Chris Paul reverencia carreira e postura de Nenê: “Tenho enorme respeito por ele”

Nenê Hilário não esconde que a aposentadoria das quadras está mais próxima do que os torcedores brasileiros gostariam. E, se a participação dentro de quadra pelo Houston Rockets já não é tão grande assim, o seu papel como influência positiva no vestiário ainda é muito forte. Uma das principais referências do elenco, o astro Chris Paul admite que vê o pivô como um exemplo para a carreira.

“Eu já tive a oportunidade de jogar com ótimos veteranos e atuar por tanto tempo na NBA diz bastante sobre o comprometimento de Nenê. Existem algumas coisas que passam despercebidas dos fãs, mas chamam a atenção do elenco e ganham respeito dos jogadores. Dá para ver a ética de trabalho dele refletida nos seus olhos e ações”, disse o armador, em entrevista ao site The Undefeated.

Em 17 temporadas na NBA, Nenê acumula 965 jogos disputados e é o único atleta ainda em atividade selecionado no draft de 2002. Poderiam ter sido, na verdade, até mais partidas realizadas se não tivesse tido a carreira atrapalhada por várias lesões e um câncer genital. O jogador brasileiro, hoje, registra médias de 11.3 pontos (54.8% de acerto nos arremessos de quadra) e 6.0 rebotes.

“Nenê nem entrou em quadra nos dois primeiros jogos dos playoffs, mas estava no ginásio todas as manhãs para cuidar do corpo. Sempre. Os jogadores mais jovens podem até não notar isso, achar normal, mas é algo importante para alguém que deseja continuar jogando e ter sua mesma longevidade. Eu tenho enorme respeito por ele”, concluiu o experiente armador, dois anos mais jovem do que o pivô.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.