Carmelo Anthony quebra silêncio, reavalia carreira na NBA e crava: “Ainda posso jogar”

Carmelo Anthony finalmente quebrou o silêncio. Após meses longe das quadras, o astro voltou aos holofotes em uma longa e detalhada entrevista na ESPN: por uma hora, ele respondeu todas as perguntas feitas pelo comentarista Stephen A. Smith. O ponto principal do veterano, evidentemente, é que o ala de 35 anos está pronto para voltar às quadras e espera a oportunidade para dar a volta por cima.

“Esse período forçou-me a reavaliar a minha carreira e minha vida. Mas, agora, eu estou de volta ao ginásio todos os dias. O silêncio dos últimos tempos não é sinal de rendição. Amo demais o basquete para simplesmente desistir. Sinto que ainda posso jogar. Os jogadores sabem que ainda posso atuar. E, acima de tudo, eu sei que ainda posso jogar”, sentenciou o determinado veterano.

A última temporada foi curtíssima e revelou-se uma experiência traumática para Carmelo. O jogador chegou ao Houston Rockets para ser uma peça de suporte importante em um dos mais proeminentes candidatos ao título da liga. Mas, dez jogos depois de sua estreia, ele foi afastado do elenco sem maiores explicações e não voltou mais a atuar naquela campanha por nenhum time.

“Eu não gostei de como tudo aconteceu. Daryl [Morey, gerente-geral] só disse que meus serviços já não eram mais necessários. Questionei o que poderia fazer e ele falou que não estava funcionando. Senti-me como alguém sendo demitido. Foi um golpe em meu orgulho. Passei a duvidar da minha capacidade de jogar basquete. Fiquei emocionalmente vulnerável”, contou o experiente ala.

Um dos pontos decisivos da carreira de Carmelo, para muitos, ocorreu na offseason de 2014: ele resolveu renovar contrato com o “projeto” com New York Knicks em vez de assinar com o Chicago Bulls, que tinha um elenco competitivo montado. O craque foi “acusado” por anos de ter escolhido unicamente pensando na proposta financeira, mas ele explicou que a situação foi bem mais complexa.

“Eu estava indo para Chicago. Coisa certa. Queria jogar com Derrick Rose e Joakim Noah. Já estava lá. Então, eu comecei a receber essas informações de bastidores e outros atletas me aconselhando a mudar de ideia. Diziam que as coisas não eram feitas da forma correta por lá. Aquilo influiu em minha decisão”, relembrou o astro, referindo-se à fama do Bulls ter donos pouco dispostos a investir na equipe.

A verdade é que, independentemente de sua escolha há cinco anos, Carmelo está em uma encruzilhada na carreira. E tudo o que busca é um time competitivo que acredite em seu jogo. “O objetivo definitivo é ser campeão, para mim. É a única coisa que resta em minha carreira. Mas também quero jogar, pois sinto falta do basquete. Mereço outra chance”, concluiu o futuro membro do Hall da Fama.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Jg10 Natividade

    Vai parar no Lakers, é só ligar pra Lebron!

    • Cacá Santos

      Lakers ainda sonham com Iguodala… Porém, muito difícil!

      Ele deve parar no Lakers mesmo.

  • Vitor Medson

    Que ele ainda pode jogar? Não tenho a menor dúvida. Que ele pode contribuir? Também não tenho dúvida. Só fico com o asterisco se ele realmente sabe do seu papel hoje em dia.
    Se vier do banco com uma 2 unidade bem montada, pode fazer estrago. Jogar uns 20 – 25 minutos e fazer seus 13-15 pontos.

  • Claudio R.

    O que acontece é mais político que outra coisa, pq talento ainda tem, tem muito jogador que é muito pior que ele e tá na liga. O problema é que os GM s tem medo dele não aceitar chutar pouco, jogar pouco e vir do banco. Se ele realmente entendeu isso, não vejo risco nenhum, salário mínimo e se der errado , dispensa sem problemas …

  • PCSilva

    É óbvio que existem razões extra quadra pra esse gelo que ele está levando. Os Gms devem ter suas razões para isso.

    Poderia ser útil em Dallas, desde que soubesse que seria apenas uma opção ofensiva depois do gordo e do Porzingis.

