Clippers se reabilita e derrota Heat em Los Angeles; Lakers vence Jazz fora de casa

No jogo mais esperado da rodada, o Los Angeles Clippers contou com o apoio de sua torcida para superar o Miami Heat por 95 a 89. Depois de empate em 86 pontos no tempo regular, os comandados de Vinny Del Negro foram beneficiados pela pontaria pouco precisa do oponente para levar a melhor nos cinco minutos extras.

Assim como já havia acontecido contra o Golden State Warriors, na noite anterior, a equipe da Florida teve problemas para finalizar o confronto. O astro LeBron James acertou apenas três dos seis lances livres que teve nos dois minutos finais do quarto período, enquanto Dwyane Wade não tentou sequer um arremesso.

A fase ruim continuou na prorrogação, quando o Heat converteu somente um tiro de quadra: uma bola de três do armador Mario Chalmers. O Clippers, com nove pontos anotados no tempo extra, deixou o Staples Center com a quinta vitória da temporada.

Destaques

Miami

LeBron James: 23 pontos, 13 rebotes, sete assistências
Mario Chalmers: 18 pontos, cinco assistências
Dwyane Wade: 17 pontos, sete rebotes
Chris Bosh: 16 pontos, 11 rebotes

LA Clippers

Chris Paul: 27 pontos, seis rebotes, 11 assistências
Blake Griffin: 20 pontos, 12 rebotes
Caron Butler: 20 pontos
Chauncey Billups: 12 pontos, seis assistências
DeAndre Jordan: oito pontos, 11 rebotes, seis tocos

Houston Rockets 95 X 101 San Antonio Spurs

O San Antonio Spurs precisou da prorrogação para fazer valer o seu mando de quadra e derrotar o Houston Rockets no clássico do Texas. Após empate em 90 pontos ao término do quarto período, o time da casa garantiu a vitória no tempo extra emplacando uma excelente defesa: os visitantes fizeram apenas duas cestas nos cinco minutos de disputa.

O armador Tony Parker foi o cestinha da partida, contribuindo para o triunfo do Spurs com 28 pontos. Pelo lado do Rockets, o também armador Kyle Lowry, fez 22.

Destaques

Houston

Kyle Lowry: 22 pontos, seis rebotes, sete assistências, três roubos de bola
Luis Scola: 20 pontos, cinco rebotes
Kevin Martin: 18 pontos, seis rebotes
Patrick Patterson: dez pontos, sete rebotes

San Antonio

Tony Parker: 28 pontos, cinco rebotes, oito assistências
Tim Duncan: 17 pontos, 11 rebotes, cinco assistências, três roubos de bola
Kawhi Leonard: 11 pontos, oito rebotes

New Jersey Nets 115 X 123 Denver Nuggets

Mesmo desfalcado do armador Ty Lawson, o Denver Nuggets não teve problemas para despachar o New Jersey Nets, penúltimo da conferência Leste, em casa. O time local abriu diferença confortável nos três primeiros períodos e apenas preocupou-se em administrar o resultado nos 12 minutos finais.

O armador Jordan Farmar saiu do banco de reservas do Nets para ser o cestinha do jogo, com 26 pontos. O Nuggets teve no ala Danilo Gallinari seu principal anotador: 22 pontos.

Destaques

New Jersey

Jordan Farmar: 26 pontos
Anthony Morrow: 23 pontos
Deron Williams: 16 pontos, 13 rebotes
Kris Humphries: 12 pontos, nove rebotes
Sundiata Gaines: 11 pontos
MarShon Brooks: dez pontos

Denver

Danilo Gallinari: 22 pontos, cinco assistências
Corey Brewer e Arron Afflalo: 19 pontos cada
Rudy Fernandez: 15 pontos, cinco rebotes, oito assistências, quatro roubos de bola
Al Harrington: 13 pontos
Andre Miller: 12 pontos, 12 assistências

Orlando Magic 107 X 104 Portland Trail Blazers

O Orlando Magic foi até Portland e surpreendeu o Blazers, vice-líder do Oeste. Construindo uma dianteira confortável nos dois primeiros períodos, os visitantes pareciam ter o jogo nas mãos no início do segundo tempo. Porém, os comandados de Stan Van Gundy permitiram a reação local e viram o triunfo ficar sob perigo nos minutos finais.

Embora tenha saído de quadra, o armador Jamal Crawford foi o principal anotador do confronto: 24 pontos. Pelo lado vencedor, J.J. Redick anotou 17.

Destaques

Orlando

J.J. Redick: 17 pontos, quatro rebotes, quatro assistências
Ryan Anderson: 16 pontos, nove rebotes
Hedo Turkoglu: 16 pontos, seis assistências
Jameer Nelson: 16 pontos, cinco assistências
Jason Richardson: 15 pontos
Dwight Howard: 13 pontos, 13 rebotes
Glen Davis: 11 pontos, seis rebotes

Portland

Jamal Crawford: 24 pontos, cinco assistências
LaMarcus Aldridge: 23 pontos, oito rebotes
Wesley Matthews: 17 pontos
Gerald Wallace: 15 pontos, cinco assistências
Nicolas Batum: 14 pontos

Los Angeles Lakers 90 X 87 Utah Jazz

Em Salt Lake City, Los Angeles Lakers e Utah Jazz protagonizaram mais uma partida decidida na prorrogação. Ao fim do confronto, os visitantes levaram a melhor. A vitória poderia ter sido selada ainda no tempo regular, se o astro Kobe Bryant tivesse acertado um arremesso no último segundo.

No tempo extra, porém, ele não deixou o time na mão: foi o responsável pelo toco que deu números finais ao confronto. Além disso, o ala-armador contribuiu para a vitória como visitante sendo o cestinha da noite: 40 pontos. Pelo Jazz, o ala-pivô Paul Millsap fez 29.

Destaques

LA Lakers

Kobe Bryant: 40 pontos, oito rebotes
Pau Gasol: 14 pontos, 11 rebotes
Andrew Bynum: 12 pontos, nove rebotes, cinco tocos
Matt Barnes: 11 pontos, sete rebotes

Utah

Paul Millsap: 29 pontos, nove rebotes
Josh Howard: 18 pontos
Al Jefferson: 11 pontos, 11 rebotes

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • mateus 22

    incrivel o numero de assistencias do jogo Clippers vs Heat, somando ai os principais destaques de cada lada fora quase 30, enquanto isso no NBB tem jogo q somando os dois times num chegam a 15!

  • jogaço! entre lakers e jazz, deu gosto de ver essa defesa do lakers na prorrogação, grande jogo!

  • Julio Zago

    Kobe segue fazendo a diferença nos Lakers, outro jogo de 40 pontos, numa temporada em que as atenções estão voltadas para Miami, NY, Oklahoma, dentre outros, ele pode fazer a diferença. Lebron, aliás, novamente falhou num momento decisivo, e os Clippers ganharam do Heat, essa pode ser a diferença desse time do Miami, a instabilidade na hora de decidir, e nos playoffs a pressão em cima dos caras vai ser enorme.
    Os Nets seguem uma piada, Farmar cestinha do time? Será que ninguém fala para o Deron que até esse tá jogando mais do que ele? Sou fã do Deron, mas se ele tem algo para falar dos companheiros tem de ser nos vestiários, ridículo.