Poucas horas depois da notícia de que jogadores e cartolas chegaram a um entendimento preliminar para fechar o novo Acordo de Negociação Coletiva (CBA), o período de especulações envolvendo trocas e dispensas de atletas foi aberto pela imprensa norte-americana.

De acordo com o repórter Mike Bresnahan, do jornal Los Angeles Times, o Los Angeles Lakers está monitorando a situação de dois jogadores veteranos que podem reforçar a equipe nesta temporada.

A intenção dos dirigentes do time angelino é adicionar mais um armador e um ala especialista em arremessos de média e longa distância. Os nomes comentados são os do armador Baron Davis, do Cleveland Cavaliers, e do ala Rashard Lewis, do Washington Wizards.

Davis, de 32 anos, tem mais dois anos de contrato com o Cavs e 28,7 milhões de dólares para receber em salários. Já Lewis, também de 32 anos, tem direto a receber 43,8 milhões de dólares em seus dois anos restantes de contrato com o Wizards.

Para obter os jogadores, o Lakers se aproveitaria de um artifício que está presente no novo CBA: a cláusula de anistia, em que cada time pode dispensar um jogador que tenha um contrato em vigor, fazendo com que seu salário deixe de contar no cálculo do teto salarial.

Como são fortes candidatos a serem dispensados por suas respectivas equipes, Davis e Lewis ficariam disponíveis para assinar com outra equipe por um valor muito mais baixo.

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • Victor

    O Baron Davis naum vai sair do cavs, pois é ele qm vai monitorar a situação do Irving (1º escolha no draft) e por isso ele vai ganhar bons minutos em quadra, naum vejo ele saindo do cavs