Aos 41 anos, Manu Ginobili anuncia aposentadoria das quadras

Lenda do San Antonio Spurs, e considerado o maior jogador sul-americano da história do basquete, o argentino Manu Ginobili anunciou nesta segunda-feira a sua aposentadoria das quadras, depois de 16 temporadas vestindo a camisa do time texano.

“Hoje, com uma ampla gama de sentimentos, estou anunciando minha aposentadoria do basquete. Tenho uma gratidão imensa por todos (familiares, amigos, companheiros de equipe, treinadores, funcionários, torcedores) envolvidos em minha vida nos últimos 23 anos. Tem sido uma jornada fabulosa. Muito além dos meus sonhos mais loucos”, afirmou o ídolo argentino, de 41 anos, em sua conta oficial no Twitter.

Ginobili foi escolhido pelo Spurs na 57ª posição do Draft de 1999, mas só chegou à NBA em 2002, um ano depois de se sagrar MVP do Final Four e campeão da EuroLiga pelo Bologna, da Itália. Pela franquia de San Antonio, e sob o comando de Gregg Popovich, o argentino conquistou quatro títulos (2003, 2005, 2007 e 2014), formando ao lado de Tim Duncan e Tony Parker o trio mais vitorioso de todos os tempos da NBA, com 575 triunfos, em 14 temporadas.

Além disso, o ala-armador é dono do maior aproveitamento da história da liga (72.1%) entre jogadores que participaram de pelo menos mil partidas, com 762 vitórias e 295 derrotas. Em 1.057 jogados disputados com a camisa do Spurs, Ginobili angariou médias de 13.3 pontos, 3.8 assistências e 3.5 rebotes. Duas vezes selecionado para o All-Star Game (2005 e 2011), e eleito melhor reserva da NBA, em 2008, ele é o jogador com mais arremessos de três pontos convertidos (1.495) e roubos de bola (1.392) da história do time texano.

Ginobili também é um dos sete jogadores na história que atuaram por apenas uma franquia na NBA em mais de 15 temporadas (os outros são Kobe Bryant, Tim Duncan, John Havlicek, Reggie Miller, Dirk Nowitzki e John Stockton). Titular em apenas 33% das partidas disputadas na liga, o argentino é um exemplo de que o impacto em quadra supera as estatísticas. Inegavelmente, ele será escolhido em breve para o Hall da Fama do basquete e terá a camisa 20 aposentada pelo Spurs.

O ídolo argentino escolheu o simbólico 27 de agosto para anunciar sua aposentadoria do basquete. Há 14 anos, neste mesmo dia, a Argentina liderada por ele bateu a poderosa seleção norte-americana por 89 a 81, na semifinal olímpica em Atenas, em uma das partidas mais espetaculares da história das Olimpíadas. Ginobili foi o cestinha daquele duelo, com 29 pontos. Pela seleção portenha, ele também conquistou a medalha de prata no Mundial de 2002, em Indianápolis, e a de bronze nas Olimpíadas de 2008, em Pequim.

Somente Ginobili e o norte-americano Bill Bradley conseguiram a façanha de serem campeões olímpicos, da NBA e da EuroLiga. O argentino foi o primeiro jogador não nascido nos Estados Unidos com pelo menos um ouro olímpico e um título da NBA no currículo.

Como não poderia deixar de ser, o anúncio da aposentadoria de Ginobili repercutiu entre jogadores, ex-atletas e dirigentes da liga. O comissário da NBA, Adam Silver, fez questão de afirmar que o argentino foi um dos revolucionários do basquete.

“Campeão da NBA e All-Star. Manu Ginobili também é um dos pioneiros que ajudou na globalização da NBA. Ele é um dos maiores embaixadores do basquete, que acredita no poder do esporte para mudar vidas. Por 16 anos, nós tivemos o privilégio de assistir esta lenda competir no nível mais alto. Obrigado, Manu, pela carreira que inspirou milhões de pessoas ao redor do mundo”, disse o dirigente, em um comunicado oficial enviado à imprensa.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • Nilton Bitencourt

    Monstro. Vi muito na tv e tive a honra de vê jogar na olimpiadas. Maior sul americano de todos os tempos.

  • vsr.snake

    First ballot HoFamer com certeza

  • xmaah

    Aquele nariz que você respeita, ao menos temos +1 ano de Dirk.

  • Sheela

    🙁

  • paulo hamk

    Bird jogou por alguns outra equipe na nba ?

