Big Three combina para 83 pontos e Duke amassa Kentucky em estreia

Duke 118 x 84 Kentucky

Duke
R.J. Barrett: 33 pontos, quatro rebotes, seis assistências e 13-26 nos arremessos de quadra
Zion Williamson: 28 pontos, sete rebotes e 11-13 nos arremessos de quadra
Cam Reddish: 22 pontos, quatro roubos de bola e 6-14 nos arremessos de quadra

Kentucky
Keldon Johnson: 23 pontos, quatro rebotes e 8-16 nos arremessos de quadra
Reid Travis: 22 pontos e sete rebotes
Tyler Herro: 14 pontos, nove rebotes, cinco assistências e dois tocos


Michigan State 87 x 92 Kansas

Michigan State
Josh Langford: 18 pontos, quatro rebotes e quatro bolas de três pontos convertidas
Kenny Goins: 17 pontos e 11 rebotes
Cassius Winston: 13 pontos e 11 assistências
Matt McQuaid: 12 pontos e cinco rebotes

Kansas
Quentin Grimes: 21 pontos, quatro assistências e seis bolas de três pontos convertidas
Dedric Lawson: 20 pontos, 14 rebotes, seis assistências e dois tocos
Udoka Azubuike: 17 pontos, quatro tocos e 7-10 nos arremessos de quadra
Devon Dotson: 16 pontos e três roubos de bola


Towson 42 x 73 Virginia

Virginia
Ty Jerome: 20 pontos, quatro assistências e seis bolas de três pontos convertidas
De’Andre Hunter: 13 pontos e dez rebotes


Morgan State 77 x 100 Villanova

Villanova
Eric Paschall: 26 pontos e sete rebotes
Phil Booth: 17 pontos e quatro assistências
Saddiq Bey: 16 pontos e quatro rebotes
Jermaine Samuels: 12 pontos, seis rebotes e três tocos


North Carolina 78 x 67 Wofford

North Carolina
Luke Maye: 24 pontos, sete rebotes e quatro assistências
Garrison Brooks: 20 pontos e cinco rebotes
Cameron Johnson: 17 pontos, oito rebotes e cinco bolas de três pontos convertidas


Idaho State 79 x 120 Gonzaga

Gonzaga
Rui Hachimura: 33 pontos, quatro rebotes e 13-18 nos arremessos de quadra
Zach Norvell: 23 pontos e sete rebotes
Brandon Clarke: 15 pontos e nove rebotes
Corey Kispert: 14 pontos, seis rebotes, quatro assistências e quatro bolas de três pontos convertidas
Filip Petrusev: 12 pontos e cinco rebotes


Purdue Forth Wayne 71 x 96 UCLA

UCLA
Kris Wilkes: 27 pontos, dez rebotes e 11-19 nos arremessos de quadra
Moses Brown: 19 pontos, 17 rebotes e 9-10 nos arremessos de quadra
Jaylen Hands: 18 pontos e sete assistências
Chris Smith: 13 pontos e oito rebotes


Portland State 57 x 84 Oregon

Oregon
Payton Pritchard: 22 pontos
Paul White: 15 pontos
Bol Bol: 12 pontos, 12 rebotes, três tocos e 4-12 nos arremessos de quadra


Winthrop 79 x 92 Vanderbilt

Vanderbilt
Darius Garland: 24 pontos, quatro assistências, dois tocos e 9-15 nos arremessos de quadra
Simi Shittu: 18 pontos, dez rebotes e dois tocos
Matt Ryan: 16 pontos e quatro bolas de três pontos convertidas
Saben Lee: 12 pontos, seis rebotes e cinco assistências
Joe Toye: 12 pontos e seis rebotes

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • Gustavo – #LeBronGOAT

    Estamos te esperando em Cleveland, Barrett. Joga muito.

  • Renan Castro

    Esse barret é muito bom, vai ser provavelmente o melhor prospecto desde o davis em 2012. Vai chegar com status de all star, terá que acontecer algo muito bizarro pra esse muleque não ser uma estrela. Antes eu pensava que era apenas mais um garoto hypado tipo o fultz que era um monstro em highlights, assisti a algumas partidas completas dele … tem muito recurso no ataque, se tomar o mesmo todynho físico do gianis, potencial de outro mundo.

