Brasil perde para os Estados Unidos e dá adeus à Copa do Mundo

O milagre não veio. O Brasil precisava bater os Estados Unidos em Shenzhen para chegar à fase de quartas de final da Copa do Mundo. Deu a lógica, os norte-americanos venceram por 89 a 73 e a seleção brasileira deu adeus à competição que está sendo realizada na China.

Com a eliminação brasileira, Estados Unidos e Argentina, ainda invictos na Copa, garantiram as duas vagas do continente americano para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O Brasil terá que se contentar com a disputa do Pré-Olímpico Mundial, que será realizado no ano que vem e dará quatro vagas para as Olimpíadas. Serão 24 seleções, divididas em quatro grupos de seis. Apenas o campeão de cada torneio se classifica para os Jogos Olímpicos.

O jogo

O primeiro quarto foi equilibrado, com os Estados Unidos mantendo a liderança no placar, mas sem conseguir abrir uma vantagem considerável. No segundo período ocorreu o lance que prejudicou a seleção brasileira no restante da partida. O técnico Aleksandar Petrovic reclamou bastante da arbitragem e foi expulso após levar duas técnicas, quando ainda restavam sete minutos para o fim do período.

O Brasil ainda conseguiu se manter vivo na partida até o final do primeiro tempo, quando a vantagem dos EUA era de apenas quatro pontos: 43 a 39. No segundo tempo, pressionada pela necessidade da vitória, e sem a presença de seu treinador à beira da quadra, a seleção brasileira errou bastante e viu os adversários abrirem uma confortável vantagem no placar.

Os destaques do Brasil foram o ala-armador Vítor Benite, cestinha da partida, com 21 pontos, e o veterano pivô Anderson Varejão, que contribuiu com 14 pontos e oito rebotes. Benite, aliás, acertou quatro arremessos do perímetro em cinco tentativas, enquanto o restante da seleção converteu somente uma bola de três em 14 tentativas.

No outro jogo do grupo K, a República Tcheca foi derrotada pela Grécia por 84 a 77, mas mesmo assim se classificou para as quartas de final como segunda colocada da chave. Tchecos, gregos e brasileiros tiveram campanhas idênticas (três vitórias e duas derrotas), mas a República Tcheca levou vantagem no critério de desempate (saldo de cestas). 

Estados Unidos (89)
Myles Turner: 16 pontos, oito rebotes e 8-11 nos arremessos de quadra

Kemba Walker: 16 pontos, cinco assistências e 6-9 nos arremessos de quadra
Jaylen Brown: 11 pontos, quatro rebotes, quatro assistências e três roubos de bola

Brasil (73)
Vítor Benite: 21 pontos, quatro rebotes e quatro bolas de três pontos convertidas; 21 minutos
Anderson Varejão: 14 pontos, oito rebotes e 7-10 nos arremessos de quadra; 28 minutos
Leandrinho Barbosa: 14 pontos; 29 minutos

Jogos desta segunda-feira

Grupo L: Lituânia 74 x 55 República Dominicana / Austrália 100 x 98 França

Quartas de final

Chave 1: Sérvia x Argentina (terça-feira – 8h) / EUA x França (quarta-feira – 8h)
Chave 2: Espanha x Polônia (terça-feira – 10h) / Austrália x República Tcheca (quarta-feira – 10h)

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.
  • Vitor

    Que partida trágica do Felício. Se ele não tivesse jogado o 1/4, Brasil teria uma grande chance de ter vencido o 1º tempo. Augusto foi pro mundial e não teve chances de jogar mesmo com Felício mal (só jogou 1 jogo bem dos 5). Felício mal no ataque, mal na defesa, passando bola pra onde não tinha ninguem pqp totalmente desligado. Quantas vezes ele recebeu passes do lado do aro e sequer conseguiu pegar a bola nesse mundial… bizarro. Até o Caboclo faria mais com o tamanho e envergadura dele (nulo no ataque, inclusive).
    Um absurdo Petrovic fazer o que fez. Felício não conseguia nem jogar vs Myles Turner (tava apanhando), aí o auxiliar do Petrovic me coloca o cara pra jogar contra o Small Ball do EUA, marcando o Jaylen Brown.. triste. Ótimas atuações no jogo de hoje do Huertas, Benite e Varejão.
    De qualquer forma, ótima campanha da seleção, mesmo pegando grupos muito difíceis, enquanto a Argentina pegou grupos bizarros.. 2 perguntas: Qual foi a porra do critério usado na formação dos grupos e pq a Eslovênia não jogou? não se classificou?
    Pra mim, os melhores jogadores brasileiros no campeonato foram Huertas e Varejão, mas o grupo todo tá de parabéns. E essa safra de jogadores que vai se aposentar vai deixar saudades… Varejão, Huertas, Marquinhos, Alex, Leandrinho, Nenê (?). Brasil vai sofrer muito depois disso, pq não tem ninguém pra assumir as posições de imediato. Que dor no coração dá de lembrar aquele jogo vs Tchequia…

