Chris Bosh está aberto a voltar às quadras nesta temporada: “Não parei ainda”

Chris Bosh está considerando novamente um retorno ao basquete profissional – e mais cedo do que poderíamos imaginar. Em participação no programa “First Take”, da ESPN, o ala-pivô de 33 anos anunciou ter retomado os treinamentos específicos em quadra nos últimos meses. Seu plano seria voltado para uma possível volta à NBA ainda em 2018.

“Eu estou dentro do ginásio de novo e ainda posso jogar basquete. Então, não parei de jogar ainda. Sim, estou tentando retornar. Fico assistindo a esses jogadores que só arremessam para três pontos e não defendem nada e penso comigo: ‘preciso de um pouco disso’. Acho que posso fazer isso, sim”, brincou o bicampeão da NBA pelo Miami Heat.

E, quando Bosh fala em 2018, não se refere exclusivamente ao segundo semestre do ano. Se uma oferta surgir nas próximas semanas, ele ouviria com entusiasmo. “Meus planos de retorno à NBA giram em torno da temporada que vem, mas nem todas as vagas nos elencos estão preenchidas agora, né? Então, sempre há uma possibilidade”, cogitou.

O veterano foi obrigado a “abandonar” a carreira por conta de duas incidências de coágulos sanguíneos. O primeiro foi diagnosticado no pulmão, em fevereiro de 2015, em quadro considerado grave pelos médicos do Heat. No ano seguinte, o problema apareceu na panturrilha do jogador e a franquia resolveu afastá-lo de forma definitiva.

“Eu descobri que a medicina é como o direito: alguns médicos dizem sim e outros dizem não. Geralmente, o veredito é a opinião da maioria. Não vou colocar minha vida em risco pelo basquete, então, se retornar às quadras, podem ter certeza de que não será uma situação que arrisque minha saúde”, assegurou o ala-pivô, dizendo estar clinicamente liberado para jogar.

Bosh está recebendo integralmente os US$52.1 milhões a que teria direito por seu antigo contrato com o Heat, até junho de 2019, em parcelas mensais. Por isso, ele não poderia assinar com o time da Flórida. O astro, que terá camisa aposentada pela franquia, acumula médias de 19.2 pontos, 8.5 rebotes e 2.0 assistências em 893 partidas na NBA.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Jack

    Ótimo jogador, se voltasse a jogar 50% do que jogava era um ótimo reforço para todos os times da Nba.
    Mas, infelizmente, acho que não volta mais, só que espero tá errado.

  • Daniel Nogueira

    Saudades desse cara. Se voltar pelo Raptors será épico.

  • Diego Costa

    Vem pro Thunder.

  • Beto cargnin

    Jogava demais esse cara.
    Tomara que volte bem.

  • Damon

    Faz muita falta ao heat.
    Se tivesse saudável. Heat teria ido bem mais longe nas temporadas passadas.

  • Gustavo – DefendTheLand

    Se ele afirma que tem condições de voltar as quadras sem prejudicar sua saúde, que volte logo então, ele ali no lugar do TT seria o que o Cavs precisa. Conversa logo com o Bron e arruma as malas, Cleveland esta esperando vc.

    • Claudio R.

      Kkkkk

      • Gustavo – DefendTheLand

        Slk, um Center unicornio n se vê todo dia, se ele jogar 50% do que jogava ainda entra de titular em muitas equipes.

        • Claudio R.

          Sim sim…. eu pensei isso e vc escreveu por isso ri….

  • Claudio R.

    Me arrisco a dizer hj, que se ele tivesse continuado a carreira sem ter esse problema, hj pelo seu estilo de jogo, ele seria vital hj pra algum contender. E seria dps do Davis o melhor PF da Nba

    • Daniel Nogueira

      Hj?

      • Claudio R.

        Hj se tivesse tido continuidade da carreira , sem ter parado, entende ?

    • Vitor Medson

      Melhor PF depois do Davis eu acho bem difícil, mas seria importante em qualquer time que estivesse jogando. Se ainda estivesse pelo Heat seria jogador pra mais de 18 pontos tranquilo.

