscilou entre os usos dos jovens Alex Abrines e Terrance Ferguson no quinteto inicial. Roberson é um dos melhores defensores de perímetro da liga, tendo sido eleito para o segundo time ideal de defesa da última temporada. Em 38 jogos disputados nesta temporada, ele acumulou médias de 5.0 pontos, 4.7 rebotes e 1.2 roubos de bola.

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.
  • Samuel

    É uma pena. Apesar de o cara nao ter o dom pra atacar, eu gosto da disposiçao em quadra e do empenho na defesa. Vai fazer falta no thunder.

  • Chimbinha

    Esse fdp tinha que se quebrar no meu my career ,não acerta uma,tenta uns hero ball impossível,é um a menos no time.Alias esse 2k novo é extremamente irritante ,meus jogadores tentam cada jogada tosca que me da vergonha do programador do jogo,fora que o outro time tem sempre trocentos ft a mais que o meu e acertam umas bolas impossíveis que nem Curry possuído acertaria, tem hora que só não quebro o meu PS porque não sou tão burro assim.

    • Gustavo Santos

      Iso no West e no Carmelo!! Esse programador aí está de parabéns… Mais realista que isso quase impossível

    • Beto cargnin

      Para de falar besteira e vai cantar com a joelma o chimbinha.

  • Hugo Leonardo

    Grande perda. Presti tem que fazer uma mágica e trazer um especialista defensivo urgente

  • Rafael Victor

    Mais uma vez alguém se machuca sozinho! Também tive a impressão que ele escorregou! Que lance bizarro!

    Defensivamente, vai fazer muita falta pro OKC!

    • Vinícius Maia

      Acho que não foi um escorregão. Tive a impressão que ele colocou força na perna para pular, nesse momento houve o rompimento e a perna não respondeu bem para sair do chão.

  • Eduardo Silva

    Posso estar enganado mas talvez essas lesões estejam ocorrendo pelo excesso de jogos.
    Pra nós telespectadores é ótimo, mas pros atletas é desgastante.

    • CARLOS AUGUSTO DA CONCEICAO

      Meu caro..concordo e vou além…a maioria desses caras depois da aposentadoria vivem nas clínicas e médicos como dores pra vida toda…se o desgaste fosse apenas pontual, ok…mas é pra vida toda…o lance era cortar uns 15 ou 20 jogos desse calendário…e ainda assim seria o maio campeonato em numero de partidas.

      • Vinícius Maia

        Só que fazer isso não é tão simples. Existe um contrato entre a NBA e os canais de TV que transmitem os jogos. Cortar jogos do calendário implicaria na revisão desses contratos e, consequentemente, na revisão do valor financeiro que é repassado da liga para as franquias. Nesse caso, os salários dos atletas também seria afetado, afinal o caixa das franquias seria reduzido. Enfim, eu também defendia essa redução na quantidade de jogos, mas alguém aqui no jumper me explicou tudo que está envolvido nisso e eu entendi que é uma questão muito complicada. As vezes a gente fala disso pensando que o torcedor seria o mais prejudicado, mas na verdade o menor “prejuízo” seria o do torcedor com menos jogos para acompanhar.

        • CARLOS AUGUSTO DA CONCEICAO

          Imagino…deve ser o caviar dos canais de esporte…mas penso que deveriam fazer…ou sei lá…aumentar ainda mais elencos..tetos salariais..mas isso seria um desgaste gerencial e uma dificuldade técnica…

      • Luiz

        Desgaste? Roberson escorregou,Cousins pisou errado,pode acontecer a qualquer momento.NBA já aumento a duração da temporada regular e diminuir os back 2 backs.Deixa do jeito que está mesmo,os jogadores estão tendo muito azar só isso.

        • Eduardo Rebelatto

          Não teve nada a abertura com escorregão, ele se.lesionou ao tentar pegar impulso pra ponte aérea

          • Eduardo Rebelatto

            A ver*

  • Alex Vilela #PG MVP#

    É possivel a integração do Daniel Hamilton ao time? Lembro que ele tinha um contrato de 40 dias, alguma exceção salarial?

  • Enzo Cabral

    Ele já sofria com tendinite no mesmo joelho em que veio a sofrer essa grave lesão.

    Podemos dizer que foi uma fatalidade, mas, ao mesmo tempo, era uma bomba-relógio.

    Energias positivas pro Roberson e que volte o mais rápido possível.

  • CARLOS AUGUSTO DA CONCEICAO

    Que merda! Não sou um admirador do OKC mas é inegável a evolução do time recentemente. Acho que deveriam cortar umas dez partidas ou vinte da temporada regular…ou dar condições salariais para as equipes terem mais atletas…não sei como seria a administração de uma equipe maior pelos técnicos…mas alguma coisa tem que ser feita pq os atletas estão virando farofa.. é muita contusão grave…mas….

