Cavs agradecerá Kyrie Irving com vídeo antes do confronto contra Celtics

A amarga separação entre Kyrie Irving e Cleveland Cavaliers não interromperá a ótima relação construída nos seis anos em que o armador prestou seus serviços à franquia.

Hoje à noite, coincidentemente no primeiro jogo da temporada, Irving voltará à Quicken Loans Arena, agora como jogador do Boston Celtics. E, pelo menos por parte do Cavs, não será um simples retorno. Antes do confronto, será transmitido na arena um vídeo em homenagem ao armador, segundo Joe Vardon do Cleveland.com.

O confronto também reeditará a última final de conferência, que sagrou o Cavaliers campeão da conferência Leste. Pela rivalidade e também pelas recentes declarações de Irving, sendo uma delas citando Cleveland como uma cidade inferior a Boston esportivamente, não se sabe se a reação da torcida será positiva.

Irving foi escolhido em 2011, pelo Cavs, como a primeira escolha geral do draft. Desde lá, teve médias de 21.6 pontos, 5.5 assistências, 3.4 rebotes e 1.3 roubadas de bola em 381 jogos. O mais inesquecível, com certeza, foi o jogo sete das finais de 2016, no qual o armador decidiu no fim com um arremesso de três pontos e ajudou o Cavs a conquistar o primeiro título de sua história.

Irving, all-star em quatro das seis temporadas na NBA, foi negociado em agosto ao Celtics. Em troca, o Cavs recebeu Isaiah Thomas, Jae CrowderAnte Zizic e mais duas futuras escolhas do draft.

A partir das 22h (horário de Brasília), você pode acompanhar o jogo entre Cavaliers e Celtics no SporTV2.

  • Gustavo – DefendTheLand

    Ídolo na cidade, uma pena que fora das quadras esta se mostrando um idiota, acho que a entrada dele em quadra vai ser um mix de aplausos e vaias, alguns sites e torcedores americanos do Cavs não gostaram nada da declaração feita por ele, diminuindo Cleveland.

  • Rogério Júnior

    Tá se mostrando mané igual ao Durant, cuspindo no prato em que comeu por tanto tempo. Vamos ver qual vai ser a reação dos fãs do Cavaliers, até porque pouca gente tem sangue de batata.

  • Lucas Antunes

    Sei lá, tão potencializando e descontextualizando demais uma declaração que ele fez que é uma verdade e não é nenhuma surpresa pra ninguém… Isso sem falar que ele nem falou no sentido de “cuspir no prato que comeu”. Não só em aspectos desportivos, Boston é uma cidade maior e mais importante que Cleveland. De qualquer forma, to ansioso pra ver o clima de hostilidade pro jogo de logo mais.

    • Gustavo – DefendTheLand

      N deixa de ser verdade a declaração, mas ela vir de um cara que foi campeão por Cleveland e acabou de ser trocado é uma facada no peito, pelo menos para muitos torcedores do Cavs, eu mesmo confesso que não esperava ele se comportar dessa maneira.

      • Lucas Antunes

        Sim, eu entendo que pode soar indigesto as palavras de Kyrie e, pra ser sincero, não me sentiria confortável tbm se Isaiah fosse para os Lakers, por exemplo, e falasse algo parecido sobre Los Angeles. Mas ainda assim, acho que é forçar a barra um pouco demais, visto que há duas semanas Kyrie esquivou-se de todo e qualquer tipo de polêmica no First Take (que “quase” não gosta de causar tempestades em copos d’água).

        • Gustavo – DefendTheLand

          Se esquivou pra falar por ele msm, eu acho que qnd vc sai de um time e tem uma história grandiosa nele segue sua vida, não fica fazendo comparações que não vão acrescentar em nada, só piorar sua reputação em uma cidade que todo mundo te amava.

          • Lucas Antunes

            Ok ok, concordo sobre a parte de ser desnecessário fazer um comparativo (ainda que acredite que essa “comparação” foi tirada de contexto e por isso repercutiu tanto). Apenas acho que Kyrie já demonstrou em diversas outras declarações que não tem intenção de polemizar contra cleveland, LJ ou qualquer outro ex-companheiro. É como se estivéssemos pressionando para que ele fizesse qualquer tipo de declaração que possa ser mal interpretada e, mesmo depois de tanto tempo fugir de polêmicas, a primeira “comparação” que ele faz entre as cidades, o cara vira inimigo público de metade de Ohio..

          • Gustavo – DefendTheLand

            Realmente a midia se esforça pra tentar gerar vilões, mas dessa vez apenas publicaram palavras dele que muitos fãs acharam que diminuiram a cidade, e por lá todos sabemos que eles são bem fanaticos.

    • William Felton

      As pessoas se acostumaram tanto à inverdade, aos disfarces, ao “não-me-toque”, que quando alguém diz uma [simples e básica] verdade, todos se assustam, se indignam e se enraivecem.

    • Victor Chittolina

      Que Boston é uma cidade maior e mais importante que Cleveland é inegável. Em número de títulos por todos os esportes americanos, a cidade só perde pra NY, ficando à frente de Los Angeles e Chicago, inclusive. De qualquer forma, Cleveland é uma cidade muito tradicional em relação aos esportes. Possui, há muitos anos, times nos três principais esportes: Futebol Americano (Browns), Beisebol (Indians) e Basquete (Cavs), além de ter um time na AHL, liga de desenvolvimento pra NHL. Eu achei um pouco desrespeitoso com uma cidade relativamente pequena e que é apaixonada por seus times, mas nada que valha todo esse auê.
      Sem levar em consideração que Cleveland é a cidade onde jogaram Jim Brown e LeBron James, dois TOP 5 all time do futebol americano e basquete, respectivamente.