  • arruda91 arruda

    Esse pre olímpico provavelmente vai ser o último torneio do Varejão, Alex, Leandrinho, Marquinhos,

  • Toni von Mises

    Creio q todos os veteranos estarão presente no pré-olímpico mundial no ano q vem. Mas, sério mesmo, Felício deveria ficar de fora. Aliás, dois nomes devem ou precisam voltar: Rauzinho e Lucas Bebê. Mas o segundo, pelo q apurei recentemente, lesionou o joelho durante treino em camp no Utah Jazz. Deve ficar parado por um bom tempo. A presença de Raul é outra incógnita no torneio, isso pq o brasileiro deve ficar sem contrato na NBA e, por conta disso, deve declinar a convocação para se dedicar aos treinos nos EUA. Devamos rezar para nenhum outro atleta se lesionar até lá, senão… 🙁

    • lisa tere

      Vendo o desempenho do Varejao, acho q o Nene poderia voltar heim? Pra dar um ultimo gas pro Brasil

      • Toni von Mises

        Gostaria muito, mas acho q vai pendurar o tênis no fim da temporada da NBA.

    • Andrei

      Faverani anda por onde?Gostei dele na época de Celtics.

  • lisa tere

    Nos 3 primeiros quartos, toda vez q conseguiamos parar o ataque americano nao consigiamos capitaliazar com pontos. Ou era algum turnover bobo, ou um contra ataque com passe errado. Se nao tivesse cometido esses erros nao forcados era um jogo pra tar empatado ate o inicio do quarto quarto. Ai aquele arremesso do Smart cair eh sacanagem. Quando dizem que pra ganhar dos EUA, tuo tem que dar certo, aquele arremesso cair certamente nao faz parte disso.. O preocupante eh o que esta por vir. Raulzinho/Luz/Yago -Benite/Didi/ ??? / Caboclo / Lucas Dias (?) / Felicio (puts..) Augusto Lima (?) eh isso ai ou to esquecendo alguem?

    • CLM Lakers

      Não tem muito mais que isso não, o futuro não é empolgante para nós. Didi pra mim foi a decepção entre os jovens, não apresentou um bom desempenho quando esteve em quadra, e o Felício tem que agradecer aos céus o contrato que ganhou do Bulls, jogador fraco.

      • Igor Neves

        Vamos admitir que o técnico utilizou ele muito mal tbem, foi pouco usado enquanto o Felício que estava péssimo, joga direto. Futuro obscuro pela frente.

  • Caseh

    Bem curioso para acompanhar Sérvia x Argentina e USA x França

  • João Víctor Matos

    Aaron Baynes está jogando demais. Austrália com grandes chances de chegar na final.

  • Lucas

    1. Se Nenê e Raulzinho tivesse jogado dava para ir mais longe.
    2. Scott Machado deveria estar no radar.
    3. Sobre futuro eu já achei que poderia ser pior quando está geração parasse mas veja bem, Raulzinho, Didi, Benitez, Caboclo e Bebê(que precisa se recuperar) pode ser um bom quinteto. Depois ainda temos Felipe dos Anjos, Pedro Nunes, Dikembe, Georginho, Jau, Yago, Lucas Dias… jogadores que podem deslanchar.

    • lisa tere

      Eu nao entendo muito de basquete de base, mas o Uchendu quando eu vi na base simplesmente destruiu a Argentina. Infelizmente veio a falecer. Mas ele foi parar num time pequeno da Espanha, os scouts da NBA nao devem ter visto tanto potencial nele ne?

