Atual MVP da liga, Westbrook não faz apostas sobre premiado em 2018

Parece evidente que Russell Westbrook vai passar o prêmio de MVP da liga para outro jogador nos próximos meses. E a tendência é que o novo premiado seja um conhecido do armador do Oklahoma City Thunder: seu ex-companheiro de time, James Harden. O atual detentor do prêmio reconhece que o colega é o favorito a levar o troféu pela primeira vez, mas não faz apostas sobre o “sucessor”.

“Há vários jogadores fazendo temporadas grandiosas na liga. Para ser honesto, eu não sei em quem apostar porque acho que os vencedores têm sido escolhidos de forma diferente a cada ano. Então, tudo depende do critério que será levado em conta pelos votantes. Mas acredito ser óbvio que Harden está liderando a corrida neste momento”, avaliou Westbrook, em entrevista ao jornal Oklahoman.

O astro do Houston Rockets, que foi segundo colocado na votação de MVP do ano passado, possui médias de 30.6 pontos, 5.8 rebotes, 8.7 assistências e 1.8 roubos de bola na temporada. O armador lidera a equipe texana ao melhor recorde da liga, com folgas, neste ano. Seu principal concorrente ao prêmio parece ser o ídolo LeBron James, que já venceu a honraria em quatro oportunidades.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Kevin Faria

    O MVP já tem dono. Acho que a discussão do ROY é a mais acirrada no momento. Até fevereiro eu achava o Mitchell o melhor calouro, porém o final de temporada do Simmons tá sendo espetacular. Então, parafraseando nossa digníssima presidente, eu diria que não acho que quem ganhar ou quem perder, nem quem ganhar nem perder, vai ganhar ou perder. Vai todo mundo perder.

    • Victor Chittolina

      Cara, eu já acho que o Simmons não deixou de ser o ROY em nenhum momento. O Mitchell fez partidas espetaculares, se mostrou um pontuador que pode ser monstruoso, mas o jogo completo do Simmons, unido à narrativa de fazer com que o Sixers deixasse de ser um time de loteria pra ser um de mando de quadra nos offs, fazem a temporada dele melhor.
      Acho, inclusive, que poderiam incluir o Simmons na conversa pelo MVP, pra ficar ali entre os 10. Não vai ganhar, mas em um TOP 10 não é nada absurdo.

      • Vitor Martins

        Simmons é espetacular e merece o prêmio, conversa pra MVP é demais, na minha opinião. Mas o Mitchell não é “só” um pontuador monstuoso, ou a “narrativa” dele é mais fraca do que a do armador do Sixers. Pelo contrário inclusive, acho que em termos de narrativa o Mitchell é mais interessante, acontece que ele joga no Jazz e pouca gente presta atenção. Ele foi draftado pra sair do banco (Hood era o titular), ele galgou espaço aos poucos. Cheguei até comentar aqui no início de temporada que ele podia ganhar a vaga de titular e fui questionado que era muito cedo. Não deu outra, ele além de virar titular virou o FP da franquia, num Oeste tenebroso, com todo mundo sangrando pra conquistar vitórias e o Jazz, liderado por ele, tá conseguindo até mando de quadro. Isso é MUITO insano! Só lembrando que esse mesmo Jazz perdeu seu principal jogador, sua estrela, que saiu de lá pq queria mais destaque. Hayward foi atrás de Holofotes, Mitchell (na sua primeira temporada) trouxe os holofotes pro Jazz. Isso, pra mim, em termos de narrativa, é uma das melhores da temporada.

        Simmons é espetacular e vai ganhar o prêmio com inteira justiça, mas é um calouro de segundo ano, Sixers era ruim é verdade, mas as peças são todas novas. De uma temporada pra outra eles adicionaram TRÊS escolhas top 1 roster (Embiid só tinha jogado 30 jogos na carreira), e um ala-armador de elite. Se eles não tivessem melhorado seria uma das grandes decepções da liga.

        • Victor Chittolina

          Mitchell, de maneira surpreendente, assumiu o espaço deixado vago pelo Hayward. Se imaginava um Jazz cambaleante depois que o principal jogador saiu, mas o garoto deu mais que conta do recado. Com certeza é uma história muito boa também.

          O problema é que se fala no tal do “processo” na Filadélfia há tanto tempo que a ansiedade pra ver o time voltar a vencer foi acumulando nesse tempo todo. Era pra ser ano passado, com Simmons e Embiid. Acabou não sendo, já que não tiveram Simmons e tiveram meio Embiid.

          Só que a questão de ser um calouro de segundo ano, eu não acho que seja uma grande diferença. Simmons teve um ano passado em que, basicamente, treinou. Mitchell jogou, ainda que não em nível competitivo de NBA, mas jogou. E eles têm a mesma idade. Mitchell é dois meses mais novos, na verdade.