    • Guilherme Petros

      Será que hoje ele seria melhor que o Green, Porzings, Griffin e Aldridge logo de cara? Sei não…

      • Claudio R.

        Não man, hj não… se tivesse continuado a carreira no Miami logo após a saída do Lebron e wade. Sem ter esse problema no pulmão

        • Guilherme Petros

          Ah, aí poderia ser. Mas, infelizmente, nunca saberemos… 🙁

      • Diego Costa

        Melhor que o Green fácil fácil

        • Guilherme Petros

          Vc ta doidão… rs

          • Diego Costa

            Com eu doido ou não, ele é mais jogador que o Green sim.

          • Guilherme Petros

            Hoje? Voltando depois de anos parado e com histórico de saúde grave? Mas não é mesmo.

          • Diego Costa

            Óbvio que não, mas ele no auge ele era mais jogador que o Green tranquilamente. De olhos fechados até

          • Guilherme Petros

            então não estamos no mesmo assunto… rs

  • Michel Moral

    Acho que nessa entrevista teve um misto de ironia, de alguém que fez muito pelo basquete e pode se dar ao luxo de falar e criticar o que quiser, com um pouco de marketing pessoal e exposição. Um assunto desse precisa ser tratado de forma mais séria do que isso.

    Vai ser muito difícil ele voltar, pois são bons anos longe. A rotina de treinamentos, a questão física e o ritmo de jogos, não se paga tão facilmente. Não é simplesmente “ah, ele sabe jogar”. Quando eu afirmei a mesma coisa sobre o Ray Allen, quando ele postou uma foto trincado, fui trucidado. Mas e aí? Ele voltou? A corridinha na praia o fez voltar? Nenhum time encostou nele e ofereceu uma proposta para jogar… Apenas para ser mentor, influenciar os mais jovens. Mas por que isso? Ninguém garantiria tempo de quadra para um cara que ficou tantos anos fora do jogo.

    Então, o que o Chris Bosh espera em um possível retorno? Por mais que seja mais jovem que Allen, os motivos que o levaram a ficar longe das quadras são muito, mas muito piores e preocupantes.

    Torço muito por ele e principalmente pela vida dele. Mas quando se fala em retorno, às vezes os caras criam uma expectativa, como se não tivesse acontecido nada nesse meio de tempo. Até a liga vai mudando.

    E esse papo de que hoje só precisa arremessar de três e é desnecessário marcar, por mais que os números apontem isso, um jogador que fica limitado a esse tipo de proposta tende a ficar como um bench warmer.

  • Frei Presti

    Fico assistindo a esses jogadores que só arremessam para três pontos e não defendem nada e penso comigo: ‘preciso de um pouco disso’

    DeBoshado, alfinetando uma rapaziada ai

  • pedrokadf

    Mito, camisa aposentado em miami, triste final de carreira, acho q ele está forçando a barra em querer voltar, a situação clinica dele é delicada, acho difícil alguma franquia assumir esse risco…
    eu digo risco de morte sim, alguns medicaram já alertaram para a gravidade da sua situação…
    #CB #DINO

    • Vinícius Maia

      Também acho que ele está forçando a barra. O cara é um pai de família, devia pensar nisso já que corre risco de vida se voltar a jogar.

  • Vitor Medson

    Meu jogador preferido na liga, mas espero que só volte se estiver 100% saudável.

  • Jones

    “Fico assistindo a esses jogadores que só arremessam para três pontos e não defendem nada e penso comigo: ‘preciso de um pouco disso’. Acho que posso fazer isso, sim”

    http://www.theplayoffs.com.br/wp-content/uploads/2018/01/kevin-love-cavaliers-2017-getty-768×512.jpg

    • Ricardo Soares

      As pessoas têm memória curta, o Bosh era tão “soft” quanto o Love. Lembro q todos os comentaristas, sem exceção, reclamavam q ele não gostava de contato. E ele não pegava tantos rebotes quanto o Love. Daqui a algum tempo, quando o Love se aposentar, vão dizer q ele (Love) era um monstro.