  • LeBrOSMAN⚔️ DAWG POUND

    Impressionante como erros básicos continuam acontecendo. Antigamente era lance livre, mas isso foi bastante melhorado com o Petrovic, o q é um alívio.
    Mas o Brasil quando encontrava um bom momento no jogo, e fazia uma boa defesa, não conseguia levar esse ritmo adiante, errando cestas fáceis dentro do garrafão, ou cometendo TOs. Me parece falta de foco, concentração, isso. E o Petrovic, “pelamordiDeus”, deu entrevista pré-jogo dizendo q “pretendia entrar na cabeça do Popovich” (“só” o melhor treinador da história do basquete americano, é o q eu acho.), pra rodar a baiana, se desesperar, invadir a quadra e ser expulso no início do 2º qtr.
    De saldo positivo, Varejão, Huertas e Alex fizeram um grande mundial. Caboclo é outro q se beneficiou bastante, a vitória contra a Grécia e a marcação q ele fez, é algo q serve para ganhar mt experiência. Enquanto o Felício, não foi totalmente péssimo pq se destacou contra a Nova Zelândia e Montenegro, mas jogou muito mal no geral, pq foi péssimo contra os Tchecos e hoje, muito lento na defesa e no ataque. O q ele mostrou nesses jogos é algo q se vc ñ vê NBA, ñ acredita q esse cara tenha espaço no melhor basquete do mundo. Na boa, é incrível ele ter “espaço” na NBA, sendo q na NBA existe cada vez mais velocidade, a lentidão dele no ataque e defesa foi impressionante. Para o bem dele, tomara q a dupla Gar-Pax ñ tenha visto esse Mundial, rs. Didi e Yago nos poucos minutos q tiveram, ñ mostraram muito, inclusive, jogaram mal. A renovação q já ñ inspirava mt confiança, com essa Copa do Mundo, ñ mudou mt coisa.

    • João Víctor Matos

      Felício ganha mais que Lou Willians. Bulls esta de brincadeira.

      • Beto cargnin

        Ta loko mano, isso é um crime.

      • Rodrigo Wellerson

        Pior que eu achava ele ruim no Flamengo. Tentavam revezar ele com o Meyinsse, mas nao dava.

  • Rodrigo Souza

    Sérvia x EUA
    Espanha x Austrália

  • LeBrOSMAN⚔️ DAWG POUND

    Pop <3. Achei sensacional esse momento. Eles ficaram um tempinho conversando depois do jogo (se tem alguém q ñ sabe, o Alex já jogou no Spurs).
    https://pbs.twimg.com/media/EEB16EpX4AA1Hiu.jpg

    • João Víctor Matos

      Está oferecendo a vaga do Marcus Morris provavelmente.

    • Mestre

      Vai pra comissão técnica dos spurs. Ensinar os cara a puxar ferro.

    • Michel Moral

      Que cena, meus amigos. Que cena…

    • Toni von Mises

      Popovich:”Quer encerrar sua carreira conosco?” rs

    • Brockbell

      Pop não tem explicações. Que cena!

  • Alexandre Wagner

    Essa seleção me ilude mais do que a morena!

  • Cavs nas Europas¨¨ TH

    Brasil sil sil

  • Marcelo Desoxi

    Ainda bem que o Caboclo tá aproveitando os atributos físicos e se transformando em um ótimo defensor, porque se dependesse do ataque pqp…

  • Beto cargnin

    Nunca desista dos seus sonhos, o maior exemplo disso é o Felício na NBA ganhando 8M Trumps ano. Eu não sou muito de ficar falando essas coisas, mas o Felício é muito ruim, slc.

  • Elinho

    Felício não tem condições. Pô já realizou um sonho de jogar na nba e de quebra pegou um contrato MT bom, porém é mt preguiçoso jogando. Se não criar um pouco de tutano kkk vai deixar a nba até antes de encerrar seu contrato. Brasil fez um primeiro tempo quase perfeito, mas o team usa mesmo sem seus principais jogadores dominaram quando foi nescessário. Bom Camp do Brasil.

  • Guilherme

    Resultado esperado. O ponto fora da curva foi a atuação pífia contra os tchecos, depois de 3 vitórias consecutivas. Não esperava muito do Brasil nesse Mundial, mas confesso que a partida contra a Grécia me fez sonhar e achei que poderíamos brigar por medalha, mesmo sendo muito difícil. Infelizmente, eu estava claramente errado rs e deu a lógica, estamos fora. Menção honrosa ao Alex que provavelmente fez seu último jogo de Copa do Mundo com a camisa da seleção. Se tem um cara que representa tudo que eu como torcedor desejo ver em quadra, esse alguém é ele. Máximo respeito a esse monstro sagrado do basquete brasileiro.

    • Julio Zago

      Medalha seria muito difícil, teríamos de vencer a Austrália, mas a vitória contra a Grécia abriu o caminho para o top 8. Isso sim era muito possível, seria até lógico ao meu ver, mas taticamente o Brasil foi engolido.
      Não sei como funciona o Pré Olímpico, se será disputado apenas por equipes das Américas, se for assim Canadá e Porto Rico, se completos, são adversários de muito respeito.

