Com direito a prorrogação, Celtics larga na frente do Bucks

(0) Milwaukee Bucks 107 X 113 Boston Celtics (1)

Na estreia das duas equipes nos playoffs, o Boston Celtics recebeu o Milwaukee Bucks e atuando em seus domínios, precisou de uma prorrogação, mas conseguiu superar o adversário e largar na frente em busca da classificação às semifinais da conferência Leste.

O primeiro tempo de duelo foi marcado por dois momentos distintos. Após os minutos iniciais em que os dois times não conseguiram se distanciar no placar, os donos da casa conseguiram impor uma sequência de 15 a 0 e terminaram a primeira parcial vencendo por 29 a 17.

Já no segundo período de confronto, foi a vez do Bucks de fazer uma corrida de 14 a 2 e igualar o jogo com menos de nove minutos para o fim da primeira etapa. A reação não parou por aí, liderados por um forte ataque de Khris Middleton e Giannis Antetokounmpo, os visitantes abriram de vantagem algumas posses de bola e foram para os vestiários vencendo por 47 a 44.

Na volta do intervalo, o cenário da partida se alterou. Se antes a oscilação tomou conta dentro de quadra, na segunda parte o equilíbrio se instaurou. A maior vantagem de uma equipe sobre a outra foi de cinco pontos. Melhor para o Celtics que entrou no quarto final vencendo por 70 a 66.

As ações dos anfitriões eram voltadas basicamente a um quinteto, composto por: Rozier/Brown/Tatum/Morris/Horford. A formação anotou ao todo 107 dos 113 pontos do time. A vantagem do Celtics foi ficando cada vez mais apertada na medida que o tempo passava, até que quando restavam 11 segundos para o estouro do cronômetro, Malcolm Brogdon empatou o jogo em 96 pontos.

A jogada foi para Rozier, que acertou um tiro de três pontos faltando 0.5 segundo para o fim. No entanto, já dizia Everaldo Marques, enquanto tem bambu, tem flecha. Esse meio segundo foi tempo suficiente para Middleton conseguir um arremesso distante da linha, porém certeiro e levar o duelo para a prorrogação.

No tempo extra, as equipes se alternaram na liderança do marcador até restarem pouco mais de dois minutos. O Bucks passou a falhar no ataque e mesmo com alguns rebotes ofensivos, não conseguiu aproveitar as oportunidades. Já Rozier anotou mais cinco pontos de lance livre e consolidou a vitória para os mandantes.

Destaques

Milwaukee

Giannis Antetokounmpo: 35 pontos, 13 rebotes, sete assistências, três roubadas de bola
Khris Middleton: 31 pontos, oito rebotes, seis assistências
Malcolm Brogdon: 16 pontos, quatro rebotes

 

Boston

Al Horford: 24 pontos, 12 rebotes, quatro assistências, três tocos
Terry Rozier: 23 pontos, quatro rebotes
Marcus Morris: 21 pontos, sete rebotes
Jaylen Brown: 20 pontos, quatro rebotes, quatro assistências
Jayson Tatum: 19 pontos, dez rebotes, quatro assistências, três roubadas de bola


(1) Indiana Pacers 98 X 80 Cleveland Cavaliers (0)

No segundo jogo do dia, o Cleveland Cavaliers recebeu o Indiana Pacers no Quicken Loans Arena e foi surpreendido pelo adversário, que conquistou uma importante quebra de mando de quadra. Victor Oladipo, destaque da equipe durante a temporada regular, mais uma vez foi o grande nome e o principal responsável pelo triunfo dos visitantes.

Logo no início do duelo, os ataques dos times não conseguiam aproveitar as chances criadas. No entanto, o Pacers se acertou melhor e engatou uma sequência de 14 a 0, abrindo 18 a 4. A vantagem chegou a incríveis 20 pontos e o time de Indiana reduziu a produtividade do ataque do adversário a míseros 14 pontos.

Com um aproveitamento bem ruim nos tiros de longa distância, o Cavs sofreu para retornar ao confronto. LeBron James não contava com boas atuações de seus companheiros de equipe e vinha tentando diminuir a diferença na base de seu talento. Ainda assim, o astro encontrava do outro lado da quadra Victor Oladipo, que teve mais uma belíssima atuação no jogo. O Pacers foi para o intervalo vencendo por 55 a 38.

Na volta para a segunda etapa, os visitantes controlavam o ritmo da partida e administravam a vantagem construída no primeiro período. Mas faltando poucos minutos para o fim do terceiro quarto, o Cavs conseguiu encaixar bons ataques consecutivos seguidos e cortar a diferença para somente oito pontos.

Com o apoio de sua torcida, parecia que os atuais campeões do Leste continuaria sua reação e virariam o duelo, porém, a resposta do time de Indiana veio na sequência. Oladipo colocou a bola de baixo do braço conduziu sua equipe no ataque. Já do outro lado da quadra, LeBron não obteve quase nenhuma ajuda significativa, produzindo somente 15 pontos no período. Resultado: o Pacers venceu a parcial por dez e sacramentou a quebra de mando de quadra.

