#BrazilianWeek – Edição 19

Todas às segundas-feiras, Jumper Brasil dedica uma coluna especificamente aos jogadores brasileiros na NBA. Nosso articulista Gabriel Farias vai trazer as estatísticas da semana, analisar desempenhos e ranquear os jogadores ao longo da temporada. Este é o nosso ponto de encontro para discutir os nove representantes do país na maior liga de basquete do planeta.

Enriqueçam a discussão e deixem suas sugestões nos comentários para que possamos melhorar cada vez mais esse novo espaço do site. Então, segue nosso 19º #BrazilianWeek da temporada 2016-17:

#1 Nenê Hilário (Ala-pivô, Houston Rockets)

https://www.youtube.com/watch?v=ZWEkXQK3tCc

Médias na semana: 12.3 pontos, cinco rebotes, duas assistências e 56% de aproveitamento nos arremessos em três jogos
Médias na temporada
: Nove pontos, 4.2 rebotes, uma assistência e 61% de aproveitamento nos arremessos em 64 jogos

Presente em três dos quatro jogos do Houston Rockets na semana, Nenê superou a marca dos 23 minutos em duas partidas, com 14 e 17 pontos nos confrontos contra o Portland Trail Blazers e o Phoenix Suns. Nenê distribuiu quatro assistências na derrota para o Blazers, melhor marca do pivô na atual temporada. Com o retorno de Montrelz Harrell e a proximidade da pós-temporada, Nenê deve ser poupado em alguns jogos da próxima semana.

#Leandro Barbosa (Ala-armador, Phoenix Suns)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada
: 6.3 pontos, 1.6 rebotes, 1.2 assistências e 43% de aproveitamento nos arremessos em 67 jogos

Com um problema na parte posterior da coxa esquerda, Leandrinho não atuou na última semana e, com o final da temporada por perto, o brasileiro pode não retornar na atual temporada.

#3 Cristiano Felício (Ala-pivô, Chicago Bulls)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada: 4.9 pontos, 4.8 rebotes e 57% de aproveitamento nos arremessos em 62 jogos

Por conta de uma contusão nas costas, Felício não atuou na última semana. O brasileiro estava disponível nas partidas contra Cleveland Cavaliers, Atlanta Hawks e New Orleans Pelicans, porém, sua lesão permitiu que Bobby Portis e Joffrey Lauvergne ganhassem minutos na rotação do técnico Fred Hoiberg.

#4 Lucas Nogueira (Pivô, Toronto Raptors)

Médias na semana: Um rebote em um jogo
Médias na temporada: 4.6 pontos, 4.3 rebotes, 1.6 tocos e 67% de aproveitamento nos arremessos em 55 jogos

Lucas Bebê permanece fora da rotação do técnico Dwane Casey e só atuou por três minutos na gigantesca vitória do Toronto Raptors contra o Orlando Magic. De acordo com Casey, Bebê perdeu seu posto de pivô reserva para o novato Jakob Poetlt e com as formações incluindo Serge Ibaka e Patrick Patterson no garrafão, o brasileiro só terá grandes oportunidades se o Raptors poupar jogadores na última semana da temporada.

#5 Raul Neto (Armador, Utah Jazz)

Médias na semana: Cinco pontos, três rebotes, duas assistências, um roubo de bola e 40% um jogo
Médias na temporada: 2.6 pontos, 0.7 rebotes, 0.8 assistências e 46% de aproveitamento nos arremessos em 39 jogos

Raulzinho atuou por 18 minutos na vitória do Utah Jazz contra o New Orleans Pelicans, com cinco pontos e três rebotes. O brasileiro teria grandes oportunidades com a nova lesão do titular George Hill, porém, uma lesão na virilha direita tirou o armador dos três jogos seguintes. Neto não tem previsão de retorno.

#6 Tiago Splitter (Ala-pivô, Philadelphia 76ers)

https://www.youtube.com/watch?v=YuF383D8fcc

Médias na semana: 4.3 pontos, 2.3 rebotes e 62% de aproveitamento nos arremessos em três jogos
Médias na temporada
: 4.3 pontos, 2.3 rebotes e 62% de aproveitamento nos arremessos em três jogos

Após retornar às quadras na filial do Philadelphia 76ers na D-League, Tiago Splitter jogou três das quatro partidas do time da Filadélfia na NBA, com média de 7.3 minutos por partida. Com cinco arremessos convertidos em oito tentativas, o brasileiro acertou sua primeira bola de longa distância na carreira contra o Cleveland Cavaliers, fato que se bem explorado, pode aumentar o valor do brasileiro para a próxima temporada.

#7 Bruno Caboclo (Ala, Toronto Raptors)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada: 0.4 pontos, 0.8 rebotes, 0.4 assistências e 20% de aproveitamento nos arremessos em oito jogos

Bruno Caboclo atuou em uma partida do Raptors 905 na semana, com oito pontos, cinco rebotes, uma assistência, dois roubos de bola, um toco e 50% de aproveitamento nos arremessos de quadra em 24 minutos. O brasileiro passou um tempo da semana no Toronto Raptors, mas não foi aproveitado pelo técnico Dwane Casey.

#8 Marcelinho Huertas (Armador, Agente Livre)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada: 2.7 pontos, um rebote, 2.3 assistências e 36% de aproveitamento nos arremessos em 23 jogos

Dispensado pelo Houston Rockets após a trade deadline, Marcelinho Huertas não tem seu nome especulado na NBA e não deve acertar com uma franquia até a agência livre.

#9 Anderson Varejão (Pivô, Agente Livre)

Médias na semana: Não atuou
Médias na temporada: 1.3 pontos, 1.9 rebotes, 0.7 assistências e 35% de aproveitamento nos arremessos em 14 jogos

Dispensado pelo Golden State Warriors, Anderson Varejão continua sem contrato para o restante da temporada 2016-17. Longe do auge físico e da qualidade defensiva mostrada no início da década, o pivô brasileiro não deve ser contatado até a próxima agência livre.