          E na conversa pro MVP, alguém do Sixers deve estar entre os 10. Pode ser o Embiid, mas o fato é que o camaronês ficou 17 jogos de fora, enquanto o australiano não jogou apenas um jogo. É o segundo rookie com mais triplos-duplos da história, e o terceiro de todos, nessa temporada, atrás apenas de Westbrook e LeBron. Tirando os ótimos números defensivos que ele apresentou.
          Como eu disse, acho que alguém do Sixers tem que figurar entre os 10. Pode ser o Embiid, mas também pode ser o Simmons.

          • Vitor Martins

            Hoje, Simmons não está entre os 10. Talvez o Embiid. Concordo com o que vc falou, mas estar um ano “só” treinando faz uma puta diferença sim. Mitchell jogou contra um monte de pirralho que nem profissional vai ser, por mais que o nível da NCAA seja alto é quase um outro esporte. Simmons, que já chegou na liga comparado ao LeBron James, pode além de treinar, ver vídeos, jogos, se preparar muito bem. Sixers fez isso com o Embiid também, e acredito que até o Fultz. Claro que o melhor jeito de aprender é na quadra, mas já que não tinham a situação ideal, se aclimatar antes fez diferença para o Simmons. Não acho que ele teria uma temporada muito pior se jogasse direto, mas já que estava no estaleiro ele pode observar outros jogadores, ele sabe que time de marcação vai encontrar em um determinado time, como jogam os outros armadores adversários, como marcar eles.

        • O Almirante

          Pra mim Simmons claro ROY, mas MVP vamo exagerar não né hehehe E concordo com o comentário sobre O Mitchell, temporada sensacional e inesperada(pelo menos pra mim), merece todo o crédito… Mas o que o australiano joga como um todo é absurdo.

          • Victor Chittolina

            Man, lógico que ele não é o MVP. Não vai ficar entre os 3 e nem entre os 5. Mas não era absurdo, por exemplo, colocá-lo entre os 10 aqui no ranking do Jumper. O Embiid tem figurado entre os 10, mesmo jogando 16 jogos a menos que o Simmons.
            O armador lidera o time em assistências, roubos de bola, win shares, eficiência defensiva… Com um Sixers que vinha de uma campanha de 30 vitórias e passou a ser um time de 50, ficando, provavelmente à frente do Cavs, o time merece um jogador no top 10. E eu acho que pode ser o Simmons, como também pode ser o Embiid.

      • Mas o cenário do Mitchell é muito semelhante, esperava-se que o Jazz entrasse em uma mini-reconstrução após perder seu melhor jogador na free agency, questionava-se se essa franquia iria aos playoffs, sendo que as previsões mais otimistas a colocava brigando pela oitava posição, hoje a franquia ocupa o 4° lugar e briga para manter o mando no selvagem oeste onde a disputa é mais intensa do que no leste, e muito disso é responsabilidade do Mitchell. Em suma, mesmo sendo um rookie ele assumiu a função do Hayward e se tornou o líder ofensivo da equipe, e até mesmo um dos líderes e referência do time ao lado do Gobbert. Simmons faz uma temporada fantástica, mas se alguém do Sixers deveria ser colocado em conversas de MVP esse seria o Embiid, sendo esse o principal jogador da franquia e maior arma, pois o garrafão da maioria das equipes não tem resposta para o Embiid, especialmente no leste.

    • Gustavo – DefendTheLand

      Eu daria um CO-ROY para o Mitchell e o Simmons, n da pra deixar de lado a temporada do Mitchell, o cara transformou o Jazz.

    • O final de temporada do Simmons está espetacular, mas ao mesmo tempo Mitchell alcançou médias gerais de 20 pontos (último rookie a fazer isso foi o Lillard) e o Jazz ocupa o 4° lugar no oeste o que era impensável no início da temporada, e uma grande parcela de responsabilidade pela posição do Jazz é do Mitchell, loga sua fala é acertada sendo difícil dizer quem merecer o ROY, para mim a liga deveria repetir 1994. e fazer do Mitchell e Simmons co-rookie, assim como fizeram com Jason Kidd e Grant Hill.

  • Rafael Victor

    “Então, tudo depende do critério que será levado em conta pelos votantes.”

    Eis a questão: Qual critério será adotado esse ano?

    Isso é que vai definir o vencedor do prêmio!

  • O Almirante

    Po,é lógico que vai pro Harden… se toda aposta fosse essa na vida.

  • Fiasco City Tank

    ele foi malandro também, evitou cravar que será o Harden até porque o concorrente do Barba é o Lebron, e ambos são muito amigos dele.

  • Guilherme Petros

    Os prêmios concorridos da temporada são COY e DPOY. Os outros ja tem dono.

    • Brinell Arcanjo

      Ta na hora do Brad Stevens ganhar, não só por essa temporada mas pelos últimos anos. DPOY daria para Gobert, incrível salto de qualidade do Jazz depois que ele voltou de lesão.

