A ruptura no tendão de aquiles de Brandon Jennings pode render quase um ano de afastamento das quadras para o armador do Detroit Pistons. Em entrevista à rádio WMGC-FM, o treinador Stan Van Gundy afirmou que o atleta só deve voltar a jogar a jogar no meio de dezembro. Ele sofreu a contusão em janeiro e desde então se recupera da cirurgia no local.

Desde a contusão de Jennings, a equipe do Pistons passou por mudanças. Stan Van Gundy mostra preocupação sobre como ele vai estar fisicamente ao final do ano e ainda não tem certeza sobre qual vai ser o papel do armador quando ele estiver pronto para voltar. “É difícil determinar isso agora”, afirmou o técnico. “Nós não sabemos como Brandon vai estar em termos de saúde. No momento, ele ainda está se recuperando”.

Quando Jennings rompeu o tendão de aquiles, a franquia contratou Reggie Jackson para substituí-lo na equipe e Van Gundy já vislumbra como o Pistons pode funcionar com os dois em quadra. “Se ele voltar e for o Brandon Jennings que tivemos no ano passado, acho que eles podem jogar juntos muito bem”, analisou. “Reggie é grande o suficiente para marcar jogadores sem a bola e tudo mais. É uma opção que te dá dois playmakers na quadra juntos. Acho que pode ser bem dinâmico, mas temos que ver como Brandon vai estar quando se recuperar”.

Na entrevista, Van Gundy também se mostrou empolgado com a possibilidade de dirigir uma equipe jovem e com potencial. “Nós temos o tipo de elenco que se encaixa bem”, afirmou o treinador. “Então nós sentimos que não é só uma coleção de talentos, são caras que devem conseguir se entrosar bem. A segunda coisa é que nós temos muitos talentos jovens. Nós teremos três caras com no máximo 22 anos (Kentavious Caldwell-Pope, Andre Drummond e Stanley Johnson) que vão jogar muitos minutos. Reggie tem apenas 25 anos. É um time muito jovem que tem uma chance agora, se nós os mantivermos juntos a longo prazo, de crescer junto”.

Na sua segunda temporada vestindo a camisa de Detroit, Jennings teve médias de 15.4 pontos, 6.6 assistências e 2.5 rebotes, com 40.1% de aproveitamento nos arremessos de quadra. Até sofrer a contusão em janeiro, ele havia sido titular nas 41 partidas que havia disputado na campanha pelo Pistons.

  • tiago

    Quero só ver o que o técnico vai arrumar quando o Jennings voltar, até antes da contusão o cara tava voando. Gosto do jogo do Jennings, acho que ele joga muito bem. Vamos ver como ele vai voltar, espero que volte jogando muito.

    • Ele teve uma série de jogos muito boa logo antes de se contundir:
      Ele tinha há pouco tido um jogo de 20+ pts, 20+ assist (E SÓ 2 TO!)
      Ele teve uma média de 19.8 ppg, 7 apg, 1.3 spg, 44% FG, 38% 3PT, 2.1 TO, numa sequência do Pistons de 12-4

      • Raphael Melo

        Realmente, ele estava voando antes de se machucar.

    • Rodrigo Santos

      Jennings provavelmente vai ser sexto homem. Tem possibilidade dele ser trocado até a Tradeline…