  • Raphael Consani

    Timaço esse de Duke

  • Duke apelão

  • felipe filadelfo

    Uma grande pena o Shareef O’neal estar com problemas cardíacos.
    Queria muito ver o moleque jogando.
    Espero que ano que vem ele possa voltar a jogar.

  • Isac Menezes

    pf Deus, nunca te pedi nada.. mande o Barrett pro Cavs!

  • Matheus Diniz

    E o campeão da Ncaa 2019 vai para … Duke Warriors

  • MVPayne

    Bol Bol 😂

  • Daniel

    Arremesso do zion é bem estranho, muito feio.

  • Thiago Gama

    Zion vai ter que cuidar muito do físico durante os anos. Ele me parece um tanto “pesado” e como a NBA mostra muitos que chegam na casa dos 30 cai muito em relação ao físico e o jogo do mesmo é muito prejudicado. Exemplo claro para mim disso é o Carmelo, ele sempre mostra nos treinos de pré temporada como se estivesse 100% do físico, mas já começa a temporada abaixo, ele perdeu muito da velocidade e mobilidade por conta disso ao meu ver. O que mostra a queda de rendimento nos últimos dois anos, tanto no ataque(ainda é uma arma ofensiva muito perigosa) e na defesa.

  • PatrickLakers

    Que time apelão esse Duke, pegava playoffs na conferência leste kkkkkk

  • LeBrOSMAN – O Draft é logo ali

    Assistindo o Barrett e a equipe de Duke ontem.
    https://media.giphy.com/media/CWa6m1dOxk3sY/200w.gif

    • Ramon

      Coitadinho

    • Felipe Ferreira

      Zion o’neal riu disso kkkkkkk

    • vinicius galvao

      ta fudido

    • Nilton Junior

      Eu vi em algum lugar que o Cavs trocou com o Atlanta a escolha de primeira rodada desse ano não? Naquela troca que levou Korver pra Cleveland.

      • LeBrOSMAN – O Draft é logo ali

        Sim. Só q a escolha de 1º round q o Cavs poderá enviar para Atlanta é protegida.
        Para este próximo Draft de 2019 o Cavs manterá sua escolha caso ela esteja entre as 10 primeiras do Draft. Se o Cavs conseguir isto em 2019, entre novamente nesta condição no Draft de 2020, acima da 10ª escolha a escolha irá para o Hawks. Se de novo, o Cavs ficar entre as 10 piores campanhas na temporada 2019/2020, esta escolha de 1º round vira uma escolha de 2º round o Hawks no Draft de 2021, independente da posição do Cavs no Draft, sem proteção alguma.

  • LeBrOSMAN – O Draft é logo ali

    A dimensão de como ontem foi histórico: Maior pontuação de um jogador de Duke em sua estreia na NCAA (Barrett). Maior derrota de John Calipari em Kentucky.
    Esse time ontem tinha momentos de GSW quando jogava em transição. Impressionante o senso de equipe já no primeiro jogo, principalmente do Zion e do Barrett. Eu acho q não lembro de ver uma equipe tão dominante desde Kentucky do Anthony Davis.
    Barrett parecia um jogador comprovado de NBA, jogando NCAA. Além do q a idade mostra.
    Zion mostrou todo seu atleticismo bizarro. Não acho q ele seja gordo, pq senão ele não conseguiria pular do jeito q pulou ontem, deve ser o biotipo, musculatura, do cara msmo. Tipo o Doncic, q todo mundo pensa q ele é gordo, mas não é. Além do atleticismo, mostrou visão de jogo com excelentes passes e a dedicação para ajudar a equipe nos rebotes e na defesa. Até o arremesso estava caindo ontem, mas isto precisa melhorar mais.
    O Reddish foi o mais discreto, mas ainda sim foi muito eficiente pontuando.
    Depois deste jogo as outras equipes terão material para estudar os pontos fortes desta equipe e tentar anular isto. Principalmente a transição, onde este time é letal. Por isto, quero mt ver jogos de Duke contra Syracuse, Virgínia e North Carolina.

  • felipe fernando Oliveira

    Duke panelaço. Vou torcer contra… Esse japa de Gonzaga merece destaque. Garland excelente estreia, pra mim top 3 pg dessa classe. Kris Wilkes voltou do draft e nessa temporada será referência em UCLA. VIRGÍNIA, Vila Nova e Gonzaga mostrando terem ainda bons conjuntos. Meu jogador do qual mais gosto dessa classe é Nassir Little de North Caroline. Voltamos ao basquete total… NBA e NCAA…

  • Guilherme

    Esse trio de Duke é um absurdo. Me ajudem aí, mas acho que nunca antes na história do Draft 3 jogadores da mesma universidade foram escolhidos no top 5. Muito provavelmente serão os 3 primeiros escolhidos, inclusive. A hype nesses garotos já é gigante desde agora.