  • LeBrOSMAN⚔️ DAWG POUND

    Vi a entrevista no canal da ESPN, e ele pareceu ser franco e demonstrou momentos de humildade, como ao ser perguntado o pq dele ñ ter combinado com o LBJ e Wade para estarem juntos na Free Agency (LBJ lhe aconselhou para tentar um contrato de 3 anos garantidos com o Nuggets em 2006), em relação a isso ele disse q pelo ego dele, ñ queria deixar de receber o máximo de dinheiro q podia nos contratos e q naquele momento da carreira ele queria “comer” (no sentido de ser o principal jogador da equipe e arremessar mts vezes, fazer seus 30, 40 pts), ele gostava de jogar no Nuggets, e nem pensava nessas questões salariais como o LBJ e Wade pensavam, só foi se dar conta disto no último ano de Denver. Tbem disse q ñ tinha ideia, em 2006, de q a liga iria para esse caminho, de estrelas realmente se juntarem em equipes.
    Se ele realmente quer jogar basquete sem se preocupar com ego, como pareceu mostrar, existe espaço e franquias q ele poderia se encaixar mt bem, ter bons minutos, mas a maioria em mercados pequenos, daí a questão do ego. Será q ele aceitaria jogar pelo mínimo no Blazers, Utah, Miami ou Spurs? Ou por um MLE (se é q nesse momento alguma dessas franquias possui isso). Pq são equipes bem arrumadas taticamente, de estilo mais cadenciado, no caso do Blazers inclusive ele mt provavelmente ñ seria titular (Lillard, McCollum e Melo juntos, ñ tem esquema defensivo q suporte!) mas teria um bom ambiente pq o Lillard e McCollum já fizeram lobby por ele, teria espaço pq o banco do Blazers ñ é aqueles coisas ainda, e teria uma equipe bem competitiva.

    • LeBeautiful

      Acredito que a chance dele jogar no Blazers já foi, Dame e CJ recrutaram o cara explicitamente por + de um ano e ele n foi pq n quis,ele podia ter jogador os offs pelo jazz tbm, mas parece n ter o mínimo interesse em atuar em mercado pequeno, oq só mostra que o ego dele continua la, se melo quisesse tanto voltar n ia ficar escolhendo destinos…

    • Cavs&KingJamesaondeestiver

      acredito que pela forma que ele saiu de OKC e Houston, somados ao tempo de inatividade e desvalorização na liga, nenhuma franquia lhe ofereceria mais do que o mínimo e isso na deadiline…MLE acho fora de cogitação, e ele teria que se agarrar neste contrato minimo e espaço de tempo para provar que ainda tem espaço na liga, pois com certeza será sua ultima chance, mas a pergunta que não quer calar é: Será que o seu EGO irá permitir e entender a sua real situação atual??

  • Dudu Ferrero

    O Complicado é saber como ele vai estar, dificil e foda q ele nao defende nada
    ofensivamente acho q ele pode vingar ate mas na defesa n da

  • Brockbell

    Se aceitar o mínimo vai pra um Lakers, Nicks da vida por 2 temporadas e se aposenta.
    N é só basquete, é o conjunto da obra por ele estar nessa situação.

  • Diego Costa

    O Rockets foi muito covarde com o Carmelo. Usou o cara como bode expiatório.

    No final das contas nos vimos que ele não tinha culpa da ma fase da equipe.

    • Guilherme Petros

      eu não boto mais fé no Carmelo, mas no Rockets foi pura sacanagem com ele. O cara não tinha culpa nenhuma da fase do time

    • Meu nome é Chamberlain

      Tirando Durant, Harden e Ibaka, tudo que passa pelo thunder vira merda.
      Espero Westbrook ainda tenha salvação.

      • Diego Costa

        Ainda bem q vira merda, e nos playoffs ainda. Basta ver quem é o seu FP rs.

    • Cavs&KingJamesaondeestiver

      Então pq logo após a saída do Carmelo o time decolou, saindo das ultimas colocações para brigar pelo mando de quadra e titulo??

      • Diego Costa

        Isso era uma questão natural de acontecer. Com Carmelo ou não.

        • Cavs&KingJamesaondeestiver

          Isso nós não temos como saber, pq por uma questão natural o Houston não poderia ter atravessado a péssima fase que atravessou e mesmo assim atravessou e a saída do suposto bode alavancou o time para cima e por ordem natural teria que enfraquecer ou seguir na mesma.

  • owww

    unico cara q pode fazer ele render é o pop

  • Cavs nas Europas¨¨ TH

    Fritaram o Melo.

