Brasil perde para os Estados Unidos e dá adeus à Copa do Mundo

O milagre não veio. O Brasil precisava bater os Estados Unidos em Shenzhen para chegar à fase de quartas de final da Copa do Mundo. Deu a lógica, os norte-americanos venceram por 89 a 73 e a seleção brasileira deu adeus à competição que está sendo realizada na China.

Com a eliminação brasileira, Estados Unidos e Argentina, ainda invictos na Copa, garantiram as duas vagas do continente americano para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O Brasil terá que se contentar com a disputa do Pré-Olímpico Mundial, que será realizado no ano que vem e dará quatro vagas para as Olimpíadas. Serão 24 seleções, divididas em quatro grupos de seis. Apenas o campeão de cada torneio se classifica para os Jogos Olímpicos.

O jogo

O primeiro quarto foi equilibrado, com os Estados Unidos mantendo a liderança no placar, mas sem conseguir abrir uma vantagem considerável. No segundo período ocorreu o lance que prejudicou a seleção brasileira no restante da partida. O técnico Aleksandar Petrovic reclamou bastante da arbitragem e foi expulso após levar duas técnicas, quando ainda restavam sete minutos para o fim do período.

O Brasil ainda conseguiu se manter vivo na partida até o final do primeiro tempo, quando a vantagem dos EUA era de apenas quatro pontos: 43 a 39. No segundo tempo, pressionada pela necessidade da vitória, e sem a presença de seu treinador à beira da quadra, a seleção brasileira errou bastante e viu os adversários abrirem uma confortável vantagem no placar.

Os destaques do Brasil foram o ala-armador Vítor Benite, cestinha da partida, com 21 pontos, e o veterano pivô Anderson Varejão, que contribuiu com 14 pontos e oito rebotes. Benite, aliás, acertou quatro arremessos do perímetro em cinco tentativas, enquanto o restante da seleção converteu somente uma bola de três em 14 tentativas.

No outro jogo do grupo K, a República Tcheca foi derrotada pela Grécia por 84 a 77, mas mesmo assim se classificou para as quartas de final como segunda colocada da chave. Tchecos, gregos e brasileiros tiveram campanhas idênticas (três vitórias e duas derrotas), mas a República Tcheca levou vantagem no critério de desempate (saldo de cestas). 

Estados Unidos (89)
Myles Turner: 16 pontos, oito rebotes e 8-11 nos arremessos de quadra

Kemba Walker: 16 pontos, cinco assistências e 6-9 nos arremessos de quadra
Jaylen Brown: 11 pontos, quatro rebotes, quatro assistências e três roubos de bola

Brasil (73)
Vítor Benite: 21 pontos, quatro rebotes e quatro bolas de três pontos convertidas; 21 minutos
Anderson Varejão: 14 pontos, oito rebotes e 7-10 nos arremessos de quadra; 28 minutos
Leandrinho Barbosa: 14 pontos; 29 minutos

Jogos desta segunda-feira

Grupo L: Lituânia 74 x 55 República Dominicana / Austrália 100 x 98 França

Quartas de final

Chave 1: Sérvia x Argentina (terça-feira – 8h) / EUA x França (quarta-feira – 8h)
Chave 2: Espanha x Polônia (terça-feira – 10h) / Austrália x República Tcheca (quarta-feira – 10h)