      • Toni von Mises

        Não tenho certeza, mas acho q os pré-olímpicos continentais cessaram dando lugar ao mundial. Serão 24 seleções para a disputa das últimas 4 vagas. Creio q seja os 24 q estão fora da Copa hj.

  • Julio Zago

    Infelizmente aconteceu o esperado. A inexplicável fraquíssima atuação contra os Tchecos arruinou o Mundial do Brasil. Uma pena, que venha o Pré Olímpico. Sobre o elenco, Caboclo e Benite devem se firmar, Didi se mostrou muito tímido, pouco acrescentou, mas tem teto para crescimento, Felício foi mal utilizado algumas vezes e em outras jogou muito mal mesmo, se mostrou disperso e lento, vai precisar melhorar muito.
    Taticamente também existe espaço para crescimento, a marcação por zona pode evoluir e o Brasil tem de ter mais soluções quando marcado dessa forma (de novo vocês, Tchecos!)
    Enfim, não dá para se empolgar com o futuro, muito longe disso, mas talvez Machado, Raulzinho e Bebê possam ser acrescidos ao elenco para o Pré Olímpico e exista esperança.

    • lisa tere

      A falta de algum criador de jogada na ‘nova geracao’ eh evidente. Imagina uma line up de Raulzinho, Luz, Didi, Caboclo, Felicio KKKKKKK.

      Acho q vamos ter que naturalizar algum americano ligeirinho da NBB. Eu naturalizaria o Jamaal

      • Julio Zago

        Podemos falar de tática por muito tempo, mas a falta de um scorer, de um jogador ofensivamente diferenciado talvez seja o principal problema. Satoransky fez a diferença contra o Brasil, quem poderia ser esse ponto de desequilíbrio a favor?

        • Flavio

          Leandrinho kkkkk

          • Julio Zago

            Não é, e acho que a bem da verdade nunca foi.

        • Andrei

          Cara, nao acompanho NBB, fui em poucos jogos ano passado, não temos um cara diferenciado mesmo? Ou um potencial diferenciado?

          • Julio Zago

            A curto prazo não vejo ninguém assumindo esse papel na seleção.

          • Andrei

            Ferrou

      • victor

        Eu já tinha tentado naturalizar os americanos há muito tempo atrás, pelo menos uns 2.

  • lisa tere

    Parenteses para a total falta de nocao do Brasil em se recusar a ir pra coletiva de imprensa! Ja ficamos devendo a FIBA por anos (e acho q alguns erros de arbritagem por causa disso) e agora se recusam a realizar o protocolo (o cara da FIBA ate deu ate uma indireta) porra..
    Esse petrovic eh muito porra louca. Nao sei se sou a favor de continuar com ele.

  • Warrg

    O Felício é um touro, deve pesar uns 115 ou 120kg, tem uma força absurda. Mas parece que não entende como que se joga, um cara que só faz isso e se perde tão facilmente nas jogadas, erra passe de 2 metros com a mão… Estava torcendo pelos veteranos e os jovens… Agora quem deveria estar no auge, de 25 a 33 anos é vc uma vergonha…. Nessa idade que os jogadores tem uma estabilidade por estar no auge técnico e físico o Brasil não tem nenhum… O Luz jogou bem os 2 primeiros jogos, depois sumiu. O Benite só jogou nas duas derrotas, na primeira faze não fez nada, Augusto Lima e Felício não tem nível…Lucas Dias joga mais e é líder do time dele,A não foi convocado qupq,eu pro Augusto lima ficar no banco,e é verum ótimo chutador de 3 e não tem medo… Foi boicotado será… Pqp quero ver no próximo ciclo… Sem pivô descente e srm um scorer já que Leandrinho e Marquinhos não estarão mais…

    • Vitor Martins

      Lucas Dias, quando jogou, fez papel pior do que Augusto e Felício. E contra adversários mais fracos… Não mudaria em nada ter ele no time

  • Raizen

    Precisamos criar um scorer para futuro urgente

  • OFF: Como o site do Jumper roda mal no Chrome, pqp

    • Rodrigo Wellerson

      Pensei q era só comigo, está pesado demais.

  • Toni von Mises

    Brasil tem tudo pra ficar com uma das quatro vagas do pré-olímpico mundial. Times superiores só vejo a Lituânia e a Grécia. O outro grupo entra no nível intermediário com Itália, Rússia, Turquia, Alemanha e Canadá(a não ser q Olynyk, Thompson, Powell, Wiggins, Barrett, Shai, Murray e cia resolvam jogar, aí ficaria um nível acima).

