Brett Brown teria tido papel decisivo em saída de Jimmy Butler do Sixers

Jimmy Butler teve uma curta, mas intensa passagem pelo Philadelphia 76ers. E sua permanência por mais tempo na franquia pode só não ter ocorrido, no fim das contas, por conta do técnico Brett Brown. De acordo com Keith Pompey, do jornal The Philadelphia Inquirer, o treinador teria advogado contra uma renovação de contrato nos bastidores por conta da personalidade confrontadora do astro.

O ala-armador de 30 anos realmente teve momentos de contestação ao comando técnico do Sixers e reclamou, mais de uma vez, do sistema ofensivo usado pelo comandante. Ele também chegou a criticar companheiros de time. Pompey apurou que a franquia até estava aberta a manter o craque no elenco, mas o profissional de 59 anos deu a entender que preferia não ter que lidar com o jogador.

A verdade é que, talvez pelos mesmos motivos, Butler também deu sinais de que não queria permanecer no Sixers na última offseason e pediu para ser envolvido em uma negociação de sign-and-trade com o Miami Heat. Na atual temporada, o veterano comanda a grande campanha do time da Flórida com médias de 19.9 pontos, 6.7 rebotes, 6.0 assistências e 1.8 roubos de bola por partida.