Atletas da NBA solicitam mudança de número de camisa para homenagear Kobe

A NBA ainda tenta assimilar a trágica morte do craque Kobe Bryant, vítima de um acidente aéreo no domingo passado. E uma das reações de dezenas dos jogadores inspirados pelo astro do Los Angeles Lakers tem sido deixar de vestir as camisas #8 e #24. Segundo Shams Charania, do site The Athletic, a liga recebeu inúmeras solicitações de mudança de número de uniforme de atletas nos últimos dias.

O ato seria uma homenagem póstuma para a lenda da NBA pela comunidade dos jogadores. Charania apurou que a intenção é que os números que Bryant utilizou ao longo da carreira sejam aposentados informalmente. Os três primeiros atletas que já tiveram a alteração dos uniformes confirmadas foram Spencer Dinwiddie (#8 para #26), Terrence Ross (#8 para #31) e Moe Harkless (#8 para #11).

“Kobe foi tudo para a minha geração e em minha infância. Suas lições de trabalho duro podem soar clichê, o ‘mamba mentality’, mas são parte do que sou hoje. A obsessão por desafiar os meus limites e nunca desistir tornaram-se parte de mim. Ele foi absolutamente tudo nos sonhos de muitas crianças – e eu fui uma delas”, lembrou Dinwiddie, exaltando o papel do ex-ala-armador em sua vida.

Sabe-se que o pivô Jahlil Okafor e o ala Zhaire Smith são alguns de tantos outros atletas que já deram entrada no processo de alteração do número de camisa. Cada caso será analisado individualmente pela liga, mas não se espera que nenhum seja “barrado” como forma de homenagem. E até o astro Kemba Walker admitiu que está avaliando a possibilidade de deixar de usar o uniforme #8.

“Eu estou considerando a mudança também, mas ainda não tenho certeza sobre isso. Guardo um enorme respeito por Kobe, definitivamente. Cada um vive seu período de luto, porém, de formas diferentes. Ele jogou duro todas as noites e representou o esporte como poucos, e gostaria de homenageá-lo. Eu estou pensando. Veremos o que decido”, especulou o armador do Boston Celtics.