  • Rogério Vieira

    Vai fazer muita falta, é um excelente jogador defensivamente falando. Presti vai ter que agir agora na trade deadline. Já fez duas mágicas nessa temporada, vai ter que fazer mais uma.

    • Alex Vilela #PG MVP#

      Tony Allen

  • Thunder Nation

    Eu esperava que o Sam Presti buscasse um SG pontuador na trade deadline porém com essa lesão do Robertson acredito que ele irá atrás de jogadores com características parecidas com a dele,eu tentaria o Tony Allen.

  • Thiago / The Legend of NFL

    Triste =[

  • Jonas Kahnwald
    • Igor Dourado

      Caramba! Sabia que ele era um monstro defensivamente, mas não desse tanto. Pior que ele faria toda diferença na marcação de KD, Butler, Harden, Leonard ou qualquer outro jogador de perímetro top. Paul George vai ter que se sacrificar nesse aspecto agora.

      • Eduardo Rebelatto

        Kevin Durant quem deveria marcar é o Paul George, mas sem dúvidas favor muita falta defensivamente

  • rafael

    As pessoas reclamam muito aqui no Brasil que é desgastante jogar futebol toda quarta e domingo. Imagina na NBA então? Ter que jogar dia sim dia não em uma temporada acirradíssima onde até as equipes mais fracas dão trabalho, num esporte que exige muito contato físico e atleticismo dos jogadores. Não sei só apenas eu que acho esse calendário da NBA coisa de louco. Os caras ainda precisam arrumar tempo pra treinar, acho que o excesso de lesões sérias na NBA passa por esse calendário massacrante de partidas.

    • Vinícius Maia

      Vou copiar um comentário que fiz abaixo sobre a questão do calendário

      Mudar o calendário da NBA não é tão simples quanto pensamos. Existe um contrato entre a NBA e os canais de TV que transmitem os jogos. Cortar jogos do calendário implicaria na revisão desses contratos e, consequentemente, na revisão do valor financeiro que é repassado da liga para as franquias. Nesse caso, os salários dos atletas também seria afetado, afinal o caixa das franquias seria reduzido. Enfim, eu também defendia essa redução na quantidade de jogos, mas alguém aqui no jumper me explicou tudo que está envolvido nisso e eu entendi que é uma questão muito complicada. As vezes a gente fala disso pensando que o torcedor seria o mais prejudicado, mas na verdade o menor “prejuízo” seria o do torcedor com menos jogos para acompanhar.

      • Abel

        Perfeito. A saída, a meu ver, seria os técnicos e jogadores se inspirarem no Tio Pop e sua trupe, se poupando na medida do possível durante a temporada regular, mesmo que tenham que angariar menor quantidade de vitórias e números individuais menos expressivos. Promover maior rotatitvidade entre os jogadores e aproveitamento de todo o elenco passa a ser a solução.

        • Diego Costa

          Ele só faz isso porque tem um elenco envelhecido.

          • Brinell Arcanjo

            Nao mesmo, dificilmente um jogador passa dos 30 minutos, mesmo os mais novos. Ele faz isso porque essa é a caracteristica do Spurs/pop

          • Diego Costa

            Se os principais jogadores do time nessas últimas temporadas são velhos (exceto kawhi), como vc quer que os mais novos que são coadjuvantes joguem tanto tempo assim?

      • Sendo que a associação de jogadores poderia ter discutido essa questão no último acordo, coisa que eles não fizeram, o foco foi como seria repassado os valores do novo acordo aos atletas. Não é como se os 82 jogos fossem simplesmente impostos a eles, eles sabiam dos termos e os aceitaram. Logo não tem muito o que se possa fazer em relação ao calendário, ¯_(ツ)_/¯.

    • M.

      Não precisa diminuir o número de jogos, aumentar os meses que disputam, o calendário começa final de outubro e termina início de abril, a temporada, depois os Offs vão até um pouco mais que metade de junho. Se pelo menos o calendário fosse de início de setembro, já dava para antecipar 45 dias e os jogos seriam bem mais espaçados.
      Mas isso diminuiria as férias dos jogadores, não sei se aceitariam. Ou ter rodadas que todos os times deveriam jogar com reservas, sem o quinteto titular, mas isso acarretaria menos audiência, porque o público saberia quais jogos onde jogariam somente reservas e não iria atrair muito espectadores.

      • Isso resultaria em um menor período de férias ou de pré-temporada, os jogadores provavelmente não aceitariam.