A segunda passagem de Mike Brown pelo comando do Cleveland Cavaliers não durou muito. A franquia anunciou a demissão do técnico nesta segunda-feira, após apenas uma temporada no cargo. Ele já havia comandado o time – com muito mais sucesso – entre 2005 e 2010, quando chegou a conquistar um título da conferência Leste (2007).

“A decisão de liberar Mike é uma dor para todos aqui. Ele trabalhou duro na última temporada para conduzir a equipe na direção certa e, embora tenhamos progredido em relação a anos anteriores, acreditamos ter que seguir em um caminho diferente”, justificou o dono do Cavs, Dan Gilbert, por meio de nota oficial.

A decepcionante campanha do time nesta temporada, com apenas 33 vitórias e sem vaga nos playoffs, foi decisiva para a decisão de mudar o comando. No entanto, não foi o único motivo. Segundo Adrian Wojnarowski, do site Yahoo! Sports, a direção quer a equipe jogando em um sistema mais rápido do que o implantado atualmente por Brown.

O contrato do técnico com o Cavs ainda tinha mais quatro anos de duração e cerca de US$16 milhões em salários a receber. Ainda não se sabe quanto deste valor vai ser pago na rescisão do vínculo.

Brown, de 44 anos, começou na NBA como coordenador de vídeo e olheiro no início da década de 1990. Foi assistente por oito anos até conseguir a vaga no comando do Cavaliers. Além do título da conferência Leste, ele recebeu o prêmio de técnico do ano na liga em 2009. Entre as duas passagens por Cleveland, o treinador também passou pelo Los Angeles Lakers.

 

David Griffin é promovido como gerente geral

Além da demissão de Brown, o Cavaliers anunciou que David Griffin foi oficialmente efetivado como gerente geral da franquia. Ele assumiu o posto interinamente em fevereiro, quando a direção de Cleveland decidiu demitir Chris Grant. Os detalhes do novo contrato do dirigente não foram revelados.

“Nós escolhemos David como nosso GM porque acreditamos que seja a melhor pessoa para liderar a franquia rumo ao futuro. Ele traz duas décadas de experiência, conhece as nuances dos bastidores da liga tão bem quanto qualquer um e também é um grande avaliador de talento”, elogiou Gilbert, que revelou ter entrevistado vários candidatos antes de optar pela efetivação de Griffin.

[polldaddy poll=8041722]

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • já vai tarde.

    • Não deveria nem ter vindo

  • Mailson Silva de Sena

    Agora eu acredito na, mesmo improvável, volta de LeBron a Cleveland.

  • Olavo

    “Segundo Adrian Wojnarowski, do site Yahoo! Sports, a direção quer a equipe jogando em um sistema mais rápido do que o implantado atualmente por Brown.”

    Pera ai….

    Porque o contrataram então???

    Você já teve ele como técnico uma vez , sabe o estilo de jogo que ele prefere , e , você , querendo um estilo de jogo que ele não aplica , o contrata???

    Não faz sentido nenhum!!!

    Sério , tenho pena dos torcedores do Cavs . Não pelo time , mas pelas pessoas que comandam essa franquia .

    Todos criticam Lebron por ter saído do Cavs , mas como um jogador considerado um dos melhores do planeta vai ficar em uma franquia com dirigentes tão incompetentes? Que não conseguem nem montar um time superior para o Cavs brigar por TÍTULOS , não 1 título , mas TÍTULOS ? Porque , convenhamos , aquele time que chegou a finais era apenas Lebron e bons Role Players . Prova disso é o que aconteceu nas finais quando Lebron realmente sumiu. O que aconteceu ? Foram varridos….

    Agora , imagina se tivessem dado suporte pro Lebron???

    Ele nunca teria saido de Cleveland…

    Mas , é isso que acontece quando incompetentes comandam uma franquia da NBA….

