O Los Angeles Clippers não quer dar chances para que DeAndre Jordan teste o mercado. A franquia iniciou negociações para uma extensão contratual prévia com o pivô titular nas últimas semanas, adiantando-se à possibilidade do atleta tornar-se agente livre em julho do ano que vem. A informação foi confirmada pelas duas partes, mas um acordo ainda não estaria próximo de acontecer.

“Obviamente, nós queremos a permanência de DeAndre aqui e que ele encerre sua carreira conosco. Mas não há nenhuma novidade nesse caso. Esse é o estágio das tratativas no momento”, resumiu o presidente de operações da equipe, Lawrence Frank. Por não ter agente ou empresário, o jogador de 29 anos representa a si mesmo e negocia diretamente com os dirigentes angelinos.

Jordan é elegível para uma extensão de pouco mais de US$200 milhões por cinco anos com o Clippers e, caso resolva sair, poderá assinar contrato de até US$175 milhões por quatro temporadas com outro time. Em 81 jogos disputados em sua nona temporada na NBA – todas com a camisa do time de Los Angeles –, o pivô registrou médias de 12.7 pontos, 13.8 rebotes e 1.7 tocos.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • nandocavs

    invista 10 milhões só para tentar melhor o lance livre.

  • Alex Alves

    NBA esta maluca um cara como Jordan ganhar 40 milhões por ano rsrsrs, se algum time pagar mais de 25 é maluquice.

    • Pablo Leite

      Isso nunca é só sobre o quanto o cara merece ganhar. É quanto custaria para arranjar outro jogador e sobre os Bird Rights (principalmente). Com exceção de uma ou duas franquias, todas as outras iniciam as temporadas com CAP estourado. Perder esse tipo de jogador é um golpe e tanto em termos de orçamento.

      • Rogério Rodrigues

        Se ninguem tem cap pra assinar com ele pelos 175, se sou o clippers renovo com ele por um valor mais baixo então.
        Deixa o mercado ditar o que ele vale, em vez de impor um valor.
        Igual fizeram com o Noel em Dallas

        • Pablo Leite

          Jordan não é o Noel. Noel é um cara sem uma carreira consolidada que nem tem conseguido se manter saudável. Se ano que vem ele estiver livre, você acha que o Dallas investiria em quem, Noel ou Jordan?

          • Thiago Pinto

            Dallas, especificamente, acho que daria ao Noel! rs

          • Pablo Leite

            Talvez, mas se até o Cavs aceitou o Lebron de volta, porque não negociariam com o Jordan, apesar da trairagem da última negociação? Ou se o Durant quisesse voltar a OKC, não negociariam com ele? Ou se o Wade tiver basquete e aceitar um salário menor, não voltaria a Miami? No final das contas, o que importa é se o cara faz o time vencer.

  • Victor Chittolina

    Jordan é o pior jogador bom da liga.
    Não tem como dizer que ele é ruim, mas o jogo dele tem tantas deficiências que, às vezes, parece que ele é fraco quando, na verdade, ainda é um dos melhores da posição na NBA.

    • Perfeito.

    • JOSE MARINHO

      Negócio é que o cara eh o físico mais animal da nba kkkkk ai compensa o jogo ofensivo dele.

  • Vitor Martins

    Será que vão precisar trancar ele dentro de casa?

  • Fabrica de Vassilo

    Sei que ele é um dos melhores da liga e tal, mas 200mi? Por favor, que não façam isso, não acho que nem 175mi vão oferecer pra ele por aí.

  • JOSE MARINHO

    Vocês vão se surpreender com DJ6 nessa temporada, ele anda treinando muito chute de 3pts, ontem mesmo chutou 100 bolas pra 3pts, não acertou nenhuma, mas ja conseguiu acertar o aro em 6 oportunidades e a tabela em outras 15 oportunidades, evolução, evolução palavra é essa.

  • Benito Gantes

    tem alguma coisa errada na informação: “… uma extensão de
    pouco mais de US$200 milhões por cinco anos com o Clippers e, caso
    resolva sair, poderá assinar contrato de até US$175 milhões por quatro
    temporadas com outro time”
    Se não me engano o máximo para outra equipe é algo em torno de 135~150. Do jeito que está a info é mais vantajoso (recebe mais por ano) sair.

  • DNT

    25 milhões por ano é o suficiente, mas é provável que o Clippers dê a mais que isso.

  • Gustavo Macedo

    O lance de dar ou não dar as 200milhas pra ele é só um: ONDE ARRUMA OUTRO ANIMAL PRA JOGAR DE PIVOZÃO VÉI QUE NEM ELE? Tem não chefia! Então se tem espaço na folha e o Clippers tem a ambição de ainda tentar ser campeão de conferencia, enquanto o Griffin ainda tem um “gaizinho”, tem que segurar ele mesmo.
    (eu acho que os dois últimos anos foram o auge e agora já desandou)
    A única opção MELHOR QUE ESSA, seria convencer o Blake a jogar de pivô. No começo da carreira ele tava mais pra defasa do garrafão do que pra condução e criação de jogadas igual o Lebron faz.
    Eu sou fã do DAJ!