Com clima mais leve, Towns quer trazer “cultura diferente” para Minnesota

A conturbada saída de Jimmy Butler representa um reinício de temporada para o Minnesota Timberwolves. E a mudança, aparentemente, foi muito bem-vinda: a franquia venceu os três primeiros jogos sem o astro, que vinha causando grande mal-estar no elenco desde seu pedido de troca. Para Karl-Anthony Towns, os resultados já anunciam uma nova – e, acima de tudo, melhor – fase para o time.

“Os times bem-sucedidos que integrei foram aqueles em que todos se gostavam e divertiam-se uns com os outros. Coisas pequenas que podem parecer até infantis, como ver atletas brincando e dando risada, é o que constrói camaradagem em um grupo. É sabendo disso que estou tentando trazer uma cultura diferente para essa equipe”, afirmou o jovem pivô, assumindo a liderança da equipe “pós-Butler”.

Towns era um dos jogadores que, supostamente, tinham péssimo relacionamento e estava incomodado com o ambiente de extrema cobrança criado pelo agora atleta do Philadelphia 76ers. Por acaso ou não, ele vive uma clara subida de produção nos três jogos desde a saída do ex-companheiro de time: médias de 21.3 pontos e 15.3 rebotes por partida, com quase 56% de aproveitamento nos arremessos de quadra.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Diego Costa

    Espero que não seja a cultura de dormir em quadra.

  • João Simplicio

    Nada menos q uma vaga nos offs é aceitável! Se não classificar esse papo de nova cultura não vai colar! Com o Butler o time foi aos offs, com clima ruim e td, se n for sem ele…

  • Elias Ferreira

    Kkkkkkkkkkkkk a cultura da preguiça!

  • Cavs&KingJamesaondeestiver

    A cultura do se ganhar ganhou se perder perdeu, paz e amor, pois o importante é o contrato máximo no bolso dele e do Wings o resto que se dane, pois lutar para vencer e ir aos offs é muito estressante..kkkkkkkk…Wolves voltando a ser Wolves

  • Pedro Franco

    Resumindo, agora volta aquele clima de seleção brasileira 2006: só pagode, curtição e zueira.

  • Alex Alves

    Uma cultura diferente de ficar anos e anos longe do offs rsrsrs.

  • Tá jogando demais. Realmente um bom ambiente de trabalho é FUNDAMENTAL para o sucesso, qualquer gestor sabe disso. Quando analisamos esporte, geralmente ignoramos que o funcionamento é, de maneira geral, igual o de qualquer ambiente de trabalho. Só cobrança e pressão não ajuda ninguém a melhorar.

  • Lucas Antunes

    “Os times bem-sucedidos que integrei foram aqueles em que todos se gostavam e divertiam-se uns com os outros” kkkkkkkkkkkkk

    Alguém avisa ele que o ÚNICO time dele na NBA nunca foi bem-sucedido desde que ele entrou no time, e que parte considerável da culpa disso é da postura dele e do novo Lebron 2.0 do Canadá…

    Foi um dos calouros mais impactantes em sua posição nos últimos anos e fez um segundo ano de consolidação. Quando o time resolveu dar o próximo passo e trouxe um all star (que é sim temperamental, mas é uma das estrelas mais esforçadas da liga), o cara pareceu que ia evoluir, mas sentiu o peso de ser um líder técnico do time (isso sem falar da defesa) e começou a abrir a boca pra murmurar.. Praticamente o MESMO roteiro da carreira de Wiggins!

    Depois da humilhação que passou ao ser vencido pelo “renegado do grupo” que jogava com o TERCEIRO time no treino e passa a bola quando foi marcado por ele, não dá pra se animar em nada quando KAT fala que quer “trazer uma cultura diferente pra franquia”.

    Precisa mesmo é se concentrar em desenvolver o seu jogo, trabalhar duro pra isso! Ao invés de abraça-lo, fazer com que Wiggins também mude sua postura e juntos se tornem os caras que pareciam ser depois das primeiras temporadas.

    • Juka

      Fico imaginando como vai ser quando o butler jogar contra os lobos! Nao quero perder esse jogo por nada!

  • Marcos Gordinho

    Complicado. Não creditaria apenas a saída de Butler essa melhora. Rose têm assumido um protagonismo que ninguém imaginaria e com isso empurra para cima quem divide a posição con ele, Towns realmente está voltando a sua toada, agora Wiggins… ainda irregular, não confiável e displicente. Era para ser o primeiro ou segundo nome da franquia, diria que mal se sustenta como 4° e caso os atletas advindos da troca com Butler tenham impacto que se espera deles, pois já demonstraram ser capaz, vai cair ainda mais sua importância e restar ao Wolves amargar o contrato ruim ou negociar o Sr. CANADÁ.