    Mas isso se os 24 participantes forem os q jogaram a Copa do Mundo. Mas creio q sejam, pois não vai ter espaço no calendário para fazer antes os continentais. Sendo assim não sofremos o risco de algumas boas seleções participarem, como a seleção eslovena e a croata. Melhor pra gente. 🙂

    • João Víctor Matos

      Um entre França, Servia e Espanha também participará do pré-olimpico (provavelmente a frança). E certamente Eslovênia e Croácia também participarão porque a copa do mundo era apenas um dos meios de classificação para as olimpíadas. No pré-olímpico será chamado ainda 2 países por região (+os 16 do mundial que não se classificaram) para formar 4 grupos contendo por 6 integrantes (24 times) onde apenas os líderes de cada grupo se classificam. Ou seja, temos que torcer para a chave ser boa. Se cair em um grupo com Eslovênia, França ou Canadá completos fica muito difícil. Ainda pode chegar um Camarões com Embiid e Siakam já que a data do pré olimpico tende a ser no início de julho de 2020, o que é viavel para o calendário dos atletas da NBA (ao contrário deste mundial que foi em setembro).

      “Em 2020, em datas e locais a serem definidos. Serão quatro torneios, com seis equipes em cada, com uma vaga para cada campeão de chave. Jogam estes torneios os 16 melhores países subsequentes aos classificados via Mundial e outros dois países por região e escolhidos pela Fiba através de critérios de governança e resultados esportivos.”

      Fonte: https://globoesporte.globo.com/olimpiadas/noticia/saiba-como-esta-a-classificacao-do-basquete-para-a-olimpiada-de-toquio-2020.ghtml

  • O Brasil errou ao entrar de salto alto contra a Republica Tcheca, ali perdemos nossa vaga nas quartas. Num momento como esse não dá pra vacilar, ganhar dos Estados Unidos seria muito díficil mesmo (são os favoritos, mesmo com o time “D”). Agora teremos o pré olímpico ano que vem, é tentar a vaga com esse grupo, mais Raulzinho e Nenê. Se não conseguir, temos que partir para uma renovação, com nossos jovens mais Benite e Augusto. Huertas, Alex, Leandrinho, Marquinhos, Splitter, Varejão e Nenê na minha opinião foi uma das gerações mais fortes que tivemos (talvez atrás apenas da Bi Campeã mundial), mas faltou um treinador mais gabaritado para pegar essa galera no auge, e uma cbb mais organizada, fica a tristeza de não terem conquistado pelo menos uma medalha olímpica, pois tiveram potencial pra isso…

  • Allan Lopes Soledade

    Uma pena essa eliminação, mas tirando a tragédia que foi o jogo com a República Tcheca, a participação brasileira foi muito boa.Caímos num grupo difícil e passamos em primeiro.Em certos momentos encaramos os EUA. Ainda acredito na vaga olímpica, mas por favor Petrovic, esse Felício não dá mais.O que o Chicago Bulls (sim, o Chicago Bulls) viu nele?

  • Alan Ribeiro

    O foda é que agente sonha, depois de termos terminado em primeiro e invictos (cara agente venceu a Grécia de Antetokoumpo) parecia que tudo seria possível, mas como sempre depois de Sonhar, a gente acorda e então percebe a realidade.
    😖😖😖😖😖😖😖😖😖

  • Vitor Martins

    O mundial foi bom (a vaga olímpica sempre foi um sonho distantes, ainda mais com a Argentina tendo pego só mamata). Agora é pensar pra frente, e isso que me preocupa. Será que vamos pro ano que vem de novo com todos os veteranos? Esse era o Mundial de Fab Melo, Lucas Bêbe, Raulzinho, Lucas Dias, Leo Meindl, Georginho… infelizmente só Raul, machucado, virou um grande jogador desses (a nível FIBA, ainda que seja banco do banco na NBA). Felício foi horrível, Augusto não se desenvolveu mesmo jogando num campeonato bom. Vou dividir a análise do futuro imediato da seleção por setores:

    – Armação: há uns anos atrás havia uma dúvida sobre Nezinho ou Huertas, logo espantada pelo Marcelinho. Mas infelizmente não tínhamos reserva, chegamos até a naturalizar o Larry, dar espaço pra um jovem pouco pronto (Raul). Era uma das posições mais preocupantes na seleção, mas agora mudou. Não sei se modificaram a formações por aqui por conta dessa carência que tínhamos, mas felizmente a armação não deve ser preocupação pelos próximos anos. Infelizmente não temos nenhum que brilha os olhos como o Huertas no auge, mas a consistência da posição hoje é infinitamente maior. Raul e Luz devem dar conta da posição pelos próximos anos. Um terceiro armador pode ser muito bem o Yago, mas se as dúvidas sobre sua altura em alto nível permanecerem a oferta e disputa é muita grande, com diferentes armadores com estilos distintos, Scott Machado, Alexey Borges e Arthur Pecos podem ser aproveitados de imediato. Georginho começou bem a temporada pelo São Paulo, torço pra que se torne um jogador de seleção. Tem ainda bons garotos na base como Ruivo e Caio Pacheco. Por aqui não vejo problema, já nos outros setores…

