New York Knicks 104 x 84 Charlotte Bobcats

É oficial. O Charlotte Bobcats é a pior equipe de todos os tempos da NBA. O time perdeu nesta noite para o New York Knicks, mesmo jogando em casa e terminou a temporada regular com apenas sete vitórias em 66 jogos (aproveitamento de 10.6%). Foi o 23° jogo consecutivo com derrotas.

O primeiro tempo ainda foi equilibrado, mas o Knicks vencia parcialmente por 46 a 44. No terceiro quarto, porém, Amare Stoudemire resolveu jogar e o Bobcats simplesmente não tinha respostas para as suas investidas. Steve Novak acertou duas bolas de três e começou a deixar o Knicks em vantagem confortável. J.R. Smith, vindo do banco, pontuava com facilidade.

O Knicks enfrentará o Miami Heat nos playoffs, depois de terminar a temporada na sétima posição do Leste, com 36 vitórias e 30 derrotas. O Bobcats foi o 15° da conferência.

Destaques

New York

J.R. Smith: 22 pontos, seis assistências
Amare Stoudemire: 21 pontos
Josh Harrellson: 18 pontos, nove rebotes
Iman Shumpert: 12 pontos
Jerome Jordan: 13 pontos, quatro rebotes
Mike Bibby: quatro pontos, 13 assistências

Charlotte

Gerald Henderson: 21 pontos, sete rebotes, quatro assistências
D.J. Augustin: 12 pontos, sete assistências
D.J. White: 11 pontos, sete rebotes
Kemba Walker: 13 pontos, quatro assistências

L.A. Lakers 96 x 113 Sacramento Kings

O Sacramento Kings despediu-se da temporada com vitória sobre o Los Angeles Lakers, podendo ter se despedido também da cidade. O time pode se transferir para outro lugar, por conta de um imbróglio envolvendo a franquia e a prefeitura da cidade californiana.

O Kings venceu o seu vigésimo segundo jogo em 66 oportunidades em 2011-12 com uma grande exibição do pivô DeMarcus Cousins, que no primeiro quarto, já tinha nove pontos e nove rebotes. Ele terminou com 23 pontos e 19 rebotes. Tyreke Evans fez 21 pontos, enquanto o ala-pivô Jason Thompson finalizou com 17 pontos e dez rebotes.

O técnico Mike Brown, do Lakers, optou por descansar seus principais jogadores, deixando assim, Kobe Bryant sem a chance de lutar pelo título de cestinha da temporada. Ele precisava anotar 38 pontos para bater Kevin Durant, do Oklahoma City Thunder.

Josh McRoberts, com 16 pontos e nove rebotes, e Devin Ebanks, com 14 pontos e cinco rebotes, foram os destaques.

O Lakers enfrentará o Denver Nuggets nos playoffs, terminando na terceira posição do Oeste com 41 triunfos e 25 derrotas. O Kings foi o penúltimo colocado da mesma conferência.

Destaques

L.A. Lakers

Josh McRoberts: 16 pontos, nove rebotes, quatro assistências
Devin Ebanks: 14 pontos, cinco rebotes
Ramon Sessions: 14 pontos, quatro assistências
Troy Murphy: 12 pontos, seis rebotes
Andrew Goudelock: 11 pontos, cinco rebotes

Sacramento

DeMarcus Cousins: 23 pontos, 19 rebotes
Jason Thompson: 17 pontos, dez rebotes
Tyreke Evans: 21 pontos, quatro rebotes
Isaiah Thomas: 11 pontos, sete assistências
Travis Outlaw: 11 pontos
Jimmer Fredette: dez pontos

San Antonio Spurs 107 x 101 Golden State Warriors

Para terminar a temporada com dez vitórias consecutivas, o San Antonio Spurs superou o Golden State Warriors na última partida da fase regular com outra grande exibição do armador Patrick Mills. Patty fez 34 pontos e distribuiu 12 assistências, ambas melhores marcas da carreira.

DeJuan Blair obteve um duplo-duplo com 22 pontos e 13 rebotes. James Anderson fez 19 pontos e pegou sete rebotes. O brasileiro Tiago Splitter atuou por apenas sete minutos, somando quatro pontos e cinco rebotes.

Pelo Warriors, Chris Wright ficou com 25 pontos e oito rebotes. Klay Thompson anotou 17 pontos e distribuiu seis assistências. Jeremy Tyler e Charles Jenkins fizeram 16 pontos cada. Todo o quinteto titular da equipe foi formado por calouros.

O Spurs, primeiro do Oeste com 50 vitórias em 66 jogos, enfrentará o Utah Jazz nos playoffs. O Warriors ficou com o 13° lugar no Oeste com 23 vitórias e 43 derrotas.

Destaques

San Antonio

Patty Mills: 34 pontos, 12 assistências, cinco rebotes
DeJuan Blair: 22 pontos, 13 rebotes
James Anderson: 19 pontos, sete rebotes
Derrick Byars: oito pontos, oito rebotes

Golden State

Chris Wright: 25 pontos, oito rebotes
Jeremy Tyler: 16 pontos, nove rebotes
Mickell Gladness: 14 pontos, nove rebotes
Klay Thompson: 17 pontos, seis assistências, cinco rebotes
Charles Jenkins: 16 pontos, sete assistências

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.
  • dede

    lamentavel jordan agora é ir as compras e pegar o nº 1 do draft, espero.

  • Rodrigo

    Jordan assim como Pelé foi um gênio como atleta porém um Midas ao contrário em outras funções ligadas ao esporte