Após playoffs, Lillard garante ter relação “competitiva e respeitosa” com Westbrook

Damian Lillard e Russell Westbrook foram dois dos protagonistas da primeira rodada dos playoffs de 2019, com uma disputa acirrada na série entre Portland Trail Blazers e Oklahoma City Thunder. Entre ótimas atuações, os dois astros tiveram algumas discussões e até trocaram provocações em quadra. Foi um duelo divertido, mas que pode passar impressão errada sobre a relação entre ambos.

“Nós somos rivais porque somos jogadores competitivos, mas temos muito respeito um pelo outro. Na verdade, eu fiquei decepcionado que as pessoas tenham tentado criar um clima de animosidade entre eu e Russell, porque nós nos damos bem. Não temos nenhum problema um com o outro, só somos bem competitivos em quadra”, garantiu Lillard, em entrevista ao canal “House of Highlights”, do youtube.

Westbrook sempre foi conhecido pelo estilo “falastrão” durante os jogos e, por isso, não surpreende que a maior parte das provocações da série tenham vindo de sua parte. O ídolo do Blazers admite que, embora ambos sejam competitivos e deixem de lado a postura mais “afável” quando entram em quadra, tem uma postura em quadra bastante diferente do adversário, agora no Houston Rockets.

“Nós não somos amigáveis nas partidas, mas, definitivamente, Russell possui um estilo mais aberto e gosta de falar. Eu já sou mais quieto. Acho que, se você não conseguir ler os meus sentimentos, nunca vai saber o que está por aí. Não tento entrar na cabeça de ninguém. É por essa razão que você não vê muitas reações quando fazem trash talk comigo”, contou o armador de 29 anos.

Lillard saiu-se melhor na disputa: o Blazers ganhou a série e ele converteu a cesta da vitória da série, no estouro do cronômetro do jogo 6, saindo de quadra dando um “tchau” para os oponentes. Uma resposta que, acredita, faz mais seu estilo. “Você pode dizer o que quiser para mim, mas não sou o cara que ficará batendo boca com ninguém. Eu simplesmente não sou assim”, concluiu o astro.