    – Garrafão: se no passado recente não tínhamos armadores, sobravam pivôs. Agora a coisa parece que se inverteu. Ainda formamos MUITOS pivôs, mas infelizmente o cenário de imediato é meio terra arrasada. Lucas Dias é uma tremenda decepção em alto nível, dois atletas de potencial morreram tragicamente (Melo e Uchendu), Felício e Augusto que estão hoje não despertam nenhuma confiança. Complicado. Ainda temos jovens bons, mas ainda muito crus pra renderem (caso de Felipe dos Anjos e Vinícius Lúcio, nossa melhor promessa, mas ainda, bem, uma promessa!). Difícil vislumbrar algo por aqui. Talvez Faverani, que já tem lá seus 30 anos, se recuperando, ou alguns alas-pivôs que estamos formando vingarem, como Leo Demétrio (o mais pronto), Lucas Siewert, Túlio da Silva, e Oscar (se deixar de ser alemão! rs), mas não é muito animador não.

    – Alas: as alas sempre foram problemas pra seleção. Tinhamos um armador genial e um garrafão top3, mas nossos alas nunca foram produtos de exportação. Marquinhos, Leandrinho e a defesa de Alex eram importantíssimos, mas sempre faltou aquele cara. E pelo jeito vai continuar faltando, além do nível ter baixado muito. Benite, Caboclo e Didi precisam continuar, mas de imediato as opções são as mais fracas da seleção, Leo Meindl e Fuzaro. Talvez um Colimério, um Danilo Sena, ou Pedro Nunes desponte, mas não acredito que seja em 1 ano. Difícil, muito difícil.

    Assim, penso que o ideal seja mudar a forma de jogar. Uma armação dupla na maior parte do tempo. Talvez até investir em Luz e Raul ao mesmo tempo, com Didi e Caboclo se revezando na 3 (embora os dois devam jogar em posições diferentes em seus times) seja o ideal.

    Bem triste a situação, mas é resultado da nossa incapacidade intelectual e gestora no esporte.

  • Atauã Corrêa Rodrigues

    Boa noite! Li o comentário do colega Vitor Martins, ele comentou sobre Fab Melo, o mesmo faleceu se não me engano em 2017, o blog balanacesta fez um post sobre ocorrido. Se algum colega comentou algo sobre esse assunto, peço desculpas. Abraços!

  • Andrei

    Não acompanhei o jogo, como aconteceu a expulsão do Petrovic ? Justa ?

    • João Víctor Matos

      Justa. Estava descontrolado desde o início e a segunda técnica foi depois de um lance limpo do Turner. O cara invadiu a quadra para reclamar.

  • Pablo Leite

    Só carimbou o que era óbvio depois da partida contra a Tchequia.

  • Cavs nas Europas¨¨ TH

    A real é a seguinte: o Brasil não tem nenhum esboço de jogador que possa ser um líder pra seleção ou alguém que desponte como ótimo jogador. Didi, Caboclo, Nogueira, Felício, Raúl que são os mais atuais fora uns outros aí n vão levar o Brasil longe em nada. Tudo médio jogador pra baixo. Se o Didi virar um bom jogador já vai ser muito e de ótima ajuda à seleção

  • Rickson

    Mais um bom mundial pro nosso nivel…nos ultimos vencemos França, Servia, Croacia, agora Grécia entre outros…nem tudo é tao ruim e sempre vamos incompletos…pro nivel de estrutura q temos, o sexto lugar de 2014 é magnifico

  • Rickson

    Agora se souberem , me digam pq o scott machado nao foi e pq o Augusto nao entrou

    • Vitor Martins

      Yago é projeto pro futuro, e depois desse mundial não dá pra escolher o Scott na frente do Luz não. Ainda mais com o Scott jogando campeonatos ruins. Petrovic escolheu aquele que defende mais e joga num campeonato melhor. E não foi isso que fez o Brasil perder. Não adiante querer achar culpados ou pensar que jogadores que nunca foram decisivos pela seleção fariam diferença (Lucas Dias, Machado).