    • Neverminder – #ForaManoMenezes

      Que eu me lembre não, assim como Magic Johnson, Jerry West, Isiah Thomas, Bill Russell, James Worthy…

    • João Marcelo S. de Almeida

      Se o questionamento é referente à lista que foi citada na matéria, lembre-se que a lista contempla apenas jogadores que jogaram mais de 15 anos na liga e por somente uma franquia.
      Bird jogou sempre pelo Celtics, mas “apenas” por 13 anos

  • paulo hamk

    Lenda, talvez so fique atrás do dirk no ranking de melhor estrangeiro da nba (jogador que veio de outro estilo de basquete )

    • Neverminder – #ForaManoMenezes

      Bem isso mesmo, desde que consideremos o Olajuwon como americano naturalizado

      • paulo hamk

        Hakeem se não me engano veio do ensino universitário americano, só considerei jogadores que vieram de ligas de fora dos usa.

  • Luiz Henrique Lira Silva

    Putz, uma pena. Esse cara é gênio. Basquete top demais, as bandejas e infiltrações dele são demais.

  • Luiz
    • Joabe#VamoSpurs

      Aqui não sua lambisgóia 💪😎

  • Ser_Humano_Vivo

    Tem uma forma de jogar muito estilosa. O Euro Step desse cidadão é incrível.

  • ++ ThiagO (CaVs vem forte!)

    =[

  • Richard Cardoso

    Obrigado Manu ! Lenda ! Espero ele como Head coach agora.

  • Neverminder – #ForaManoMenezes

    #GraciasManu… Sem mais

  • Danilo Celtics #Banner18

    grande craque ! sem comentários pra esse cara

  • Elias Ferreira

    Não é possível :l

  • arruda91 arruda

    Lenda!!, vai ficar estranho ver o Spurs jogar agora!

  • Cavs&KingJamesaondeestiver

    INCONTESTAVELMENTE O MAIOR JOGADOR SUL AMERICANO DE TODOS OS TEMPOS!!
    MANU A LENDA!!
    CAMPEÃO OLIMPICO E MUNDIAL PELA SELEÇÃO ARGENTINA, AL STAR E 5 VEZES CAMPEÃO DA NBA…LENDA, LENDA, LENDA…OBRIGADO MANU.

    • Aquino L.A.

      *4 vezes campeão da NBA

    • Brinell Arcanjo

      Na minha opiniao so o Dirk ta na frente dele como jogador estrangeiro.

  • Victor Chittolina

    Não é questão de ser lambe saco de argentino. Eu respeito muito o que os talentos produzidos no Brasil, aqueles que fizeram história na NBA e os que colocaram o Brasil em um patamar muito mais elevado no basquete FIBA, mesmo sem se aventurar no maior basquete do mundo (a geração campeã do Pan, que, inclusive, só podiam representar a seleção por não estarem no basquete profissionalizado da NBA).

    Mas feita toda essa introdução, eu não tenho nenhum medo em afirmar: Manu é o maior jogador da história do basquete sul americano. Não estou nem comparando qualidade, mas sim grandeza, relevância. É um dos maiores jogadores da história de uma franquia que, se pode ser dividida entre “antes e depois do Duncan”, tem que ter um asterisco nessa afirmação, um asterisco que significa Manu e Parker, dois não americanos que ajudaram bagarai. E não “só” isso. Talvez mais relevante que os quatro títulos na liga, seja o impensável título olímpico que ele tem no currículo.

    Esse vai deixar saudades. O mestre do Euro Step, aquele que pode jogar só 5 minutos, mas ninguém é louco de deixar ele fora de quadra na ultima bola, exatamente porque ele nunca se escondeu e matou muito jogo com aquela canhotinha. Aquele que ensinou que a experiência pode tirar o vigor físico, mas a classe vai estar sempre ali.

    Hasta luego, Manu.

  • Victor Chittolina

    Há dias, eu aguardava uma notícia realmente relevante no mundo da NBA. Uma pena que seja a da aposentadoria desse monstro.

    Vai deixar saudades, mas por mais que não volte mais a jogar, o legado vai ficar pra sempre.

  • Burnie … Wtf??

    Feliz por ter visto esse cara jogar e triste por ter que ver parar.. grande Manu.. um QI de basquete monstruoso

  • Will

    Kevin Garnett, Tim Duncan, Kobe Bryant, Paul Pierce, Manu Ginobili, (daqui a uns anos, Dirk Nowitzki, Vince Carter, Lebron James, etc…).
    Uma pena caras como esses pararem de jogar! 🙁

    • Claudio R.

