Rodada ainda teve vitórias do Pistons, Timberwolves e Thunder, líder do Oeste

Jogando em casa, o Boston Celtics não teve vida fácil para alcançar a 12ª vitória – terceira de forma consecutiva – na temporada. A torcida local precisou esperar até o último segundo para comemorar o triunfo sobre o errante New York Knicks, 10º colocado da conferência Leste, por 91 a 89.

Após passar a maior parte do jogo em desvantagem, o Celtics recuperou-se no período final e passou a frente com uma cesta de três pontos de Ray Allen. No minuto decisivo, os visitantes ainda tiveram três chances de retomar a liderança, mas não conseguiu converter o arremesso da vitória.

Perdendo por dois pontos, o ala-pivô Steve Novak ainda teve uma oportunidade derradeira de levar o confronto para a prorrogação, mas, bem marcado, não teve sucesso.

O ala Paul Pierce foi, mais uma vez, cestinha do Celtics – 30 pontos. Pelo lado do Knicks, Carmelo Anthony anotou 26 pontos e o pivô Tyson Chandler fez 20.

Destaques

New York

Carmelo Anthony: 26 pontos, seis rebotes
Tyson Chandler: 20 pontos, 11 rebotes, quatro roubos de bola
Amare Stoudemire: 16 pontos, 11 rebotes
Landry Fields: 11 pontos

Boston

Paul Pierce: 30 pontos, sete rebotes e cinco assistências
Kevin Garnett: 15 pontos, oito rebotes
Ray Allen: 14 pontos, cinco rebotes

Milwaukee Bucks 80 X 88 Detroit Pistons

Após sofrer sete derrotas consecutivas, o Detroit Pistons contou com o apoio de sua torcida para reencontrar o caminho das vitórias. O time comandado por Lawrence Frank derrotou o Milwaukee Bucks, que vinha de três triunfos seguidos.

A vantagem da equipe da casa foi construída no segundo quarto, quando o novato Brandon Knight e o ala Tayshaun Prince comandaram a disparada do Pistons no placar. No último período, o Bucks emplacou uma reação e ficou a apenas quatro pontos do empate, mas os locais defenderam bem a diferença para fechar o confronto.

Com 26 pontos, Knight não apenas foi o cestinha da noite, mas também conseguiu a maior pontuação de sua breve carreira. Pelos visitantes, o armador Brandon Jennings anotou 20 pontos.

Destaques

Milwaukee

Brandon Jennings: 20 pontos, três roubos de bola
Shaun Livingston: 14 pontos

Detroit

Brandon Knight: 26 pontos, sete assistências
Greg Monroe: 18 pontos, 11 rebotes
Tayshaun Prince: 13 pontos, nove rebotes
Rodney Stuckey: dez pontos, seis rebotes

Minnesota Timberwolves 108 X 105 New Jersey Nets

Em partida bastante equilibrada, o Minnesota Timberwolves conseguiu uma importante vitória fora de casa para se manter na corrida por uma vaga na pós-temporada. A vítima foi o New Jersey Nets, atual 11º colocado da conferência Leste.

Com menos de dois minutos para o término do jogo, as duas equipes estavam empatadas em 99 pontos. Neste momento, brilhou a estrela do veterano armador Luke Ridnour: anotando sete dos últimos nove pontos dos visitantes (quatro deles em lances livres), ele foi fundamental para sacramentar o resultado e a 11ª vitória do Timberwolves na temporada.

Nem mesmo os 42 pontos do ala-armador Anthony Morrow, maior marca pessoal na carreira, foram capazes de impedir a derrota do Nets. Pelo lado vencedor, o cestinha foi o pivô reserva Nikola Pekovic (27).

Destaques

Minnesota

Nikola Pekovic: 27 pontos, 11 rebotes
Kevin Love: 20 pontos, dez rebotes, cinco assistências
Ricky Rubio: dez pontos, dez assistências, seis roubos de bola
Wesley Johnson: dez pontos, oito rebotes
Michael Beasley: dez pontos

New Jersey

Anthony Morrow: 42 pontos
Kris Humphries: 16 pontos, nove rebotes, quatro tocos
Jordan Farmar: 14 pontos, sete assistências
Deron Williams: 12 pontos, cinco rebotes, 14 assistências, seis erros de ataque

Memphis Grizzlies 94 X 101 Oklahoma City Thunder

Com um excelente ultimo período, o Oklahoma City Thunder fez jus ao seu mando de quadra e passou pelo Memphis Grizzlies. Esta foi a 18ª vitória do time comandado por Scott Brooks em 22 jogos disputados.

Depois de ficar atrás no marcador durante quase todo o jogo, a equipe local entrou no último minuto de jogo empatando em 94 pontos. A partir de então, brilhou a estrela de Kevin Durant, que contou com os erros do adversário para anotar os últimos sete pontos do confronto e decidir a partida.

Como de costume, Durant acabou como cestinha da noite com 36 pontos. Já pelo Grizzlies, o pivô Marc Gasol saiu de quadra com 24.

Destaques

Memphis

Marc Gasol: 24 pontos, oito rebotes
Rudy Gay: 23 pontos, oito rebotes
Tony Allen: 17 pontos, seis rebotes
O.J. Mayo: 13 pontos
Mike Conley: 11 pontos, cinco assistências

Oklahoma City

Kevin Durant: 36 pontos, dez rebotes
James Harden: 24 pontos
Russell Westbrook: 21 pontos, sete assistências, cinco erros de ataque

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Caio Aded

    Mais uma vez o knicks mostra q pode fazer jogo duro com as melhores equipes,mas ñ sabe ganhar os jogos.Os ultimos ataques ontem foram rídiculos