Carmelo Anthony confirma expectativas e tem acordo verbal com o Rockets

O Houston Rockets realmente contará com Carmelo Anthony na temporada que vem. De acordo com Shams Charania, do site Yahoo! Sports, o jogador de 33 anos confirmou as expectativas em torno da liga ao informar os texanos de que aceitará a oferta da franquia. A assinatura de contrato vai acontecer ainda nesta semana, assim que o ala retornar de viagem pela África.

A notícia encerra os rumores em torno do futuro do astro, que estava disponível no mercado desde que foi dispensado pelo Atlanta Hawks. Além da equipe texana, o Miami Heat também tinha interesse declarado na aquisição de seus serviços. É esperado que o dez vezes all star receba o salário mínimo para veteranos (US$2.4 milhões, aproximadamente) no período de vínculo.

Charania apurou que a contratação do veterano era encarada como uma prioridade entre os dirigentes do Rockets há algumas semanas, visando tê-lo como substituto para as recentes saídas dos alas Trevor Ariza e Luc Richard Mbah-a-Moute. Os rumores de interesse mútuo cresceram com a informação de que o novo reforço realizou até treinos na offseason com James Harden e Chris Paul.

O atual MVP da liga já havia dado aval para a contratação do pontuador. “Carmelo seria uma ótima aquisição para nosso time. Trata-se de um veterano que já provou seu valor na NBA e só deseja vencer a essa altura da carreira, então será excelente para ele também estar conosco. É muito bem-vindo!”, avaliou Harden, em breve entrevista ao jornal Houston Chronicle.

A tendência é que o experiente astro chegue para assumir o espaço de titularidade deixado por Ariza. Até porque ele segue sem interesse de ser reserva. “Sei como se joga basquete e tem sido assim por um longo tempo. Quando sentir que estou preparado para sair do banco, eu aceitarei isso. Mas só eu posso saber quando o momento chegará”, afirmou, em entrevista ao site The Undefeated.

Um dos principais jogadores da liga na última década, Carmelo possui uma lista de inúmeros feitos como profissional que vai levá-lo ao Hall da Fama. O ala é o único atleta, por exemplo, com três medalhas de ouro na história do basquete olímpico. Ele disputou 78 partidas do Oklahoma City Thunder na última temporada, com médias de 16.2 pontos e 5.8 rebotes em 32.1 minutos de ação por noite.