Avery Bradley desconversa sobre extensão com o Pistons: “Não é a hora”

O Detroit Pistons é a grande surpresa da temporada até o momento e parece ter acertado em cheio com o principal reforço trazido na offseason. Além do excelente desempenho defensivo, Avery Bradley é o segundo cestinha e ladrão de bolas do vice-líder do Leste. O ala-armador possui contrato expirante e deverá ser um dos agentes livres mais procurados do mercado no ano que vem, mas ele ainda tenta não pensar em um possível próximo vínculo.

“No momento, eu não posso responder se ficarei aqui na próxima temporada. Não é a hora para isso. Nós veremos como a temporada vai se desenrolar e, assim que o momento chegar, vou preocupar-me com isso. Mas, hoje, o meu único foco é jogar basquete. Todo o resto vem depois”, afirmou o atleta de 27 anos, antes da vitória sobre sua antiga equipe, o Boston Celtics, nesta segunda-feira.

Bradley será agente livre irrestrito em julho próximo e elegível a um contrato com salários na faixa dos US$25-30 milhões anuais. Dirigentes do Pistons já vieram a público para afirmar que a franquia pretende mantê-lo “a qualquer custo”. Nesta temporada, o integrante do time ideal de defesa da liga em 2016 tem média de 16.6 pontos e 43.3% de aproveitamento nos arremessos de longa distância.