    • RennanLAL

      Só me lembro de Kentucky em 2012 que foi campeão nacional e teve 2 jogadores nas 2 primeiras escolhas: Anthony Davis e Michael Kidd-Gilchrist.

      Aliás, aquele time teve 6 jogadores escolhidos no draft, 4 foram na primeira rodada.

      • TRUETHIAGO

        Em 2010 Kentucky teve 5 jogadores escolhidos no 1st round: John Wall (#1), DeMarcus Cousins (#5), Patrick Patterson (#14), Eric Bledsoe (#18) e Daniel Orton (#29).

    • TRUETHIAGO

      3 no top 5 seria inédito, sim. Já houve casos de 2# e 3#, #1 e 4#, enfim, ou no máximo alguns casos de 4 nas primeiras 15 escolhas, como Duke no Draft de 1999 e North Carolina de 2005, com aquele time campeão de Marvin Williams (#2), Raymond Felton (#5), Sean May (#13) e Rashad McCants (#14).

  • Lucas Henrique

    1° jogo da temporada e já está essa hype toda, e olhe que Barrett errou 13 arremessos de quadra e o Reddish teve 42% de FG apenas. Dos 3 o que me encheu mais os olhos foi o Zion, passou menos tempo em quadra que o Barret mas acho que foi mais efetivo dos dois lados da quadra, além de ser uma aberração física

    • Paulo

      Zion adicionando aremesso no jogo vai ficar imparavel.

    • Maicon SUDESTINO

      Errou 13 e acertou 13 ue, 50% de FG é ótimo. Não há o que reclamar nisso.

      • Lucas Henrique

        Ótimo também não, ótimo foi o 11/13 do Zion, 50% é normal, ainda mais em uma NCAA

        • Maicon SUDESTINO

          50% não é normal pra jogador de perímetro amigo. Zion é esperado ter um aproveitamento melhor, pois joga próximo ao garrafão, isso é natural.

          • Lucas Henrique

            Barret é SF, pra NBA SF é frontcourt e não backcourt

          • Maicon SUDESTINO

            O vejo como encaixar nos dois, ele é um SG/SF, tipo o Bazemore por exemplo. E creio que o Barret jogará mais como SG, pois tem o físico perfeito pra se sobressair nessa posição.

        • KlayMVP

          Normal e 42,43%, 50% de FG e acima da média

    • Baiano #BolBol

      Barrett fez muitas tentativas difíceis e o Reddish tava só no catch and shoot, e ele não exercia essa posição no High School. Foram incríveis no que tiveram de desempenhar

      • Baiano #BolBol

        Fora que Reddish jogou pra caramba na defesa ainda por cima

  • Thiago

    Duke faria uns 4×0 no Fab Five em uma melhor de 7

  • Ênio Samir

    Pra quem entende de college.
    Esse Rui Hachimura eu já ouvi alguém falando dele aqui, tem futuro? Porque pelos Highlights eu achei um jogar muito interessante do ponto de vista de físico preparado pra NBA

    • Tulio Machado

      Muito futuro, o japonês é otimo jogador, muito atlético, atributos fisicos como altura e
      envergadura otimas pra SF… é de longe o maior talento vindo da ásia a algum tempo

      • Ênio Samir

        Pra ti, é escolha de loteria? Top 20?

        • Tulio Machado

          Escolha de loteria, da 9 até a 14. Pra mim é o cara com o estilo mais parecido com o Kiwhi Leonard… Se cair se por acado ele cair na mão do Popovich, o japones vai ser um monstro

    • Rafael Barcelos

      So não entendi pq ele não foi pro draft

  • Edu Silva

    Barret to Cleveland / Zion to Hawks / Reddish to Knicks

  • Wilker Pereira

    Pois e de tanta panela na NBA , agora os garotos resolveram imitar os mais velhos e comecaram a panelar tambem na faculdade… (e para quem nao sabe , o trio de Duke combinaram jogar juntos, para entrar na NBA como campeao da NCAA)

    • Scary Terry

      Os jogadores quando vão para o college vem do ensino médio, jogando 4 anos uns contra os outros, jogando em seleção juntos, viram amigos. O trio de Duke pode ter combinado, mas isso é super comum de acontecer.