      Rapaz eu sei que um dia todos vão parar, menos o Vince Carter kkkk, já tá com 50 anos e ainda vai jogar a prox da prox temporada dito por ele kkkkk

      • Will

        Hehehehehe

  • Brinell Arcanjo

    Comecei a acompanhar basquete por causa do Tim Duncan, sempre foi meu jogador facorito, mas foi a atuaçao do Ginobili contra EUA nas olimpiadas de 2004 que me fez ter certeza que eu era um Spur de coraçao. So me resta agradecer por todos esses anos dedicado ao San Antonio. Esse merece um HOF.

  • LeBrOSMAN #YoungBull

    Teve aquele toco sensacional no Harden, na última jogada de um jogo de Playoff, mas para mim, este foi o maior jogo de brilhantismo recente desse q é o maior jogador sul-americano da história.
    Jogo 5 da NBA Finals de 2014, tentando acabar com o fantasma da NBA Finals anterior e no jogo para fechar o caixão, ele ajuda a comandar uma virada sensacional. 19 pontos, uma enterrada sensacional e título do Spurs.
    “GINÓBILI… ON THE FINISH! FLUSHES WITH THE LEFT HAND!”. Valeu Manu!
    https://www.youtube.com/watch?v=7zeHJMCiN60

    • Mathias

      Baita jogo e atuação monstruosa do Manu!

    • Ricardo Leite

      Era um Timaço!!! Manu Monstro, fez isso com “apenas” 37 anos!!!

  • LION #GoSPURS

    Eis que é colocado um ponto final em uma das trajetórias mais brilhantes da história desse esporte.

    GRACIAS, MANU!

  • MVP

    Sai o jogador, fica uma lenda.

  • RennanLAL

    É o fim de uma era no Spurs:
    https://cdn.vox-cdn.com/thumbor/7OTczl49PCjCqXAuHjJwp_xumf8=/0x0:4000×2667/1200×800/filters:focal(0x0:4000×2667)/cdn.vox-cdn.com/uploads/chorus_image/image/41559428/20140615_pjc_sd2_202.JPG.0.jpg

    Spurs só nessa offseason perdeu Kawhi, Parker, Green e agora o Manu, os símbolos do último título. E o mais estranho ainda vai ser ver o Parker com a camisa do Hornets.

    • Coach Stevens

      Só não vai ser pior (ou talvez seja, não sei) do que quando o Pop anunciar a sua retirada.

      • Guilherme

        Acho que não vai ser pior, porque por mais que o Pop seja o símbolo desse San Antonio vitorioso, ele se quisesse ficaria a resto da vida por lá, desenvolvendo novos jogadores e competindo com atletas diferentes. Claro que vai ser um marco e algo muito impactante quando ele finalmente sair, mas, como o mestre não entra em quadra, constatar que essa formação nunca mais vai jogar novamente é duro. Desde a aposentadoria do Timmy pouco a pouco a cara desse elenco foi se fragmentando, a idade chegou pros outros e a história tão vencedora que eles construíram juntos ficou no passado. Nada dura pra sempre, mas é uma pena que o tempo desse esquadrão finalmente tenha chegado ao fim.

        • Coach Stevens

          Verdade, é um bom ponto este tbm. Ademais, lendas se formam e se vão. Ficam a saudade e o legado. Mas bola pra frente – ou no caso, para cima!

      • Michel Moral

        Ah, cara, acho que o pior foi quando Timmy parou.

        Pop é ídolo demais de todo mundo, mas Duncan, por ser atleta e ter feito muita coisa acontecer lá dentro, ainda é o maior ícone desse time de San Antonio.

        A não ser que vc esteja comparando Manu e Pop isoladamente. Daí acho que Pop vai ter mais impacto mesmo.

  • SAS

    Que pena que se aposentou.. Mas tô feliz por poder ter visto esse ídolo jogando por anos.

    Obrigado pelos serviços prestados e dedicação ao spurs.
    #GoSpursGo

  • Marcos Gordinho

    De repente as notícias bobas sobre NBA estavam até boas. Para sair da abstinência dessa forma talvez fosse melhor não ter recebido tal informação. Saí da abstinência para depressão. Para Manu, Parabéns! Tirou leite de pedra por onde passou, não exigiu maior espaço e sim criou mais no que lhe foi destinado. Para mim o melhor Sul- Americano do basquete na prática. E não adianta chorar “se”.