    • João Simplicio

      O kyrie pegou foi leve, pois pelo pouco que eu sei, a região de Cleveland é uma merda! Altos índices de crime e desemprego, economicamente é uma bosta e ninguém quer morar por lá! Todo mundo q teve juízo foi embora desse lugar de merda! Dos anos 50 pra cá, com a saída da industria, aproximadamente 2/3 da população foi embora de lá! São sinônimo de fracasso nos EUA inteiro! A única coisa q ainda coloca Cleveland no mapa é o Lebron! Até em programa de tv e séries eles são aloprados! A cidade ta morta, só falta enterrar mesmo!

  • José Dos Santos De Oliveira Ju

    Não achei nada d ++++ a declaração !!!!

  • Victor Chittolina

    O Cavs aprendeu com a saída do LeBron. De cabeça quente, tentaram fechar as portas pra ele, mas tiveram que abrir novamente quando ele voltou a ser FA.
    Dessa vez, apesar da mágoa, fica a mensagem que o Kyrie segue bem vindo em Cleveland.

    • “KOBE” -Thank You Kyrie.

      Eu não acho q se deva comparar a saída do LeBron com a do Kyrie. A do LeBron foi mt pior do q isso, e a torcida ficou puta com ele, com toda a razão.

      • Rogério Rodrigues

        A do Lebron foi um auê que só. Mas ele era FA.
        Ja a do Irving, apesar do barulho ser menor ele pediu pra ser trocado. Dependendo da ótica pode ser considerado até pior.

        • “KOBE” -Thank You Kyrie.

          Mas o LeBron já dava sinais de q estava insatisfeito, no inicio da temporada. Já havia rumores de q ele e o Wade poderiam jogar juntos.
          Eu acho q, desde q ñ faça o q o Carmelo Anthony fez com o Denver. Q foi encher o saco o tempo todo pra ser trocado.. a saída do Kyrie foi a melhor possível. Ele foi direto, conversou com o dono ainda na Offseason, de forma discreta (tanto q só foram saber disso, 1 mês depois, senão me engano) e pediu para ser trocado.

      • Victor Chittolina

        Acho que são dois casos distintos, mas têm suas semelhanças. Acho que ambos, na verdade, pensaram só no lado pessoal deles, que buscavam um desafio diferente, só que o LeBron tinha o passe livre e o Kyrie não. Quando o Kyrie pediu pra sair, os principais nomes já não estavam livres. Paul, George e Butler já haviam sido negociados. Incrivelmente, o FA CP3 gerou um negócio melhor pro ex-time que os jogadores sob contrato. A troca que o Cavs conseguiu com o Celtics foi uma benção inimaginável. Poderia ter saído a preço de banana.
        A grande diferença que eu vejo é na maneira como isso foi veiculado. Enquanto LeBron anunciou num megashow, em transmissão pra vários países, Kyrie fez embaixo dos panos. Por isso a saída do LeBron foi mais traumática. Além disso, quando o LeBron saiu, o Cavs implodiu. Não tinha mais nada; Com a saída do Kyrie, o time continua com o melhor jogador do mundo e favorito pra chegar às finais.

        Lógico que têm algumas diferenças nas duas saídas, mas o Cavs, como instituição, acho que resolveu deixar claro pro Kyrie que, se ele um dia quiser voltar, as portas vão estar abertas pro talento dele.

      • Gustavo – DefendTheLand

        LeBron só fez uma coisa de errado o “The Decision”, claro que tbm fiquei bravo por ele ter saído, mas pelo menos eu sabia que ele saiu pq a franquia n lhe dava condições para ser campeão e que por mais que ele tenha saído Cleveland era o seu time, que era a cidade dele, tanto que ele voltou. Com o Kyrie eu não tenho essa sensação, e a que fica dps de algumas palavras dele é que ele não se importa muito com o time e o que ele representa em Cleveland.

  • Rafael Victor

    Legal a iniciativa do Cavaliers de homenagea-lo e tal, mas deve ser bastante hostilizado pela torcida!

  • Vinícius Maia

    Homenagem merecida.

    Mas como torcedor do cavs, será muito estranho vê-lo em Cleveland vestindo a camisa de outro time. Sei que com o tempo, vou me acostumar, mas imagino que hoje será uma sensação estranha

  • Crossover 🔥Comeback #2

    Legal da parte do Cavs e claro, além de ter sido campeão (o único título da franquia) foi importante pra tal feito (sem dúvidas merecido). Agora extra quadra o Kyrie que sempre se mostrou “crescidinho” precisa tomar cuidado pra não gerar ódio gratuito à si mesmo, Lebron com “a decisão” e ele agora com a declaração recente são o tipo de coisas que causam isso. E que fique claro que não to nem sequer comparando a magnitude das duas coisas, a primeira é muito mais marcante que a declaração que Irving deu, e boa sorte pra ele em Boston (não deixou e nem deve deixar de ser meu jogador favorito).

    P.S: Essa fonte do novo layout é bem maneira hein? Alguém sabe o nome (sei que é meio irrelevante) ?

    • Rogério Rodrigues

      Joguei a fonte no Word e deu que é Arial tamanho 7,5 no texto e 8 nos comentarios.

      • Crossover 🔥Bitchy Knees #9

        Eu to mobile (acho que é diferente), mas vou confirmar quando tiver em um desktop, valeu !!!

  • Danilo Celtics #Banner18

    tomara q faça uns 60 pts pra agradecer o video

  • “KOBE” -Thank You Kyrie.

    J.R. zoando o excesso de dribles sem sair do lugar (overdribbling), do Kyrie. rs
    https://twitter.com/WFNYScott/status/919973852431749121

    • Vinícius Maia

      J.R. Smith não seria o cara mais apropriado para provocar o Kyrie. Irving pode fazê-lo dançar com certa facilidade.