Apesar de preferência pelo Knicks, Chris Paul não descarta Clippers e Magic

A novela envolvendo a provável saída do armador Chris Paul do New Orleans Hornets promete ser uma das mais longas desta offseason. Na última semana, veio a informação da imprensa norte-americana de que o jogador teria pedido à direção do Hornets para ser negociado com o New York Knicks.

No entanto, neste domingo surgiu outra novidade sobre a negociação do armador. De acordo com o repórter Jarrod Rudolph, do site RealGM, Paul não descarta se transferir para outras duas equipes interessadas nele: Los Angeles Clippers e Orlando Magic.

Segundo o jornalista Ric Bucher, da ESPN americana, o armador sabe que o Knicks não tem as peças necessárias para fazer uma troca direta com o Hornets e, por isso, não fechou seu leque de opções quanto a uma transferência.

No Clippers, ele teria condição de fazer dupla com o ala-pivô Blake Griffin, melhor novato da última temporada. Já no Magic, a condição para que ele se transfira é a permanência do pivô Dwight Howard, outro que pode mudar de ares nesta offseason.

Confira abaixo o que o Hornets pode receber em troca de Chris Paul:

New York Knicks: Chauncey Billups, Landry Fields, Toney Douglas ou Iman Shumpert e futuras escolhas de draft.

Los Angeles Clippers: Eric Gordon, Mo Williams ou Chris Kaman, Randy Foye, Al-Farouq Aminu e futuras escolhas de draft.

Orlando Magic: Jameer Nelson, Brandon Bass ou J.J. Redick, Ryan Anderson e futuras escolhas de draft.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.