      • Rickson

        Devo ter visto outro mundial…Luz nao armou, nao pontuou e quase entrega o jogo com a Grécia…ele correu bastante mas isso é o mínimo

  • Vitor Martins

    E a Argentina que muitos diziam fraca pq NãO tEm NeNhUm JoGaDor dE NbA bateu o melhor time do campeonato até aqui. Absolutamente fantásticos. Acho que nunca chegaremos nesse nível. Não temos intensidade pra tal. Os caras simplesmente aposentam sua melhor geração da história e logo fazem uma semi final de mundial. Torci muito pra eles perderem, achei que a Sérvia ia passar o rodo, mas eles mais uma vez quebraram a minha cara, e mostram que não importa ter jogador na NBA. Não como os que a gente tem (que mal entram), vale muito mais ter uma seleção quase inteira jogando (jogando mesmo, entrando em quadra, sendo MVP) da ACB do que minutos de G-League. Na base achei que Lucas Dias seria um jogador melhor que o Deck! kkkkk Ai esse ufanismo gostoso. Os argentinos fazem algo há anos que nunca conseguimos fazer: jogar além das suas capacidades individuais, jogar verdadeiramente como um time. E isso importa muito mais na FIBA (o basquete coletivo). A nossa geração de vovôs foi fantástica, individualmente sem dúvidas melhor que essa atual da Argentina, mas é a escola, o lastro, a forma de jogar que fazem deles ainda com uma geração não destacada individualmente ser fortíssima. Que foda. E que inveja.

    • Tiago Almeida

      O compasso e o Scola são o que então.

      • Vitor Martins

        Oi? Jogadores de basquete? rs

        N entendi mano

    • arruda91 arruda

      A escola argentina é diferenciada! Não lembro se foi o Garino ou o Brussino que não estava tendo minutos na NBA, aí ele falou que pretendia ir para a Europa para competir e que a seleção era mais importante qué a nba!
      E quando os brazuca perguntam porque o Balbi não joga na seleção? haha

      • Vitor Martins

        Impressionante. Balbi seria titular sem o Raul fácil.

    • Toni von Mises

      Marcaram bem o Jokic, hein!! O time continua jogando coordenado e bonito mesmo após a fantástica geração dourada. Mas não importa muito ser jogador da NBA se possui jogadores q disputam ligas de ponta no mundo FIBA como os argentinos. OITO jogam na Espanha(melhor liga depois da NBA – sendo 3 no Real Madrid e 2 no Baskonia) – Delia saiu pra jogar na liga mexicana(q é melhor q a nossa NBB) e o guerreiro de guerra e um dos maiores ala-pivôs da história do basquete FIba, Luis Scola(tá véio mas ainda é funcional).

      Qualquer seleção q possui jogadores acostumados a jogarem ligas de ponta na Europa vai ser potência no esporte. E os NBA’s aumentam o nível da competição obviamente.

      • Vitor Martins

        Mas infelizmente os brasileiros não parecem querer isso. Georginho nunca tentou ir pra europa. Preferiu ficar 1 ano sem jogar na g-league. Yago parece muito mais mirar num sonho de I.Thomas do que numa realidade de Campazzo. Triste. A gente foi jantado pelo Baldin (aquele pivô Tcheco), imagina se o Lucas Bêbe tivesse se estabelecido na Europa? Estamos mirando um alvo errado.

        • Toni von Mises

          Lucas Bebê infelizmente arrebentou o joelho em julho. Mas antes de entrar na NBA o pivô brasileiro era considerado um dos melhores defensores da Europa. Uma pena ter acontecido isso com ele agora. Mas ainda dar pra recuperar a carreira, é novo. Já sobre os nossos talentos de casa, defendo a ida para a Europa, principalmente pra jogar a liga Endesa. Veja só os argentinos, possui 3 no poderoso Real madrid(Campazzo, Laprovittola e Deck) e 2 no ex-time do Splitter, o Baskonia(Garino e Vildoza)… Trás bagagem internacional lidando com táticas europeias a exaustão.

          Yago, Georginho, Meindl, Dias(não gosto muito, mas..), e outros nomes q citaste, poderiam se arriscar em jogar na Espanha. NBB? Ai ai…rs

    • O elenco deles é modesto, mas joga junto há muito tempo, e tem jogadores de destaque na liga espanhola, também me surpreenderam, mas desde a primeira fase estão jogando um absurdo…

      • Vitor Martins

        Não acho modesto. É mais forte que o nosso. Bem mais. Não é individualmente falando um dos 4 do mundo, claro. Mas estão revelando muito mais que a gente. Eles estão mais próximos de um novo Ginobili do que nós de um novo Nêne.