    Espero que o Cavs mude pra muito melhor……

    • sebas1606

      Concordo contigo em tudo.A direção do Cavs é medíocre e isso se reflete em quadra.A dependência da equipe na época do LeBron que nunca teve uma equipe descente(bom técnico,bons jogadores).

      Aliás,Stabolito e pessoal qui do Jumper,é um exagero dizer que o Cavs de 2007 foi o pior time a ir a final da NBA na história,ou pelo menos uma das mais fracas?

      • AlexT-Wolves

        Eu Acho que é disparada o unico outro time que chegou perto foi o 76ers do Allen Iverson mas era melhor. Pra falar verdade se o Cavs não tive-se o LeBron aquele time não conseguiria se classificar pros offs.

        Obs: esse time atual do Cavs é melhor que o do LeBron.

      • Vinícius Maia

        Falou bem Alex…até aquele Sixers medíocre de Iverson era melhor que o Cavs em qualquer ano que Lebron esteve por lá. Aquele Sixers de Iverson contava, por exemplo, com Dikembe Mutombo que ainda estava jogando em alto nível e fazia um excelente trabalho defensivo. Já Lebron James, o melhor companheiro de equipe que eu me lembro que ele teve no Cavs, foi um Shaquille O’neal em franca decadência.

      • Depois desses dois times o Dallas de 2006 era bem limitado também.

      • GoCavs

        O maior companheiro do Lebron no Cavs era Mo Willians, pra vocês verem o nível kkkk

  • maia-bucks

    Mike D’antoni vem ai? estao especulando em Ohio…

    • Vinícius Maia

      Está de brincadeira né?! tenho medo desses técnicos que tem o nome de Mike, foi um pior que o outro na temporada

  • L.Avila

    o ex tecnico do Warriors deve pintar eu acredito.

    • Não! O melhor pro Cavs é o L. Hollins.

      • Daniel Nogueira

        Mas, levando em conta o histórico de más aquisições da diretoria do Cavs, é muito provável pintar o D’antoni mesmo. rsrs…

      • Nettmann

        boa Daniel, ta ai um bom nome.

      • Mailson Silva de Sena

        Todo mundo quer ele. Gostaria de vê-lo no meu Thunder.

  • Uncle Drew

    Viva!!!!!!!!! o/ o/

  • Uncle Drew

    Parece q os principais cotados são Alvin Gentry ( assistente do Doc Rivers) e o assistente do Tom Thibodeau Adrien Griffin correm por fora,pasmem, Vinny Del Negro, Mike D’Antoni e Steve Kerr pq os três trabalharam com o GM David Griffin no Phoenix Suns

    • Julio Zago

      A direção dos Cavs enxergou o óbvio ao não dar continuidade ao trabalho de Brown, que em minha opinião foi péssimo, contudo, se não escolherem um técnico competente a mudança não surtirá efeito e os nomes citados ou são apostas ou são treinadores tão fracos quanto Brown.

  • Comemorações contidas ainda, resta saber quem vão trazer para substituí-los, gosto dos Cavs, Varejão merece mais destaque pelo jogador que é, e a chance do Irving mostrar todo seu potencial.

  • Levem o Spoelstra…… o homem é bom! Conquistou 2 títulos….

    • Gosto do Spoelstra. Com certeza não seria em vão que o Pat Riley montaria um time desse e colocaria um técnico que não é da confiança dele. Confio muito no Pat Riley.

  • Caetano

    Vai com dêos, mala!

  • caio_l

    Hollins eu não entendo o pq não está treinando uma franquia da NBA, ele é muito bom. Outro que poderia dar certo em cleveland seria o G.Karl.

    • RodrighoN

      Esse achoq ue combinaria com o Cavs, pelo menos ele é ótimo em temporada regular etc, times com jogadores rápidos alas de força não tão pesados etc da para emular um Denver lá pelo que estão pagando de folha salarial ir aos playoffs seria obrigação.