Aron Baynes: “Celtics não conseguiu encontrar uma forma de jogar como time”

Já faz quase um mês que o Boston Celtics foi eliminado da pós-temporada, mas o “declínio” do favorito da conferência Leste no ano passado ainda é um assunto que causa curiosidade. E, agora, o pivô Aron Baynes ofereceu a sua versão sobre o tumultuado ano da franquia. Para o atleta australiano, o time de Massachussets ignorou a campanha regular como etapa para construir uma identidade.

“Eu não acho que desenvolvemos os hábitos certos ao longo da temporada. Todos estavam pensando nos playoffs, mas não dá para simplesmente ‘virar a chave’ e começar a jogar do modo correto em abril. Nós até iniciamos os playoffs em alta, mas falta aquele foco e mentalidade. Não conseguimos encontrar uma forma de jogar como time”, afirmou o reserva, em entrevista ao podcast “Celtics Beat”.

Para muitos torcedores, o problema do Celtics passou por uma falta de controle de Brad Stevens sobre o vestiário. De ídolo e xodó, o jovem treinador passou a ser alvo de críticas e até ter a demissão pedida por parte da torcida. Baynes defende o técnico e acredita que, na verdade, o fracasso da equipe está muito mais ligado à postura dos jogadores do que ao trabalho do comandante.    

“Definitivamente, eu acho que o sistema de Brad é ótimo e sou um grande apoiador do que prega. Já vi o quão bom treinador ele é, como maximiza as habilidades dos atletas sob seu comando. O problema é que, em alguns momentos, sinto que não compramos suas ideias – e isso realmente nos prejudicou, pois, quando estivemos no sistema, somos muitos bons nos dois lados da quadra”, explicou.

Baynes vai colocar tudo o que viveu no Celtics, agora, na balança: ele será agente livre irrestrito na offseason e tem o poder de decisão sobre onde quer jogar. Mas, aparentemente, o drama que envolveu a temporada da franquia não vai impactar sua resolução. Pelo contrário: o pivô dá a entender que permanecer no time em que disputou as últimas duas campanhas é a absoluta primeira opção.

“Eu amo Boston. Essa cidade tem sido ótima comigo e minha família está bastante confortável aqui. Nós ainda temos que conversas sobre a renovação e quero ver o que pensam para mim também, mas, se tudo estiver alinhado, adoraria continuar nessa minha nova casa. O meu coração ainda está aqui e quero fazer parte do legado do Celtics”, garantiu o jogador de 32 anos.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • GutoThunder

    Vem ser feliz no Lakão da massa

    • RodrigoBrBa

      Lakao? Acho q vc quis dizer thundao

    • Marcio

      Vai pro Thundão da massa, ser feliz com PG e Westbrook

  • Tudo que vem sido falado somado ao que foi mostrado em quadra deveria ser o suficiente para questionar se Stevens pode treinar time com estrelas. Parece que simplesmente não o respeitaram o suficiente para seguir suas ideias.

  • Guilherme Petros

    A melhor explicação pro Celtics desta temporada foi dada há uns 30 anos pelo Public Enemy: don’t believe the hype

  • Diego Costa

    O mínimo já tá bom demais pra ele.

  • Gustavo

    Agr qnd eu vejo algo relacionado ao Baynes só consigo me lembrar desse perfil no twitter kkkkkkkkk
    https://twitter.com/BaynesFanClub/status/1127758278350577665

  • Guilherme

    “Todos estavam pensando nos playoffs, mas não dá para simplesmente ‘virar a chave’ e começar a jogar do modo correto em abril. Nós até iniciamos os playoffs em alta, mas falta aquele foco e mentalidade. Não conseguimos encontrar uma forma de jogar como time.” Excelente resumo da temporada de Boston.

  • Ronald Vagner

    O problema do Celtics voltar a jogar como time, está em o Irving ficar ou sair, esse time com ele não deu certo. O que pode acontecer é o Celtics querer renovar com o Irving, para depois troca-lo com contrato longo (que nem o Clippers fez com o Griffen). Pro Irving aceitar renovar com o Celtics faz todo sentido, ganhará 200 e cacetada de milhões de dólares por 5 anos, e continuará sendo o FP que tanto quis ser. Mais o Ainge não é bobo, poderá querer renovar com ele e trocar logo no ano seguinte ou até durante o 1° ano na época de trade, com isso não perderia de graça salvando a trade com o Cavs, e poderia conseguir um belo pacote trocando ele com 4, 4 anos e meio até de contrato.

  • Cavs&KingJamesaondeestiver

    Boston na penultima ofss foi o time que supostamente melhor se movimentou, adquiriu dois all star novos, um via contrato e outro via trade, se livrou de jogador bichado valorizado e draftou um jogador que já no seu primeiro ano despontou como futuro all star…a temporada se iniciou e perdeu seu dois al stars por lesões, mas viu seus jovens se desenvolverem como jamais poderiam imaginar chegando a final de conferencia com propriedade, ou seja, esta temporada com a volta dois dois al stars e os jovens voando baixo era titulo de conferencia certo e com boas possibilidades contra o GSW, time pronto e jovem com 3 al stars com possibilidade de mais dois se tornarem em um futuro próximo (Tatun, Brow) e fazer uma dinastia substituindo o GSW, só que não!! Sem as lesões deu tudo errado, os jovens não renderam a metade do que renderam na temporada passada, Gordon não rendeu nada e virou um roler e Irving jogou uma granada na harmonia do elenco e seu jogo individual não combinou com o jogo coletivo e defensivo que Boston tinha…Nesta OFSS, vejo Boston como a franquia em situação mais delicada, pois de favorito hj na minha opinião esta entre a 4 e 5 melhor equipe do Leste se equiparando a Indiana e dependendo das movimentações que faça pode vir a ficar até mesmo abaixo ou no mesmo nivel que Nets e wizzards…Se perderem Irving de graça complica muito e se forem atrás de AD melhoram para próxima temporada mas correm sério risco de perderem tudo na temporada seguinte e ter que voltar ao tank…muito complicado a situação de ainge e ainda bem que Boston tem Ainge e não um GM inexperiente como Cavs que em uma jogada errada foi de campeão para lanterna em apenas uma temporada.

  • Guy de Lombard

    Não compraram as idéias do técnico = estão se achando. O problema do time esse ano foi ego, um monte de moleque que pensa ser estrela de primeira grandeza e culpa os outros pela própria falta de brilho e pelos resultados ruins.

  • Sander Santos Baptista

    Respeito o Baynes por sua identificação com os Celtics. Mas não renovaria, ele iria acabar tirando minutos do R.Will (aposto muito no crescimento dele). Como nesse draft o Boston terá 3 escolhas de primeira rodada e terá bons jogadores na 4 e na 5, iria com a garotada, pois eles são realmente bons e o Baynes não irá passar disso.

    No Draft iria de Bol Bol, Kevin Porter Jr e Bitadze. O Garrafão com Bol Bol, Bitadze, R.Will sendo orientados pelo Horford pode dar liga.

    • Celso Cachali Jr

      Não preciso falar mais nada… Falou tudo