Ben Simmons direciona foco para arremessos em treinamentos de férias

Ben Simmons usou seus pontos fortes para fazer por merecer o prêmio de novato do ano na última temporada. Isso é admitido pelo próprio armador e fica claro em várias estatísticas. Entre muitos feitos, o atleta do Philadelphia 76ers finalizou a campanha com a oitava maior média de assistências da história entre os calouros (8.2) e como quarto atleta com mais pontos anotados dentro do garrafão na liga.

“Eu não tentei fazer nada que não estivesse confortável em realizar na temporada passada. Estava tentando fazer o que sabia fazer realmente muito bem: passar a bola, envolver os meus companheiros, infiltrar nos garrafões e simplesmente ser criativo”, reconheceu o jogador de 22 anos, que ajudou a conduzir a franquia da Pensilvânia até as semifinais da conferência Leste neste ano.

Mas, para quem tem a ambição de ser MVP da liga, limitar-se a “fazer o que sabe” parece ser muito pouco. E Simmons concorda. Por isso, nas últimas semanas, ele vem realizando forte rotina de treinamentos com foco em melhorar o reconhecido fundamento mais débil de seu jogo: o arremesso. O jovem astro, porém, avisa: esperar uma evolução extrema do dia para a noite não seria realista.

“É preciso começar com calma. Se conseguir converter 80% dos lances livres, por exemplo, adicionaria uns cinco pontos por partida à minha média. Se eu só tentar arremessar mais, times vão respeitar mais meu chute e serei capaz de fazer mais jogadas, quebrar defesas, a partir disso. É a adição de pequenos detalhes ao longo do tempo, consistentemente, que tornam um jogador ótimo”, explicou Simmons.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Nicolas Dias

    Não precisa virar especialista e arremessar na casa dos 40% (claro que se conseguir isso ótimo) mas seu jogo ofensivo precisa ser mais dinâmico, além de fazer as defesas pagarem por deixá-lo livre. Ao menos em situações sem marcação ele precisa estar confortável para arremessar e converter, para quem quer ser MVP esse é o mínimo.

    • Everton

      Deve ser uma humilhação da porra para alguns jogadores que pegam a bola no perímetro e a defesa adversária não faz nem um esforço pra impedir o chute.

      • Danilo Correia

        Dá até dó de ver os cara batendo bola livre

    • Michel Moral

      Exatamente! O que não dá é o defensor dele marcá-lo dentro do semi-circulo do garrafão, quase em baixo da cesta!

  • Paulo Jr

    Se quiser ser MVP um dia ele precisa ser voluir ser arremesso. Basta ver como o impacto de seu jogo foi drasticamente diminuído no confronto contra os Celtics, que possuem uma defesa de perímetro muito forte e não conseguia pontuar como de costume. Precisa melhorar seu arcenal ofensivo ou vai sempre testado em Playoffs.

  • Marcos Gordinho

    Chamar arremesso de pequeno detalhe não é correto para mim. Aliás o jogo atual é baseado nisso. Deve evoluir no quesito, só que outros jogadores do Sixers estão a frente dele nesse fundamento e batalham por protagonismo. Melhor caprichar nos treinos.

    • Michel Moral

      Bem colocado. O arremesso para um jogador de perímetro não é um pequeno detalhe.

      Mas tirando isso, ele mandou muito bem na entrevista.

  • Gustavo

    Achei perfeita a postura, acho que esse garoto vai muito longe com essa mentalidade.

  • Mauricio

    Impressionante a mentalidade deste jovem, tem tudo para ser um dos maiores a jogar o jogo.

  • ++ ThiagO (CaVs vem forte!)

    Está caminhando para ser um grande jogador. É o LeBron todo cagado, porque os movimentos que ele faz em quadra são idênticos aos do James. Mas, esse rapaz sempre me passa a imagem de ser um tanto quanto arrogante.

    • Tulio Machado

      O cara é tratado desde sempre como um futuro craque, é natural que seja arrogante… Desde o High School sendo o numero 1 do pais, 1 do draft, ROY, se um cara com esse curriculo e a idade dele não for arrogante, é um milagre

    • Danilo Correia

      Jogador da NBA humilde de verdade, difícil ein.. Só o leandrinho hahaha

      Cabe um debate filosófico nessa idéia

  • Victor Henrique

    Ele precisa criar um arremesso… o jogo de 1 ponto contra os Celtics nos Offs mostram o longo caminho a percorrer…

  • Richard Cardoso

    A mentalidade e a sinceridade dele mostra como ele é lúcido… Sabe que nada é do dia pra noite.