      O time de Kentucky (Kansas,North Carolina do mesmo jeito) é um time MUITO bom, com jogadores que enfretaram o big 3 de Duke a vida toda, jogando de igual pra igual, e formam um time recheado de All-Americans (talvez com o elenco mais completo do que Duke), com sophomores e juniors, bem mais experientes

      • Wilker Pereira

        Pode ter nao! E uma certeza, eles combinaram isso ! os 3 melhores prospectos e provavelmente as 3 primeiras ecoclhas do proximo drafth jogar juntos! EU tambem nao vejo nada de mal nisso , mas apenas estou realcar q a panela ja chegou ate na NCAA, daqui a pouco teremos panela no High School

        • Flavio Cristiano Saldanha

          assim, a panela, na minha opinião, sempre existiu na NCAA, antes mesmo da NBA, o problema é que nunca vi uma classe tão esperada quando a de agora para o Universitário, é uma classe que pelo menos uns 20 tem chance de serem top5 no draft, qualquer time no draft pode sair ganhando esse ano.

        • Tulio Machado

          Se não me engano, existem regras na federação que impedem o jogador de mudar de escola simplesmente pra jogar basquete… Pode mudar se houver mudança da familia ou algo assim. Vi em um video do LiveCollegeBR

        • Scary Terry

          Não é uma certeza, tanto é que Zion está sob investigação da polícia americana por suspeitas de que ele foi subornado para jogar em Duke. Portanto, ele pode ter ido pra lá por isso, e não para jogar com R.J e Reddish

    • TRUETHIAGO

      Você tem a fonte disso? Podem até ter conversado sobre a possibilidade antes, mas acho muito difícil afirmar uma combinação premeditada, vide o própria diferença cronológica da decisão de cada um deles: Reddish em setembro de 2017; depois o Barrett, em novembro e, só por último, o Zion, em janeiro desse ano. Ou seja, existem meses separando as decisões oficiais. Portanto, me parece mais factível no máximo que um pode ter sido influenciado pela escolha do outro, tentando recrutar e tal.

      Quanto a segunda parte, você sabia que os últimos 3 campeões não seguiam exatamente esse padrão de “panelas”, e tinham como base um elenco recheado de jogadores mais velhos, né?! Ou mesmo se a gente pegar os times que chegaram no Final Four, veremos poucos jogadores desses times draftados na loteria.

      Outra coisa, 2 das últimas 3 escolhas #1 nem chegaram a disputar o March Madness, não se classificaram com seus times. O próprio Ayton, ano passado, perdeu logo na primeira rodada do torneio. A classificação final não tem tanto peso assim na ordem do Draft, especialmente falando das escolhas de topo.

      A última campeã com elenco baseado na cultura do “One-and-Done” foi Duke, em 2015. E o título não fez com que o Okafor fosse escolhido na frente do Towns, ou o Winslow que saiu depois do Stanley Johnson, por exemplo.

  • Franklin Gomes Peixoto

    Barrett, Zion e Reddish……83
    Kentucky inteiro…….84

  • Jeck Dias

    Mano do céu que time em. Esse draft vem para ser um dos melhores dos últimos tempos.

    • LeBeautiful

      Todo draft vem pra ser um dos melhores dos últimos tempos…O papo é sempre o mesmo

  • Flavio Cristiano Saldanha

    Uma das classes mais esperadas rendendo o que se esperava deles, o único ponto negativo é que o Shareef O’Neal teve aquele problema no coração e não pode jogar esse ano por UCLA.

  • Flavio Cristiano Saldanha

    Hachimura, meu amigo, o Japonego joga muito, acompanhei as eliminatórias asiaticas pra copa do mundo de basquete e ele liderava a selação japonesa apesar da pouca idade!

  • TRUETHIAGO

    Um cartão de visitas bem impactante de Duke, é realmente um trio muito talentoso, porém acho bem precoce já decretar título ou que serão certamente as 3 primeiras escolhas de 2019. Ainda tem muita água para rolar na temporada, vamos com calma.

    Mas fico feliz de ver um post da NCAA “bombando” assim, a despeito das hypes exageradas. Geralmente são postagens que não passam de uns 10 ou 20 comentários – eu e uma meia dúzia de sempre, rs – com exceção da época do March Madness, e olhe lá ainda…