Com drama, Cavs vence 11º jogo seguido e estende “calvário” do Grizzlies

(7-15) Memphis Grizzlies 111 X 116 Cleveland Cavaliers (16-7)

Os donos das maiores sequências de resultados vigentes na liga se enfrentaram na noite deste sábado. E, como podia se prever – embora com mais emoção do que o esperado –, deu a lógica: o Cavaliers aproveitou o fato de atuar em casa e ganhou sua 11ª partida consecutiva ao bater o Grizzlies, que continua seu “calvário” após sofrer a 11ª derrota seguida.

Quem assistisse ao primeiro quarto do confronto, porém, poderia imaginar que as situações fossem inversas. Liderados por Tyreke Evans, os visitantes dominaram os 12 minutos inaugurais e chegaram até a abrir vantagem de dígitos duplos no placar contra os sonolentos donos da casa. Só nas posses finais do período, com a entrada dos reservas Jeff Green e Dwyane Wade, que o vice-líder do Leste reagiu e reduziu a desvantagem para 32 a 28.

O Cavs retornou para o segundo quarto mais focado e tomou a liderança anotando 11 dos primeiros 15 pontos dos times. O Grizzlies conseguiu evitar uma disparada com a volta dos titulares à quadra, mas o equilíbrio durou pouco tempo: a quatro minutos para o intervalo, os locais emplacaram série de 12 pontos sem resposta (nove deles de LeBron James) para abrir diferença na casa das quatro posses de bola. As equipes foram para os vestiários com 66 a 52 em favor de Cleveland.

O marcador e a situação dos times sugeriam que o jogo estava em vias de estar definido. E o retorno para o segundo tempo confirmou a impressão. A diferença oscilou entre dez e 19 pontos durante todo o terceiro período, estabilizada numa margem segura. No entanto, a partida se revelaria bem menos controlada do que as aparências davam a entender nos 12 minutos derradeiros.

O Grizzlies derrubou a diferença para seis pontos logo no primeiro minuto do quarto final, mas uma virada não se consolidou tão cedo e a vantagem ficou estagnada em duas a três posses de bola. A investida acontece mesmo com cerca de três minutos para o fim do duelo: os visitantes emplacaram uma parcial de 10 a 2 no momento, finalizada por uma cesta de longa distância do novato Dillon Brooks para empatar a partida em 109 pontos.

Então, pressionado, o Cavaliers encontrou seu agente de decisão em LeBron. O ala assumiu a responsabilidade e converteu a cesta que voltou a dar a liderança aos donos da casa, com menos de 90 segundos no cronômetro. No lance posterior, ele conseguiu uma cesta e falta para recolocar a diferença em duas posses de bola. Com cinco segundos no relógio e vencendo por três pontos, o astro ainda acertou mais um tiro de média distância para sacramentar a vitória local.

As duas equipes descansam no restante do fim de semana e só voltam às quadras na noite de segunda-feira. Cleveland vai até Chicago, com boas chances de elevar sua sequência invicta para 12 partidas contra o Bulls. O Grizzlies tenta encerrar a interminável série de derrotas – que inclui oito resultados negativos em casa – recebendo o Minnesota Timberwolves.

Destaques

Memphis

Tyreke Evans: 31 pontos, sete rebotes e 12 assistências
Marc Gasol: 27 pontos, seis rebotes e três roubos de bola
JaMychal Green: 16 pontos e sete rebotes
Andrew Harrison: 12 pontos

Cleveland

LeBron James: 34 pontos e 12 assistências
Kevin Love: 20 pontos e 11 rebotes
J.R. Smith: 17 pontos, cinco rebotes e três roubos de bola
Dwyane Wade: 16 pontos

 

(14-8) Detroit Pistons 103 X 108 Philadelphia 76ers (13-9)

Destaques

Detroit

Tobias Harris: 27 pontos e sete rebotes
Reggie Jackson: 25 pontos (9-13 FG)
Andre Drummond: 14 pontos, 11 rebotes, seis assistências e cinco roubos de bola

Philadelphia

Joel Embiid: 25 pontos, dez rebotes e seis erros de ataque
Robert Covington: 25 pontos e oito rebotes
J.J. Redick: 18 pontos e sete assistências
Dario Saric: 17 pontos e sete rebotes

 

(8-16) Phoenix Suns 111 X 116 Boston Celtics (20-4)

Destaques

Phoenix

Devin Booker: 38 pontos e cinco assistências
T.J. Warren: 19 pontos, cinco rebotes e quatro roubos de bola
Tyson Chandler: 12 pontos e 18 rebotes