Destaques

Indiana

Victor Oladipo: 32 pontos, seis rebotes, quatro assistências, quatro roubadas de bola
Myles Turner: 16 pontos, oito rebotes
Bojan Bogdanovic: 15 pontos, seis rebotes, três roubadas de bola
Lance Stephenson: 12 pontos, cinco rebotes

Cleveland

LeBron James: 24 pontos, dez rebotes, 12 assistências
J.R. Smith: 15 pontos
Larry Nance Jr: dez pontos, cinco rebotes
Kevin Love: nove pontos, 17 rebotes


(0) Utah Jazz 108 X 116 Oklahoma City Thunder (1)

O Oklahoma City Thunder recebeu o Utah Jazz na rodada de playoffs deste domingo. Na estreia das duas equipes na pós-temporada, os donos da casa venceram e largaram na frente em busca de uma vaga nas semifinais da conferência Oeste. Destaque para Paul George, que anotou 36 pontos, incluindo oito bolas de três.

Apesar de estar atuando fora de casa, foi o time do Jazz que iniciou o duelo com tudo. Com boas jogadas trabalhadas ofensivamente, a equipe abriu 16 a 4 nos primeiros minutos. No entanto, as bolas de três pontos do Thunder começaram a cair e as coisas ficaram equilibradas, com a parcial encerrando empatada em 25.

No segundo período, o cenário de equilíbrio continuou em quadra. O calouro Donovan Mitchell se destacava pelo time de Utah. Apesar disso, os tiros de longa distância dos mandantes começaram a pesar a favor e o Thunder terminou a primeira etapa vencendo por 54 a 48.

Na volta do intervalo, a equipe de Oklahoma passou a controlar ainda mais o jogo. Em alguns momentos, a vantagem chegou na casa dos dois dígitos. Paul George foi decisivo nesta etapa do jogo. O Jazz não encontrava um antídoto para parar seus ataques. A diferença era de nove pontos para o último período.

Nos doze minutos finais, os ataques dos times funcionaram como nunca. A parcial terminou 36 a 35 para o Jazz, que não conseguiu encontrar soluções defensivas que pudesse reverter a situação do duelo. Coube ao Thunder administrar a vantagem adquirida e confirmar o mando de quadra.

Destaques

Utah

Donovan Mitchell: 27 pontos, dez rebotes
Rudy Gobert: 14 pontos, sete rebotes
Ricky Rubio: 13 pontos, sete rebotes, cinco assistências, quatro roubadas de bola
Jae Crowder: 13 pontos, quatro rebotes
Joe Ingles: 13 pontos
Dante Exum: dez pontos
Alec Burks: dez pontos

Oklahoma

Paul George: 36 pontos, sete rebotes
Russell Westbrook: 29 pontos, 13 rebotes, oito assistências, cinco erros de ataque
Carmelo Anthony: 15 pontos, sete rebotes, três roubadas de bola
Steven Adams: 12 pontos, sete rebotes
Alex Abrines: 11 pontos


(0) Minnesota Timberwolves 101 X 104 Houston Rockets (1)

O Houston Rockets recebeu o Minnesota Timberwolves, fechando a rodada de playoffs deste domingo e confirmou o favoritismo batendo o oponente por 104 a 101. O jogo contou com uma belíssima atuação de James Harden, anotando 44 pontos. Pelo Wolves, destaque negativo para Karl-Anthony Towns, que encerrou a noite com somente oito pontos.

Logo no início da partida, o Rockets mostrou porque foi o time de melhor campanha da temporada regular. Com um arsenal ofensivo variado, a equipe do Texas abriu dois dígitos de distância nos primeiros minutos. Os visitantes souberam se adaptar ao jogo e aos poucos, foram se aproximando no placar ao ponto de empatarem restando um minuto para o fim do quarto. Apesar disso, o Rockets venceu a parcial por 27 a 21.

Os anfitriões continuaram um pouco melhor em relação ao oponente, chegando a alcançar dois dígitos de vantagem em alguns momentos. Porém, em uma bela atuação, Derrick Rose não deixava o Wolves ficar atrás dessa maneira por muito tempo. Os times foram para os vestiários com o placar apontando 54 a 47 para os mandantes.

Na volta do intervalo, foi o melhor momento até então da equipe de Minnesota na partida. Finalmente, eles conseguiram superar o adversário em alguns momentos no placar. No entanto, Derrick Rose deixou o jogo e foi para As equipes foram se alternando na liderança até os segundos finais do terceiro período, até James Harden anotar oito pontos seguidos e deixar os donos da casa vencendo por 76 a 72.

A pouca distância entre os times no marcador foi por água a baixo nos primeiros minutos de quarto final. Esse cenário manteve-se até restar cinco minutos e meio para o estouro do cronômetro, até Harden colocar a bola em baixo do braço e anotar 12 pontos seguidos. O Wolves até tentou minimizar os danos com boa sequência de Jeff Teague, mas não foi o suficiente. Com vantagem de três pontos, Chris Paul acabou perdendo a posse da bola e deu a chance do empate ao adversário, mas o ataque dos visitantes não funcionou, confirmando o triunfo do Rockets.

Destaques

Minnesota

Andrew Wiggins: 18 pontos, seis rebotes
Derrick Rose: 16 pontos, quatro assistências
Jeff Teague: 15 pontos, nove rebotes, oito assistências, cinco erros de ataque
Jamal Crawford: 15 pontos
Jimmy Butler: 13 pontos, cinco rebotes

Houston

James Harden: 44 pontos, quatro rebotes, oito assistências
Clint Capela: 24 pontos, 12 rebotes, três tocos
Chris Paul: 14 pontos, quatro assistências, seis erros de ataque