    • Everton Santos

      No Rockets? Pq fora isso, ele mesmo se colocou nessas condições.

      • Cavs nas Europas¨¨ TH

        Sim. No Rockets

        • Everton Santos

          Mas eu confesso que essa situação me causa estranheza. Não é possível que um jogador é simplesmente afastado assim do elenco e nenhum jogador se manifesta sobre, ninguém diz que foi injusto, pelo menos eu n vi. Até CP3 que é presidente da associação e amigo do Carmelo n vi se manifestar diretamente tomando uma posição.

          • Toni von Mises

            “Até CP3 que é presidente da associação e amigo do Carmelo n vi se manifestar diretamente tomando uma posição”
            Deve ter concordado com o GM..haha

  • Vitor Martins

    Gostaria de ver o Melo de volta a Denver vindo do banco. Não sei se teria espaço na rotação, mas seria emocionante.

    • Toni von Mises

      Ta aí, seria interessante. Nas posições 3 e 4 teria sim. Pois é nas posições 1 e 2 q o time está abarrotado de bons jogadores.

      • Adriano Goveia

        Não sei… por nostalgia até queria mas pra 3 e 4 tem Millsap, Craig, Barton, Grant, Juancho, Cancar e MPJ… Todos ou jogadores estabelecidos ou jogadores que precisam de tempo pra desenvolver, e o estilo de jogo do Carmelo não encaixa com o Denver hj…

        • Igor Neves

          Bom, nenhum desses caras aí bate o Melo, talvez um Millsap. Defensivamente é o grande problema né…

          • Adriano Goveia

            Millsap foi um dos melhores jogadores defensivos ano passado (se tivesse terceiro time defensivo tava lá) e chamava a responsabilidade quando precisava no ataque.

            Craig, com toda limitação que tem, é superesforçado e tem evoluido na defesa e ataque (um cara que a torcida cornetou para caramba e que conseguiu ganhar respeito com o tempo). Melo deve ser melhor que ele mas o altruismo que o Craig entrega é super importante pro time.

            Grant tem tudo para melhorar significativamente a rotação do time. Juacho, Cancar e MPJ podem vingar ou não, mas com o potencial que tem não vale a pena trocar um deles pelo Carmelo.

            Não sou corneiteiro sempre defendo o Carmelo e a história dele aqui, Pierce e Kobe falaram que ele foi o cara mais dificil que tiveram que marcar… eu acho que ele ainda pode ser importante, mas para a torcida do Denver(e para mim) é quase generalizado a opinião que nossa rotação é muito boa. Tempo pode provar se estamos certo ou errado rs

  • Rodrigo Souza

    Não existe mais espaço na liga para um jogador com as características do Carmelo. O basquete “egoísta” deve desaparecer em breve.

    • Vitor Martins

      Waiters, Tim Hardaway Jr, Wesley Matthews, John Wall, Jordan Clarkson… Esses são só alguns exemplos de jogadores que eu considero “egoístas” (em menor ou maior grau que o Melo) que tem bons minutos. Tachar o Carmelo como apenas egoísta e que seja isso que o afasta da NBA é um equívoco pra mim. Basquete tem mudado muito ao longo dos anos, e a mudança bateu em características do Carmelo sim, mas muito mais por ele ser historicamente bom na meia distância (algo que tem sumido) e por nunca ter mostrado uma defesa razoável, muito mais do que o ímpeto ofensivo dele, que outros jogadores têm e provavelmente novos com características semelhantes vão continuar tendo espaço.

      • Rodrigo Souza

        Eu entendo o que você quer dizer, mas em nenhum dos casos que você citou a jogada começa e termina com esses jogadores. Carmelo é um pontuador muito bom sim, isso o histórico dele mostra, mas joga apenas pra ele, e isso afasta as franquias.

      • Cavs&KingJamesaondeestiver

        de todos estes só retiro o Clarkson da lista, pois ele esta mais para um peladeiro com baixo Qi de basquete do que egoísta.

    • Lockdown defense

      Não vejo isso como tendência ainda. De jogadores “egoístas” a NBA está cheia.

      • Rodrigo Souza

        Sim, mas bem menos do que na década passada, por exemplo. Outra coisa, Carmelo joga só pra ele, sempre foi assim, e isso mais atrapalha do que ajuda hoje.