  • Marcio

    E la se vai mais um da grande jogador da geração dos anos 2000 … Sai o jogador e agora entra a lenda;

  • Coach Stevens

    Um dos últimos – e mais emblemáticos – atos deste grande artista das quadras.

    Fará falta!

    https://uploads.disquscdn.com/images/f5f8fa7c797bdc76f675a772c8e9e184e98fffa9fec38976e6ad84bc334e5620.jpg

  • KyrieMVP- caçador de clubista

    Eu não sei o q foi mais impressionante em relação a sua carreira. Seus 4 títulos, 16 anos de spurs, ouro olímpico, sua cesta no jogo 6 contra o thunder em 2014, o trio com Parker e Duncan… da pra escrever uma bíblia aqui.

  • Pablo Leite

    Ginobili agora entra para o time das lendas. Uma das colunas mestras do Spurs multicampeão da NBA, o argentino deixa saudades.

  • Guilherme Petros

    🙁

  • Joabe#VamoSpurs

    Tinha muita esperança de uma boa campanha do time esse ano, mas um bocado dessa esperança foi embora com essa notícia 😢. E agora como vai ser olhar o primeiro jogo dos Spurs essa temporada e não ver essas lendas na qdra, vai ser cruel! Q tristeza eu tou desde de ontem.
    No mais eu só tenho agradecer de coração o prazer q eu tive d ver esse cara em qdra por vários anos, noites e noites de batalhas em que vc Manu deu sempre o seu 100%, trazendo a magia desse seu basquete maravilhoso pra seus fãs, sempre com aquela raça e disposição tipica do argentino, q agora vai fazer uma falta tremenda no meu Spurs.
    Gracias Manu S2

  • Lucas Antunes

    Com a confirmação de Manu, quem ganha um papel ainda mais importante na rotação do time é o Belinelli (único shooter de perímetro com números consistentes)..

  • Claudio R.

    Acho que é um dos poucos atletas não americanos campeão da Nba e campeão olímpico, mito… parabéns ao melhor euro step do mundo …

  • Carlos Eduardo

    Só posso deixar os agradecimentos a essa lenda.

  • Rafael Victor

    Vai fazer falta!

    Mas como dizem os gringos: THANKS FOR THE MEMORIES!!!

  • Dudu Ferrero

    Tony Parker foi embora, Ginobili se aposentando, Green e Leonard foram embora, é realmente uma reconstrução grande dos Spurs

  • Allan Lopes Soledade

    O que falar de Manu? Um dos jogadores mais espetaculares que tive o privilégio de acompanhar. Reunia habilidade,frieza e muita raça em quadra.Só resta agradecer ao mito,futuro Hall Da Fama.

  • Doug

    Não há o que dizer, além de agradecer…#graciasmanu20

  • Eduardo Muniz

    Gracias Manu!!! Monstro, lenda, gigante…podemos usar o adjetivo que quisermos e, ainda sim, não será o suficiente para enaltecer um dos maiores jogadores desse esporte!!

    Foi um privilégio acompanhar toda a sua carreira.

  • Rodrigo SMC

    Os números do argentino pela franquia:

    1.057 jogos (#3 no ranking da franquia)
    26.859 minutos (#5)

    14.043 Pontos (#5)
    3.012 Rebotes Defensivos (#4)
    3.697 Rebotes Totais (#5)
    4.001 Assistências (#4)
    1.392 Roubos (Líder)
    319 Bloqueios (#10)
    2.116 Turnovers (#5)
    2.212 Faltas (#4)

    4.584 Field Goals (#5)
    10.262 Field Goals Attempt (#5)
    3.089 2-P FG (#8)
    6.207 2-P FG Attempts (#8)
    1.495 3-P FG (Líder)
    4.055 3-P FG Attempts (Líder)
    5.678 Field Goals Missed (#5)
    3.380 Free Throws (#4)
    4.089 FT Attempts (#5)

  • O Almirante

    Queira mais 1 ano, acho que seu espirito ainda ajudaria e muito, mas decisão pessoal e temos que entender e apenas agradecer por tudo, muito obrigado Manu. Nós do Spurs e você ficaremos pra sempre conectados.

  • Romario Venâncio

    ole ole ole ole, manu, manu.

    #HOF

  • #procura-selebronzetes

    depois do Curry é meu jogador preferido da nba, a raça e a ousadia desse argentino cativou muita gente, Draftado no apagar da luzes, chegando como um completo desconhecido e ainda assim fez tudo o que fez, é para poucos.