  • O Almirante

    Se “aprender” a arremessar será MVP em breve

  • Dannilo Roberto

    Precisa melhorar a porcentagem de lance livre e criar arremessos de média e longa distância, ai fica top 3 PG da liga fácil

    • Lucas Henrique

      Fácil nunca será, numa liga que tem Curry, Irving, Westbrook, Lillard, CP3, Wall, Kemba, etc… Ele vai ter que evoluir muito e suar muito para conseguir chegar no top5 nessa temporada

      • Dannilo Roberto

        Quantos desses tem o impacto que o Ben tem dos 2 lados da quadra? Quantos desses podem disputar rebote com homens de garrafao? Sem contar a visão de jogo privilegiada e atleticismo. É fato que na liga existem armadores melhores, mas acho que Simmons tem capacidade ate de ser o melhor PG da NBA, so não falei Top pq existe o Curry

        • Lucas Henrique

          Tirando a parte do fácil nessa frase aqui “fica top 3 PG da liga fácil” , de resto eu concordo contigo, fácil nunca será, para ele ser mais jogador que o Curry vai ter que comer muito a bola, para ele superar CP3 vai ter que ser um monstro, porque CP3 pra mim foi o melhor armador desse século, para superar Westbrook também terá que fazer monstruosidades em quadra, porque pra mim este é o jogador fisicamente falando mais bem dotado da NBA, Irving também tem um controle de bola e habilidade surreais, então só ai para ele entrar num top3 teria que superar algum desses 4, agora Lillard, Wall, Kemba, Lowry, etc, eu concordo que ele deve superar “fácil”

          • Dannilo Roberto

            A parte do fácil pode ter ficado zoado msm, mas eu ainda acho que com o teto dele dá pata superar esses PG. Westbrook e monstro fisicamente,mas toma decisões burras e as vezes acaba monopolizando o jogo, acho que o Ben supera. Sobre os outros armadores eu ainda colocaria Wall e Lillard na frente do Irving

        • Lucas Henrique

          Quanto a parte de disputar rebotes contra homens de garrafão, acho que só Westbrook e ele tem essa capacidade, Westbrook teve médias de 2 rebotes ofensivos por jogo, Simmons teve 1.8 de média, foram disparado os 2 melhores armadores nesse sentido, o 3º melhor armador nessa estatística foi o Payton com 1.0 rebotes ofensivos por jogo, muito atrás do West e Simmons

          • Dannilo Roberto

            E no caso dos rebotes o Ben ainda pode melhorar mais ja que tem 2,06m e ganha vantagem sobre o West

        • Lucas Henrique

          E no que se refere a impacto dos dois lados da quadra, acho que só Westbrook e Wall são completos como o Simmons, no sentido de poder defender bem PG, SG e até SF menores.

          E em termos de visão de jogo, acredito que a frente dele só Curry e CP3

  • Rafael L

    Nao acompanhei mt o phila, mais nos off msm….e n vi esse rpz ao menos tentar um arremesso, até o zaza arremessa

    • Dannilo Roberto

      Ele realmente nao tenta. Sou torcedor do Sixers e quando não assisto o jogo vejo os Highlights ( o que e bem mais comodo) e nao lembro de uma tentativa para 3

  • TRUETHIAGO

    Que ele treina bastante eu não tenho dúvida, mas obviamente que uma coisa é arremessar nos treinos e outra, completamente diferente, em jogo. Qualquer um que tenha acompanhado minimamente a sua carreira pré-NBA sabia que ele não se sente confortável arremessando. Vejam bem, não é que ele simplesmente arremessa mal, mecânica falha, lenta, etc, é algo que ele quase não fazia.

    E olha que se a gente for comparar o shot chart que ele teve nessa temporada de rookie, com o de LSU, até que veremos uma diferença, embora a função dele no College fosse outra.

    Enfim, tem que continuar treinando, porém, enquanto esse arremesso não for algo palpável, e eu definitivamente não acredito em uma evolução no curto prazo, o melhor que ele tem a fazer é continuar jogando na sua zona de conforto mesmo, que já é bastante coisa.

    Ademais, não entendi que p#$$@ de matemática foi essa de que com 80% nos FT ele teria uma média de “uns 5 ppg” a mais… Hahaha, mas nem perto disso!!! Por exemplo, seu aproveitamento total foi de 191-341 FT (56%). Ou seja, mesmo que ele tivesse acertado 100%, sua média seria de 17,6 PPG.

    • Lucas Henrique

      Acho que ele quis dizer não nessa última temporada, e sim nas próximas, num futuro, se ele sair de 55% e ir para 80% de LL, e for um jogador agressivo a cesta como Westbrook, Lebron, o próprio Harden, ele pode bater entre 550 e 750 LL em uma temporada, vamos supor que ele cobre 600, com 80% de aproveitamento, iria converter 480 lances, praticamente 300 a mais do que ele teve de lances convertidos nessa temporada atual, o que daria um acréscimo de 4ppg para ele, então compreendo o que ele quis dizer, fora que ele deu uma aredondada, hehe

      • Lucas Henrique

        Outro dado interesante Thiago, Harden fez 8.7 ppg só de lance livre na temporada, Giannis fez 6.5 ppg de lance livre na temporada, Westbrook fez 5.2 ppg só de lance livre na temporada, Lillard fez 6.8 ppg de lance livre, AD fez 6.6 ppg de lance livre na temporada, Simmons fez apenas 2.3 ppg de lances livres na temporada, ele sendo mais agressivo a cesta e aumentando o aproveitamento para casa dos 80% ele pode chegar na média desses outros caras, adicionando de 4-5-6 ppg ao seu jogo tranquilamente

  • JASPION DA MASSA

    Não vai ser em uma temporada que ele vai ter um arremesso confiável, até pq ele nem TENTA arremessos de média e longa distância. Acho justo ele treinar muito e colocar na cabeça que pelo menos 2,3 arremessos por jogo ele tem que tentar.Basta ver o grego , vem evoluindo, mas lentamente….