Celtics passa aperto em casa, mas supera o Knicks

Rodada ainda teve vitórias do Pistons, Timberwolves e Thunder, líder do Oeste

Jogando em casa, o Boston Celtics não teve vida fácil para alcançar a 12ª vitória – terceira de forma consecutiva – na temporada. A torcida local precisou esperar até o último segundo para comemorar o triunfo sobre o errante New York Knicks, 10º colocado da conferência Leste, por 91 a 89.

Após passar a maior parte do jogo em desvantagem, o Celtics recuperou-se no período final e passou a frente com uma cesta de três pontos de Ray Allen. No minuto decisivo, os visitantes ainda tiveram três chances de retomar a liderança, mas não conseguiu converter o arremesso da vitória.

Perdendo por dois pontos, o ala-pivô Steve Novak ainda teve uma oportunidade derradeira de levar o confronto para a prorrogação, mas, bem marcado, não teve sucesso.

O ala Paul Pierce foi, mais uma vez, cestinha do Celtics – 30 pontos. Pelo lado do Knicks, Carmelo Anthony anotou 26 pontos e o pivô Tyson Chandler fez 20.

Destaques

New York

Carmelo Anthony: 26 pontos, seis rebotes
Tyson Chandler: 20 pontos, 11 rebotes, quatro roubos de bola
Amare Stoudemire: 16 pontos, 11 rebotes
Landry Fields: 11 pontos

Boston

Paul Pierce: 30 pontos, sete rebotes e cinco assistências
Kevin Garnett: 15 pontos, oito rebotes
Ray Allen: 14 pontos, cinco rebotes

Milwaukee Bucks 80 X 88 Detroit Pistons

Após sofrer sete derrotas consecutivas, o Detroit Pistons contou com o apoio de sua torcida para reencontrar o caminho das vitórias. O time comandado por Lawrence Frank derrotou o Milwaukee Bucks, que vinha de três triunfos seguidos.

A vantagem da equipe da casa foi construída no segundo quarto, quando o novato Brandon Knight e o ala Tayshaun Prince comandaram a disparada do Pistons no placar. No último período, o Bucks emplacou uma reação e ficou a apenas quatro pontos do empate, mas os locais defenderam bem a diferença para fechar o confronto.

Com 26 pontos, Knight não apenas foi o cestinha da noite, mas também conseguiu a maior pontuação de sua breve carreira. Pelos visitantes, o armador Brandon Jennings anotou 20 pontos.

Destaques

Milwaukee

Brandon Jennings: 20 pontos, três roubos de bola
Shaun Livingston: 14 pontos

Detroit

Brandon Knight: 26 pontos, sete assistências
Greg Monroe: 18 pontos, 11 rebotes
Tayshaun Prince: 13 pontos, nove rebotes
Rodney Stuckey: dez pontos, seis rebotes

Minnesota Timberwolves 108 X 105 New Jersey Nets

Em partida bastante equilibrada, o Minnesota Timberwolves conseguiu uma importante vitória fora de casa para se manter na corrida por uma vaga na pós-temporada. A vítima foi o New Jersey Nets, atual 11º colocado da conferência Leste.

Com menos de dois minutos para o término do jogo, as duas equipes estavam empatadas em 99 pontos. Neste momento, brilhou a estrela do veterano armador Luke Ridnour: anotando sete dos últimos nove pontos dos visitantes (quatro deles em lances livres), ele foi fundamental para sacramentar o resultado e a 11ª vitória do Timberwolves na temporada.

Nem mesmo os 42 pontos do ala-armador Anthony Morrow, maior marca pessoal na carreira, foram capazes de impedir a derrota do Nets. Pelo lado vencedor, o cestinha foi o pivô reserva Nikola Pekovic (27).

Destaques

Minnesota

Nikola Pekovic: 27 pontos, 11 rebotes
Kevin Love: 20 pontos, dez rebotes, cinco assistências
Ricky Rubio: dez pontos, dez assistências, seis roubos de bola
Wesley Johnson: dez pontos, oito rebotes
Michael Beasley: dez pontos

New Jersey

Anthony Morrow: 42 pontos
Kris Humphries: 16 pontos, nove rebotes, quatro tocos
Jordan Farmar: 14 pontos, sete assistências
Deron Williams: 12 pontos, cinco rebotes, 14 assistências, seis erros de ataque

Memphis Grizzlies 94 X 101 Oklahoma City Thunder

Com um excelente ultimo período, o Oklahoma City Thunder fez jus ao seu mando de quadra e passou pelo Memphis Grizzlies. Esta foi a 18ª vitória do time comandado por Scott Brooks em 22 jogos disputados.

Depois de ficar atrás no marcador durante quase todo o jogo, a equipe local entrou no último minuto de jogo empatando em 94 pontos. A partir de então, brilhou a estrela de Kevin Durant, que contou com os erros do adversário para anotar os últimos sete pontos do confronto e decidir a partida.

Como de costume, Durant acabou como cestinha da noite com 36 pontos. Já pelo Grizzlies, o pivô Marc Gasol saiu de quadra com 24.

Destaques

Memphis

Marc Gasol: 24 pontos, oito rebotes
Rudy Gay: 23 pontos, oito rebotes
Tony Allen: 17 pontos, seis rebotes
O.J. Mayo: 13 pontos
Mike Conley: 11 pontos, cinco assistências

Oklahoma City

Kevin Durant: 36 pontos, dez rebotes
James Harden: 24 pontos
Russell Westbrook: 21 pontos, sete assistências, cinco erros de ataque