“Carmelo ainda é um dos 150 melhores jogadores da NBA”, garante dono do Rockets

O número de personalidades da NBA que defendem a permanência de Carmelo Anthony na liga não para de crescer. E, agora, foi a vez do dono da última equipe pela qual o craque atuou advogar abertamente em seu favor. O dono do Houston Rockets, Tilman Fertitta, não tem dúvidas de que o ala de 35 anos ainda merece um espaço de destaque na NBA atual por sua capacidade técnica.

“É claro que ele ainda pode ajudar várias equipes. Estamos falando, para mim, de um dos melhores jogadores da história do basquete. Posso cravar isso a quem for. Asseguro que, se existem 150 titulares em 30 franquias na liga, Carmelo ainda faz parte dessa elite da NBA, com certeza”, garantiu o magnata norte-americano do ramo de restaurantes, em entrevista à rede Sports NY.

Apesar da confiança, Fertitta não esquece o que aconteceu na curta passagem de Carmelo pelo Rockets: o veterano teria relutado com a ideia de sair do banco de reservas, acabou afastado do elenco após somente dez partidas e não voltou a atuar na última temporada. O mandatário admitiu ter ficado chocado com esse desdobramento, mas, embora sem entender, deu apoio à decisão gerencial.

“Não sei porque as coisas não funcionaram para Carmelo aqui. Nunca tive a chance de conhecê-lo, mas tudo o que ouvi de sua pessoa foi positivo – um jogador muito respeitoso, que estava disposto a assumir a função que os técnicos definissem. Eu fui surpreendido pela decisão de afastá-lo, mas, se nossos dirigentes acharam que era o melhor, acato o julgamento”, contou o executivo.

A aprovação de Fertitta pelo trabalho e julgamento dos dirigentes da franquia não é compartilhada por Carmelo, aparentemente. O astro acusou o gerente-geral Daryl Morey, em especial, de não o ter tratado com o respeito devido e não ter citado a motivação de seu afastamento definitivo do time. O dono do Rockets não confirma nenhuma das versões, só mantém apoio ao trabalho realizado internamente.

“Eu ouvi como meus dirigentes lidaram com a situação, mas há diferentes histórias por aí. São diferentes percepções. Sua passagem por aqui foi decepcionante pela forma como terminou e admito que simplesmente não tenho conhecimento para falar disso. Só posso dizer que apoio os meus executivos, pois são analistas que sabem o que fazem”, finalizou o empresário, sem questionar a direção texana.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.