Após mais de 1.000 vitórias na carreira, Rick Adelman anuncia aposentadoria

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=X-jENuhI394]

Um dos treinadores mais influentes da NBA nas últimas duas décadas encerrou sua carreira nesta segunda-feira. Após 23 temporadas e 1.042 vitórias conquistadas na liga, o veterano Rick Adelman anunciou sua aposentadoria e, consequentemente, a saída do comando do Minnesota Timberwolves. O treinador de 67 anos decidiu deixar o esporte para passar mais tempo com a família.

“Acho que é o momento de afastar-me. Realmente gostei de minha passagem pelo Twolves e foi uma experiência agradável, mas eu e minha esposa estamos prontos para começar uma nova fase em nossas vidas. Nós estamos ansiosos por isso”, afirmou Adelman, que seguirá como um consultor especial da franquia e pode ajudar os dirigentes na decisão de contratar um sucessor.

A saúde de sua mulher, Mary Kay, seria o principal motivo para a aposentadoria do veterano. Ele não esteve presente em mais de 20 partidas do time nas últimas duas temporadas para poder cuidar da esposa, que sofre de misteriosos ataques de vertigem. Em sua entrevista de despedida, o respeitado técnico ainda brincou que os netos também vão deixá-lo ocupado a partir de agora.

Contratado em 2011, Adelman chegou ao Timberwolves com a missão de conduzir a equipe novamente aos playoffs. Ele não conseguiu alcançar o objetivo em três temporadas no cargo, mas acredita que o time não está longe da pós-temporada. “As coisas não foram muito como gostaríamos e acho que é hora de deixar outra pessoa vir e trabalhar com esse grupo. Nós não estamos tão longe assim de chegar lá”, avaliou.

O treinador, considerado um dos estrategistas ofensivos mais criativos da história do esporte, influencia diretamente técnicos como Doc Rivers e Gregg Popovich. “Rick esteve em diversos times e sempre fez cada um deles melhor. Ele teve grandes trabalhos em todos os lugares por onde passou e sempre foi subestimado. Eu admito que ‘roubei’ algumas coisas dele”, elogiou Popovich, ao saber da aposentadoria do colega de profissão.

Segundo o repórter Marc Stein, da ESPN, os principais candidatos a comandarem o Twolves na próxima temporada são oriundos do basquete universitário: Fred Hoiberg (Iowa State), Tom Izzo (Michigan State) e Billy Donovan (Florida). Hoiberg, que jogou e foi assistente da gerência geral da franquia, seria o grande favorito da direção.

Jogador da NBA por sete anos, Adelman iniciou a carreira à beira das quadras em 1989. Ele assumiu o comando do Portland Trail Blazers sem muita convicção e acabou levando o time a duas finais da NBA em cinco anos. Após passagem sem brilho pelo Golden State Warriors, o técnico voltou aos holofotes no Sacramento Kings e montou uma das equipes mais ofensivas da liga entre 1999 e 2007. Em seguida, ainda trabalhou no Houston Rockets e, agora, em Minnesota.

Adelman deixa a NBA como um dos oito treinadores da história a terem mais de 1.000 vitórias na carreira e deverá ser eleito para o Hall da Fama nos próximos anos.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Caseh

    Tá certo, cumpriu seu papel. Hora de largar o boné mesmo.

  • Kleber

    Comandou um dos melhores times que quem acompanha NBA há tempos viu, que foi o Sacramento Kings da década passada.

    • Cara, aquele time com Bibby, Christie, Stojakovic, Webber e Divac era um timaço, pena que foram garfados pela arbitragem nos playoffs no jogo contra o Lakers, que pagou caro sua ida às finais, perdendo para o Pistons mesmo com aquele super time.

  • Merece o respeito de todos, e diante das circunstancias familiares, tá certinho, já deu muito a NBA, agora é cuidar da esposa. Eu imagino que os torcedores dos Wolves estejam animados com uma troca de comando.

  • Tom

    Tava na hora já. Comando dele no Wolves não deu liga.

  • Zorg

    Tom Izzo ou Donovan são dois nomes que podem contribuir muito para os Twolfs ….

  • Eric Andrade

    Grande noticia para o Wolves rs