Ben Wallace celebra indicação para classe do Hall da Fama: “Honrado”

Ben Wallace não esperava viajar até Charlotte para participar do final de semana do Jogo das Estrelas. Ele teve uma excelente razão, no entanto, para fazer parte das festividades. O ex-astro do Detroit Pistons foi surpreendido pela indicação do Naismith Memorial como um dos 13 finalistas da classe deste ano do Hall da Fama – uma notícia que, até agora, tenta processar.

“Eu ainda estou tentando entender tudo isso. Estou nervoso, empolgado, sem saber direito como reagir. Há muitos grandes jogadores que ainda estão na fila de espera, sequer tiveram a oportunidade de serem finalistas. Então, eu fico muito agradecido e honrado. Só quero aproveitar esse momento”, afirmou o ex-pivô, em entrevista após o anúncio oficial dos indicados de 2019.

Wallace é um dos quatro ex-atletas da NBA a serem finalistas pela primeira vez, ao lado dos veteranos Jack Sikma, Marques Johnson e Paul Westphal. Agora, o nome dos 13 indicados será avaliado pelo comitê de honra do Naismith Memorial, que é composto por 24 especialistas. É preciso ter aprovação de 18 desses integrantes para estar entre os eleitos, que serão anunciados em abril.

Como parte de uma classe formada por muitos veteranos e ex-atletas previamente indicados, Wallace entende que suas chances de eleição não são tão certas assim. “Eu compreendo como o processo de eleição funciona, então não estou escrevendo discursos ou nada do tipo. Vou dar um passo de uma vez. É empolgante só o fato de estar entre os finalistas”, concluiu o ídolo do Pistons.