  • Michel Moral

    E assim se extingue de vez o que sobrou do big three de San Antonio, já que Parker foi para o Hornets. Que privilégio poder ter acompanhado a trajetória do que, pra mim, foi o maior time de basquete de todos os tempos.

    Ta aí talvez o maior exemplo de que para ser grande não precisa ser titular (fazendo alusão à matéria do Tatum).

    Isso nunca fez diferença na carreira de Manu.

    O que interessa é o que o cara produz e o que ele representa para o time.

    Tanto que será HOF, terá camisa aposentada e é o maior sulamericano da história do basquete, tendo a incrível marca de derrubar um dream team, o que até então era inédito naquelas proporções.

    Fica a sensação de que Manu poderia ir um pouco mais além, isto é, jogar por mais uma ou duas temporadas. San Antonio vai sentir muita falta!

  • Brockbell

    Que privilégio de ter assistido esse cara e poder dizer que virei torcedor do Spurs vendo Manu, Duncan e Parker jogar. Até o mais fanático torcedor de qualquer outra franquia adversária irá dizer: “que trio infernal, era de se respeitar.”
    O seu corpo tem 41 anos, mas sua mente é de um garoto, dando seu melhor na hora do jogo, usando a inteligência quando o seu corpo não aguentava mais, quem n vai lembrar aquele toco do coroa de 40 anos no Harden no ultimo minuto, e o desconhecido argentino voando nas infiltradas em quadra quando mais novo.
    Nunca deixou seu ego subir junto com sua qualidade, era o folego do time
    E tudo se encaixou o jeito de Duncan, com personalidade de Manu, Parker aprendendo muito com eles e Pop gerindo essa orquestra. Agora só restou Pop o último a se aposentar, que nada mais é que a cereja desse bolo.
    Melhor jogador de basquete Sul-Americano, agora vai descansar lenda, quem te viu jogar não irá te esquecer jamais.
    Manu vc é ridículo hahahahaha

  • Luis Fernando Teles Sousa

    Manu. Eu me lembro a primeira vez que vi ele jogar. Na argentina quando minha familia viajou de ferias pra la. Nunca me esqueci ate ver esse cara surgir como um furacao nas olimpiadas. Depois nba. O meu maior idolo. Raça, tecnica,inteligencia, entrega.
    Voce sempre teve tudo isso potencializado.
    É o dia mais triste pra mim em toda minha vida esportiva hoje. Vai fazer muita falta nao te ver em quadra com a nossa camiseta.
    O hall da fama te espera. No mais, meu eterno muito obrigado, lenda.

  • Daniel Nogueira
  • Gustavo

    Quem não gosta de Manu, bom sujeito não é. Respeito eterno pelo craque. Todo atleta, de qualquer modalidade, deveria se espelhar no exemplo do argentino.
    Que grande carreira Manu! Obrigado por ter nos dado esse privilégio de te assistir jogando. Missão cumprida hermano.

  • Puxa, fico triste por um lado porque realmente achei que jogaria por mais uma última temporada, mas feliz por tudo que esse argentino ídolo fez pelo Spurs, Valeu Manu!

  • Manu, Manu, você conseguiu o que poucos conseguiram (Messi e Verón foram os outros), fazer um brasileiro fanático e que adora ver argentino perdendo, se render. Sei que é difícil admitir que um atleta do nosso país rival foi melhor que os nossos, mas não tem como não dizer que você foi o maior atleta sulamericano da história na bola laranja e o segundo maior estrangeiro a passar pela NBA.

    – Campeão e MVP de euroliga
    – Medalha de ouro olímpica (39 pontos na cabeça do Dream Team)

    – Tetra campeão da NBA
    – Duas vezes all star (aceitando um papel secundário, vindo do banco)
    – Duas vezes no terceiro time da liga.
    – Melhor sexto homem uma vez

    MITO MONSTRO

    Gracias Manu

  • Carlos Augusto Conceição

    O loco, era pra ter bombado de comentários essa aposentadoria,,,,,Manu é gênio, sem mais

  • TRUETHIAGO

    Cracaço! Brilhante carreira, não apenas nos Spurs, como também pela Seleção Argentina, além da popularização do Euro Step na NBA. Um dos jogadores mais inteligentes e criativos da sua geração, não à toa continuou sendo produtivo e eficiente, mesmo na reta final. Vai deixar muita saudade esse narigudo…