    • felipe fernando Oliveira

      Ainda acha que PG esta na disputa pelo DPOY mesmo tendo caido de produção pós ASG.

      • Guilherme Petros

        DPOY tem muitos nomes na luta. Acho que isso que pesa contra o PG, a concorrencia ta braba. Igual COY.

  • Gustavo – DefendTheLand

    Espero que o LeBron leve, vai ser difícil, mas como o West falou depende do critério que os votantes vão levar em conta. N vou ficar puto se o LeBron perder pq o Harden ta jogando muito msm, individualmente a temporada dos James se equivalem, acho que o fator crucial pro MVP do Harden vai ser a campanha do Rockets, eles atropelaram todo mundo essa temporada.

  • Fato interessante, com George e Carmelo ao lado do Russ o Thunder ocupa a 7° posição, ano passado com Payne e Oladipo e equipe terminou em 6°. Logo, Payne, Oladipo >>>>>> abismo >>>>> George e Carmelo.

    • Abel

      Calma, brou. Thunder tem chances reais de terminar em quarto ou quinto..Mas se o seu verdadeiro FP (rs) não tivesse se machucado, o virtual DPOY da temporada, estaria com certeza em terceiro, pelo que o time estava jogando. Estava azeitadinho na defesa, depois desbanderou de vez e agora tem que se contentar com Corey Brewer.

      • Ajeitado na defesa e tendo apagões no ataque, foram raras as ocasiões que Carmelo, Russ e PG estavam produzindo bem no ataque no mesmo jogo. Mesmo com Roberson o time oscilou durante toda a temporada nunca conseguiu ser regular. Pelo trio que tem já deveria estar em 3° lugar, tendo uma certa tranquilidade nessa reta final de temporada, ao invés disso luta de igual para igual com equipes que no papel tem menos talento que o Thunder. Não sou hater, eu gosto do Thunder, Russ e George são alguns dos meus jogadores favoritos e torcia pelo sucesso deles, mas essa temporada do OKC é bem decepcionante.

        • Abel

          Concordo com você. Este time, mesmo sem Robertson, com estrelas de tal grandeza, deveria estar em 3o. lugar com certa margem. Mas o que eu disse é que imediatamente antes da lesão eles conseguiram acertar a forma de jogar e vinham embalados por 21V 8D, vencendo as últimas sete partidas. Ou seja, conseguiram manter uma regularidade durante quase 30 partidas, não apenas vencendo mas (o mais imiportante) convencendo. O que era inimaginável para todo mundo é que a ausência da peça aparentemente menos importante no elenco titular fizesse tanta falta. De lá pra cá não conseguiram se encontrar novamente, perderam a mentalidade coletiva que estavam se formando e voltaram à montanha russa de boas e más atuações. Da forma como vem jogando não vai a lugar nenhum nos offs.

  • Gabriel Pereira Barbosa

    O MVP falso da temporada passada falando do Mvp Virtual da passada
    Que vai enfim ganhar esse ano

    • CMM17

      Falso???? 42 triplos duplos pra vcs é fácil…

      • wilker pereira

        Sabia que quando o Big-O fez o record de 41TD nao ganhou o MVP????

        • CMM

          Sabia mas isso era década de 60 e eram menos de 30 equipes(ou seja menos desgaste)ainda;basta pensar.

          • wilker pereira

            Basta pensar??? claro que basta pensar… qual e mais dificil ?? bater record de fazer mais vezes em poucos jogos( Big O) ou em mais partidas(West) ???? Obvio que e mais facil fazer em mais jogos porque tem mais opurtunidades d Faze-lo…..
            Logo na decada de 60 era mais dificil de bater o record por causa da menor quantidade de jogos!!

          • CMM17

            Apesar de haver menos jogos;havia menos all-stars,menos desgaste físico e menos jogos físicos

            Pra min é mais difícil fazer um triplo duplo hoje mas isso vai na sua e na minha interpretação que são opostas.

          • wilker pereira

            A quantidade de all stars sempre foi a mesmal!!!

          • CMM17

            Discordo,havíamos falado que na época havia menos equipes e tinha menos all stars com exeçao do Boston que tinha mais de dois;

          • wilker pereira

            E como era feito o all star Game??

          • CMM17

            Não estou falando de All Star game,estava falando que hoje há mais estrelas na NBA(all-stars) que na época do Robertson.

  • Elinho

    COY tem q ser do tio Pop. ele levou esse time capenga pros offs no oeste.

  • felipe fernando Oliveira

    É um absurdo RWB não está entre os 5 primeiros na corrida do MVP. Cara com medias TD e com 23 TD carregando o time nas costas mais uma vez… Eu sou muito critico ao loucoBrook mas é inegavel que ele carrega o time de OKC.

  • felipe fernando Oliveira

    Minha duvida é. PG depois da queda de produção pós ASG ainda está na disputa pra ganhar o DPOY? Apesar que esse DPOY será do Andre Drummond