Aos 42 anos, Vince Carter deseja quebrar recorde de temporadas disputadas na NBA

Ainda não é a hora de Vince Carter parar de jogar basquete profissionalmente. O jogador de 42 anos confirmou que não tem planos de aposentar-se nos próximos meses e está determinado a seguir atuando no segundo semestre. Se realmente entrar em quadra e concretizar essa vontade, ele quebrará recorde histórico da NBA ao disputar sua 22ª temporada.

“Eu realmente acho que posso jogar mais uma temporada. Quando o telefone tocar e tiver interesse de times, vamos ver o que acontece. Certo é que, para conseguir seguir jogando nesse nível, preciso chegar mais cedo aos treinamentos e ficar até mais tarde, garantindo que cumpra o protocolo de recuperação para os jogos que criei”, contou o ídolo, ao programa “Pardon the Interruption”, da ESPN.

Eleito para oito Jogos das Estrelas na carreira, Carter possui expectativas bastante fechadas sobre as condições em que quer dar sequência a carreira. O agente livre irrestrito vai na contramão da maioria dos veteranos da liga e não planeja assinar com um candidato ao título para buscar o anel de campeão. Ele dá preferência a tempo de quadra em relação às perspectivas competitivas.

“Eu quero jogar e sei que ainda posso competir. Não quero integrar um elenco em que não possa contribuir como mentor ou exemplo dentro de quadra. É claro que gostaria de ganhar um campeão, mas não tenho o menor interesse em sentar no banco de reservas por uma temporada inteira para isso. Realmente não me interessa ser campeão só por ser campeão”, explicou o craque.

Atualmente, Carter divide o recorde de carreira mais longeva da história da NBA com Robert Parish, Kevin Willis, Kevin Garnett e Dirk Nowitzki – todos, com 21 temporadas no currículo. O atleta mais velho em atividade na liga atuou em 76 partidas do Atlanta Hawks na temporada passada, com médias de 7.4 pontos (38.9% de aproveitamento nos arremessos de três pontos) e 2.6 rebotes.