        • Modesto, no sentido de que não tem nenhum jogador na NBA, eu quis dizer, estão com uma renovação muito boa mesmo…

  • Tiago Almeida

    O que o Facundo campazzo joga é brincadeira

  • arruda91 arruda

    Servia, Turquia, Croácia, Eslovênia, Itália, Canadá ,Alemanha, República Dominicana, provavelmente França, Venezuela, vai ser uma babá esse pre olímpico

    • Vitor Martins

      A vaga já é nossa!

      (tô contando com um grupo com os dois asiáticos convidados, os dois africanos convidados, e a Venezuela, com uma final disputadíssima contra a Venezuela! rsrsrs)

  • lisa tere

    Por isso que eu disse : jamais tinhamos q demitir o Magnano e geral me xingou. A escola argentina prioriza a defesa e nos fomos jogar esse tiki taka croata que nao tem nada a ver com o brasil. Espero q consertem essa merda. Magnano – 5to lugar nas olimpiadas, 6to lugar no mundial ganhando da argentina de 20+ pontos.

    Alias, essa vitoria da argentina eh pra quem chorou q eles deram sorte no sorteio.

    • br Silva

      Magnano estava desgastado depois de anos de trabalho e reclamavam que ele não renovava a seleção colocam o petkovic e mesma coisa.. hahaha
      Magnano alem de morar no Brasil, acompanhava as categorias de base,estava nos jogos do nbb,
      Petkovic nem no Brasil mora e ainda fala que a seleção ” está melhorando pq está mais européia que Sul Américana ”
      Que bola fora essa declaração dele

    • Vitor Martins

      Gente, não adianta ficar procurando culpados. Não foi o técnico, não foi jogador X ou ausência de jogador Y. Somos isso. O décimo terceiro basquete do mundo. E pronto. Qualquer outro resultado iria mascarar a real situação pelo qual nós vivemos. Não somos capazes de mais. Infelizmente. Pode trazer o Popovich que não iríamos muito acima. E se fosse, seria completamente injusto. Tomamos pau em praticamente qualquer competição de base, nem sei qual foi o último mundial sub alguma coisa que participamos. Perdemos nesse ano o sub-14, o sub-16 em casa, os dois de forma até uma pouco humilhante (tomando pau da Argentina na final do sub-14 e nem se classificando pro mundial no sub-16). Ganhamos o sub-21 é verdade, mas os argentinos nessa categoria estão ganhando no que mais importa: transição. Não dava pelo Deck, eles moldaram esse cara, aqui o que fizemos com Lucas Dias, com Deryk Ramos, com Georginho? Ganhamos o sub-21 ano passado também, mas quem de fato daquele time se consolidou no profissional? Gemadinha saiu de titular daquele time pra desempregado. A nossa seleção de idosos é fruto da mentalidade que temos aqui. O garoto brasileiro nunca tem espaço. Diferentemente da Argentina, que sempre vem revelando e colocando esses caras pra ter rodagem no campeonato (isso quando os melhores não migram logo pra ACB).

  • Marcelo Desoxi

    que atuação monumental dos boludos

  • br Silva

    A seleção brasileira tem destes problemas.. faz jogo duro contra as top5 e contra as do mesmo nível perde… aí acaba ficando a sensação de falta de concentração, chinelinho, entre outras.. Brasil ainda tem um espírito da geração do oscar onde cada um faz seu jogo individual, aí falta o coletivo. ..
    Agora a seleção argentina que isso.. que jogo coletivo e scola é o rei do basquete fiba. .. hahaha
    Agora pega ou estados unidos ou França. ..

  • Edu Silva

    Perder para os EUA é normal, mesmo esse aí sendo o time D deles. O que não pode é perder para Rep Tcheca, que, no máximo, é do mesmo nível da nossa. Agora vai pro Pré Olímpico com Canadá, Sérvia etc.

  • Andrea Karam

    Brazucas fracasadinhos, vayan a llorar a la selva del amazonas, así apagan los incendios. Dejen de compararse con nosotros, porque van a terminar llorando siempre. Yo los aprecio, por eso, les aconsejo que se dediquen al Rugby. Chau, boludos!

    • lisa tere

      Brasil : 2 mundiais FIBA.

  • João Víctor Matos

    Fournier esta dando um calor nos EUA.

  • Marcelo Desoxi

    Mitchell on fire

  • João Víctor Matos

    Eua eliminada

  • França jogou demais, Gobert acabou com o Turner no garrafão, Fournier e De Colo muito bem, e os EUA se frustraram com sua individualidade, infelizmente não poderei ver França e Argentina sexta, mas será um jogaço!