    • Albert Santos

      Kkkkkkk

  • Gustavo Macedo

    Faça as malas e vá buscar mais um anel em Houston.
    Barba, Paul, Capela, Bosh e Gordon seriam imbatíveis.

    • Daniel Fernandes

      Ele falou q queria Houston ou GSW

  • Tárcio

    Ele deu essa entrevista no treinamento do Lakers, onde já foi visto inúmeras vezes nos últimos meses, fazendo exercícios e também apenas assistindo aos treinos na companhia do seu ex-agente e amigo pessoal, Rob Pelinka.
    Acredito que existe sim um plano pra ele voltar, assim que puder, e quem o incentiva é seu amigo e futuro chefe.

  • Dudu Ferrero

    fala com o Lebron e vem ser titular do Cavs no Lugar do TT mas vai ter q jogar menos no perimetro e mais dentro do garrafão

  • Victor Chittolina

    “Eu descobri que a medicina é como o direito: alguns médicos dizem sim e outros dizem não. Geralmente, o veredito é a opinião da maioria. Não vou colocar minha vida em risco pelo basquete, então, se retornar às quadras, podem ter certeza de que não será uma situação que arrisque minha saúde”

    Isso me lembra a velha questão de beber álcool enquanto estamos tomando antibiótico. Mesmo que 20 médicos dizem que não podemos, a tendência é acreditar naquele que diz que não tem problema.
    Só que, nesse caso, é uma decisão apenas nossa. Não dependemos de um time acreditar nessa premissa. É muito complicado alguém arcar com a responsabilidade de colocar no elenco um jogador que alguns médicos afirmam ter risco de morte se ele voltar a jogar.

    É muito legal ver a paixão que o Dino tem pelo jogo. Mas a condição de saúde dele me faz pensar que não tem como ele jogar profissionalmente de novo. Infelizmente.

  • Luiz h matos

    Vem ser feliz no gsw .

  • Elvis Monteiro

    Sei que a situação dele não é simples mas lendo notícias de que ele deseja voltar a jogar não consigo deixar de imaginar esse cidadão jogando em Houston. Seria um puta UP pra equipe inicialmente vindo do banco pra pegar ritmo e, quem sabe, se tornando titular mais a frente. Saudades do Dino em quadra.Teve que se afastar novo demais :

    • Claudio R.

      Putzgrila, ainda não tá bom o elenco do Rockets não ? Chris Paul, Harden, Ariza , Joe Johnson …. ainda precisa do Chris bosh ?

      • vsr.snake

        O cara tá parecendo torcedor do Cavaliers ou Warriors hehehehehe

        • Daniel Fernandes

          Kkkkk cara li a entrevista dele na integra, perguntaram a ele se teria algum time em mente ele disse gsw ou Houston !!!

        • Elvis Monteiro

          Se for voltar, duvido que escolha uma equipe mais ou menos. Vai querer um contender onde possa ter espaço e Houston nesse ponto é uma opção até porque o titular na 4 é fraquíssimo. Mas enfim, cada um com sua opinião. Você já está dizendo que quero todo mundo. Paciência rs

      • Gustavo Macedo

        Mano deixa o cara ser feliz. Não tem coisa mais linda que jogar com o Barba e o CP3!

      • Elvis Monteiro

        Joe johnson já passou do auge faz tempo demais. Trás experiência mas não rende muito. Espero que queime minha língua

  • Marcelo Desoxi

    Saudades Dino, joga de terno.

  • Rafa Oliveira

    Dino, saudades de você em miami, apesar disso. Saúde é saúde, não arriscaria sua vida assim como não o aceitaria no meu time. Você é craque, que permaneça a memoria de você jogando e acima de tudo, sendo um MONSTRO. Aposente sua camisa e viva, você jogou demais, sou eternamente grato.

  • Evandro

    Cavs está justamente com duas vagas a serem preenchidas e uma delas é na posição mais carente que vc joga e sera sua com a bênção de seu parceiro LJ….se está clinicamente liberado e treinando vem ser feliz e ensinar ao T.T como um Center de alto nível joga…

  • Rogério #Paidams #AllStar

    Pode vim pro Thundão. Se não quiser, pode se aposentar então.