A temporada de recordes do Golden State Warriors terminou sem que a franquia conseguisse escrever a mais importante da histórias: a conquista do bicampeonato da NBA. E, se vários jogadores do elenco negaram-se a minimizar a campanha da equipe diante da derrota nas finais, Andrew Bogut partiu em outro sentido. Em entrevista a NBA Australia, o pivô disse que a perda do título invalidou os recordes acumulados ao longo do ano.

“Eu abriria mão das 73 vitórias a qualquer dia para ter sido campeão. Preferiria ter feito uma campanha de 50% de aproveitamento e ganhar mais um anel no fim do que ficar com o recorde e não conquistar nada. Quer dizer, quem se importa com nosso recorde agora? Algumas pessoas até podem, mas eu, definitivamente, não”, desabafou o titular, que ficou de fora das duas últimas partidas da decisão por conta de uma lesão no joelho.

Apesar da frustração, Bogut ressaltou que a derrota do Warriors foi engrandecida por ter acontecido contra um Cleveland Cavaliers também merecedor do título. “Você tem que parabenizá-los pela forma como jogaram nos três jogos finais. É óbvio que LeBron [James] teve números absurdos, mas Kyrie [Irving] foi quem mudou a série a partir da quinta partida e Tristan [Thompson] foi sensacional, embora não receba o devido crédito”, elogiou.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Killer Crossover

    Só li verdades. Prefiro ser campeão uma vez (ou mais uma vez no caso dele) do que quebrar esse recorde duas vezes e não ganhar “nada”.

  • JLino

    Fatos, fatos e mais fatos…

  • Agaam

    Ta ai um jogador que falou a verdade . Sem + .

  • Lucas Ottoni

    Antes de pensar em recorde e em título, ele deveria pensar em ficar saudável para não deixar seu time na mão em jogos decisivos. Mas pro Bogut, ficar saudável é mais difícil do que aparecer político honesto no Brasil. Bogut deveria ir pro Pelicans. Lá ele pode se lesionar à vontade. Será apenas mais um na fila do SUS mesmo… rs.

    • Henrique

      Cara nessa lesão ele não teve culpa

    • DamonHeat

      ele deu azar no lance com o irving

  • #procura-se lebronzetes

    é a verdade, mas o que adianta falar agora, vai treinar e vê se volta melhor na próxima temporada.

  • Ericson – #WeAreThunder

    Assim como o Green (Que apesar de não morrer de amores por ele , reconheço que ele se mostrou muito macho nessas finais , tanto dentro quanto fora de quadra) , o Australiano foi bem sensato em suas palavras e pelo menos não ficou de nariz empinado que nem o Klay Thompson , que mais parece um garotinho mimado .

  • DamonHeat

    já dizia o mito pippen

  • Vince Mendes

    e mais pra muita gente o GSW iria começar uma dinastia colocavam o Curry a frente dos maiores armadores do mundo até na frente do Isiah Thomas, agora a coisa muda de figura…. continua sendo um timaço mas longe de ser o que falavam

  • Rafael Victor

    “Preferiria ter feito uma campanha de 50% de aproveitamento e ganhar mais um anel no fim do que ficar com o recorde e não conquistar nada. Quer dizer, quem se importa com nosso recorde agora? Algumas pessoas até podem, mas eu, definitivamente, não”

    Só falou a verdade!

  • Sid Payne- Dança muito

    Alguém sensato em Oakland

  • The Mr. Baller

    Excelente temporada , mais recorde de 73 vitórias acho que não significa nada se você não tem o título , só acho que se desgastaram a temporada inteira atrás disso , e morreram na praia depois

  • The Mr. Baller

    Objetivo de jogador de basquete sempre tem que ser ganhar campeonatos

  • Kyrie mais clutch que LeBron
  • Diego Alexsander

    Nobody yes door.

  • Sem duvida, melhor uma temporada comum e ganhar o anel do que ter 73 vitória e uma derrota na final. Porém não acho que esse recorde perde o valor, fica uma grande mancha sobre ele, mas ainda sim é um feito histórico que dificilmente será superado, e se for não será tão cedo.