Blake Griffin: “Clippers não fez nada nos últimos cinco ou seis anos”

O Los Angeles Clippers vive o melhor momento competitivo de sua história nesta década. A franquia chegou aos playoffs em seis temporadas seguidas pela primeira vez e venceu três séries de pós-temporada no período, após ganhar apenas quatro em seus primeiros 40 anos de operação. Os resultados empolgam uma torcida que acostumou-se a perder, mas, para Blake Griffin, não representaram nada.

“Para mim, esse time não vive uma temporada de transição. Transição sugere uma reconstrução ou coisa do tipo e acho que estaríamos reconstruindo se tivéssemos feito alguma coisa concreta. Mas a verdade é que nós não fizemos rigorosamente nada nos últimos cinco ou seis anos”, disparou o ala-pivô, descartando as boas campanhas por conta da falta de conquistas e títulos.

Os resultados também parecem não ter agradado a direção do Clippers. O elenco passou por uma grande reformulação na offseason – a transição, a que Griffin se refere –, recebendo nove jogadores novos e recuperando-se da saída de três dos seis principais atletas da rotação do time na temporada passada – Chris Paul, Jamal Crawford e J.J. Redick.

“É um time e visão bem diferente das coisas, mas não acho que seja uma transição ou reconstrução. A meta continua sendo classificar-se aos playoffs. É claro que nós queremos ser campeões, mas todos dizem isso e o primeiro ponto para chegar ao troféu é garantir-se entre os oito melhores de sua conferência”, afirmou o astro, tentando projetar o ano passo a passo.

Griffin não pode garantir os anéis e títulos pelos quais o Clippers luta há anos, mas vê um elenco mais pronto e completo para chegar longe nos playoffs e ameaçar o campeão Golden State Warriors. “Temos vários atletas que podem contribuir em funções-chave para vencer partidas. São tantos talentos únicos, com habilidades específicas, que vai ser duro preparar-se para nos enfrentar”, concluiu.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • xmaah

    se não fez antes dificilmente irá fazer agora, não coloco fé nesse time.

  • Ale-heat

    Não dar socos em roupeiro ajuda muito…

    • Enzo Soares

      KKKKKKKKKKKKK

    • Enzo Soares

      Ficar saudável também

  • Belo discurso, mas ele contribuiu efetivamente para isso. Tomou algumas decisões terríveis, como quebrar a mão brigando com roupeiro.

  • Rogério NV

    Se Paul tivesse esses reforços, seria time pra título

  • Guilherme Petros

    Rolou uma cutucada no Paul, hien?
    Mas tem uma coisa vamos notar agora, sem o CP no Clippers: o Blake joga MUITO! Ainda é um dos melhores PF da liga.

  • Marcos Gordinho

    Um dos melhores da atualidade em sua posição, e com certeza o FP de Clippers. Essa mistura de legião estrangeira com jogadores esforçados (menos Gallo) pode surpreender.