        • Jefferson Cavalcanti

          Isso é falácia. Quase todas as estrelas da NBA são egoístas e adoram jogar no mano a mano. O problema não é a característica. Desde que o jogador seja eficiente, ele pode arremessar de costas na NBA hoje em dia. Os números mostram isso.

          Damian Lillard e Stephen Curry arremessam do meio da quadra porque as estatísticas provam que, para eles, trata-se de um bom arremesso.

          O Harden faz tudo no Houston Rockets e eles são um grande time exatamente por conta disso.

          • Wilker Pereira

            Bom argumento

          • Rodrigo Souza

            Se você acha mesmo que esses jogadores citados jogam da mesma maneira que o Carmelo, tu tem que rever algumas coisas… todos aí impactam muito na dinâmica do time, não é só arremesso.

  • Joabe#VamoSpurs

    Eu aceito o Carmelão nos Spurs, se ele tivesse disposto a aceitar seu papel de coadjuvante e se esforçar bem na defesa. Acredito q contribuiria com uns 8 pts vindo do banco, com uma minutagem numa média de 20 min

    • Vitor Martins

      Pop transformou o buraco negro do Rudy Gay em um role player útil. Seria uma boa.

  • Jefferson Cavalcanti

    “Senti-me como alguém sendo demitido.” Foi o que acontece, parça.

    É um dos meus jogadores favoritos, eu ainda perco o meu tempo tentando defendê-lo na internet quando vejo alguém falando besteira, mas não posso deixar que isso atrapalhe meu ceticismo.

    NBA tem 450 jogadores. Carmelo é fácil melhor que a maioria deles, mas o ego que ele tem não permite que ele seja um jogador que apenas ajude a equipe. E isso é “errado” por dois motivos:

    1 – Ele deveria entender a realidade e saber o que pode oferecer para o time.

    2 – Por que ele passou de um dos melhores jogadores da NBA para ser apenas um role player com ego inflado? Eu não entendo de jeito nenhum. Tem apenas 35 anos, é alto, atlético e não consegue defender ninguém. Acho um absurdo que ele seja explorado na defesa. Uma coisa é o Isaiah Thomas ou o Boban Marjanovic que possuem questões físicas, Carmelo só parece que é falta de vontade.

    Eu não espero que Melo se torne o Kawh, mas defesa se aprende. Kevin Durant era um jogador fraco defensivamente e hoje é um defensor fantástico. Se Melo, aos 35 anos, conseguisse pelo menos não ser o elo mais fraco da equipe, ele já seria um grande jogador novamente.

    • Stefan Obermark

      Se ele virar jogador de futebol americano, está resolvido. Lá ele só vai precisar atacar!
      No basquete não dá.

  • Lebronson
    • Jefferson Cavalcanti

      Muito boa. Me surpreendi com esse trecho:

      “But for all of his other faults, Anthony can create his own shot. In a small sample last season, he scored 0.9 points per isolation attempt, per NBA.com. He landed at a nearly identical 0.89 with the Thunder. Both figures are better than what Damian Lillard (0.87), Donovan Mitchell (0.85) and D’Angelo Russell (0.83) posted last season. Ironically, Anthony may need to be more selfish to succeed in the NBA now. He just needs to be willing to do it in fewer minutes. ”

      • Lebronson

        Pois é! Embora a base dele de jogos seja muito menor, e não teve playoff, foi maior que a de muito all star…

  • Cavs&KingJamesaondeestiver

    Para mim o Lakers só não fechou com Carmelo para ala na rotação, pois Pelinka quer o Iguodala, e possivelmente vai aguardar a deadiline para mandar uma pick 2 por ele, pagando apenas parte do salário pelo restante da temporada, mas isso depende do Memphis, que deve buscar uma impossível pick 1 por ele até o ultimo instante…cairia como uma luva na fraca rotação do GSW hj.

  • Chimbinha “o banido”

    Assina com GS e vai ser feliz!

  • Loading

    Na foto que abre a matéria é o Beiçudo

  • Stefan Obermark

    Carmelo, se vc estiver sendo honesto consigo mesmo, já velho, precisa largar esse ego podre.
    Torci muito por vc e Nenê em Denver, mas vc tem problemas sérios de “semancol”.
    Ou vc seca esse ego ou manda tudo seu entorno de puxa-sacos largarem seus ovos e te deixarem em paz para tentar conseguir seu campeonato.
    Custo a entender como um cara com 35 anos pensa feito um adolescente.