Após nova reunião, Adam Silver descarta estipular prazo para retorno da NBA

A NBA até pode estar otimista sobre a retomada da atual temporada, mas ainda soa longe de soluções e respostas para viabilizar esse retorno. O comissário Adam Silver e os donos das 30 franquias da liga tiveram uma nova reunião virtual nessa sexta-feira, que (novamente) acabou com mais interrogação do que certeza. O executivo voltou a descartar estipular prazos para que os jogos voltem a ser realizados.  

“Há muita incerteza, hoje, para sabermos como vamos seguir em frente. Sei que o ponto essencial da discussão é garantir o bem-estar de atletas e fãs. Baseado nas informações que recebemos de diversos especialistas em saúde pública, não estamos em condição de tomar decisões sobre a retomada da temporada. E, na verdade, é incerto quando vamos estar nessa posição”, admitiu o dirigente, em entrevista coletiva depois do encontro. 

Existe uma enorme corrente entre empresários, jogadores, técnicos e donos de equipes que deseja o retorno das partidas o mais rápido possível. Todos têm consciência, porém, que a segurança geral é o princípio para que se pense em jogos sendo disputados. Silver acredita que, antes de tudo, é preciso ter calma e paciência para lidar com uma situação sem precedentes na história da NBA. 

“Eu sei que essa suspensão é frustrante, para mim e todos os envolvidos. Nós temos um grupo extraordinariamente bem sucedido de donos de equipes que estão frustrados por não terem controle sobre a situação. Há muita angústia e medo entre nós. Mas as coisas mudam muito rápido também e torcemos para estar em uma posição bem diferente em algumas semanas”, projetou o comissário, com um tom esperançoso. 

Uma das soluções populares para retomar a temporada seria centralizar a disputa dos playoffs em uma cidade neutra. Silver assegura, no entanto, ainda não discutir cenários específicos de volta. “Estamos analisando todas as possibilidades. Já recebemos muitas propostas, mas não estamos seriamente debatendo nada de ambiente ou local – afinal, nem sabemos o que seria necessário termos em um lugar para voltarmos”, finalizou o executivo-mor da liga. 

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.