Boston

Kyrie Irving: 19 pontos e cinco assistências
Marcus Morris: 17 pontos e oito rebotes
Jaylen Brown: 17 pontos
Jayson Tatum: 15 pontos e seis rebotes
Al Horford: 14 pontos, cinco rebotes e 11 assistências
Marcus Smart: 13 pontos e sete assistências

 

(8-13) Los Angeles Clippers 82 X 108 Dallas Mavericks (6-17)

Destaques

LA Clippers

Lou Williams: 18 pontos (4-16 FG) e seis assistências
DeAndre Jordan: 14 pontos e 17 rebotes

Dallas

J.J. Barea: 21 pontos e dez assistências em 24 minutos
Dirk Nowitzki: 16 pontos (5-5 3pt.)
Devin Harris: 15 pontos
Dennis Smith Jr.: 12 pontos e cinco rebotes

 

(5-17) Atlanta Hawks 114 X 102 Brooklyn Nets (8-14)

Destaques

Atlanta

Dennis Schroder: 24 pontos e seis assistências
Luke Babbitt: 20 pontos em 21 minutos
DeAndre’ Bembry: 12 pontos e cinco rebotes
Taurean Prince: 11 pontos e seis rebotes
Isaiah Taylor: 11 pontos

Brooklyn

Spencer Dinwiddie: 15 pontos, seis rebotes, nove assistências e três tocos
Joe Harris: 13 pontos
Jarrett Allen: 12 pontos e seis rebotes
Allen Crabbe e Sean Kilpatrick: 12 pontos cada

 

(7-16) Sacramento Kings 104 X 109 Milwaukee Bucks (12-9)

Destaques

Sacramento

Zach Randolph: 22 pontos e sete rebotes
Buddy Hield: 19 pontos e seis rebotes
De’Aaron Fox: 14 pontos e seis rebotes
Frank Mason III: 13 pontos

Milwaukee

Giannis Antetokounmpo: 33 pontos, 13 rebotes e cinco assistências
Khris Middleton: 25 pontos e quatro desperdícios de posse
Eric Bledsoe: 19 pontos
Malcolm Brogdon: 13 pontos e cinco assistências

 

(8-14) Los Angeles Lakers 100 X 115 Denver Nuggets (13-9)

Destaques

LA Lakers

Brandon Ingram: 20 pontos
Julius Randle: 15 pontos e seis rebotes
Brook Lopez: 15 pontos e cinco rebotes
Kyle Kuzma: 13 pontos e dez rebotes
Jordan Clarkson: 12 pontos

Denver

Jamal Murray: 28 pontos, quatro rebotes e quatro assistências
Trey Lyles: 18 pontos
Will Barton: 16 pontos, seis rebotes e quatro tocos
Kenneth Faried: 13 pontos e nove rebotes
Gary Harris: 13 pontos, seis rebotes e quatro roubos de bola
Miles Plumlee: 12 pontos, seis rebotes e seis assistências

 

(12-11) New Orleans Pelicans 123 X 116 Portland Trail Blazers (13-10)

Destaques

New Orleans

DeMarcus Cousins: 38 pontos e oito rebotes
E’Twaun Moore: 19 pontos (4-4 3pt.)
Jrue Holiday: 17 pontos, cinco rebotes e sete assistências
Rajon Rondo: 12 pontos, seis rebotes e dez assistências

Portland

Damian Lillard: 29 pontos, cinco rebotes e oito assistências
Meyers Leonard: 17 pontos (7-9 FG) em 16 minutos
C.J. McCollum: 17 pontos (8-22 FG)
Shabazz Napier: 15 pontos, sete rebotes e três roubos de bola

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Gustavo – DefendTheLand

    11° e contando… Primeiros gritos de MVP ecoaram na Q arena para LeBron James, Harden q pense que vai ter vida facil esse ano, o 5° ta chegando.

    • Rodrigo Hubinger

      Harden é muito azarado, na temporada retrasada os Warriors fizerem aquela campanha absurda e o Curry fez 5 bolas de 3 por jogo. No ano passado o West fez média de triple double ( mesmo sendo forçada a média de rebotes). Esse ano o Lebron ligou o modo playoffs desde o começo da temporada. Acho que o barba cai ficar com o vice de novo

  • ROMEU-LOBITO

    Gustavo penso que o 5º MVP só será possível caso Lebron James venha ter um CAVS regular nas suas acções de produtividade. porém se vir a oscilar como nas temporadas passadas dificilmente pode ganhar do Harden. Ainda é prematuro para saber o que este CAVS de 2017/2018 poderá nos reservar nessa temporada. Tudo indica que com as aquisições feitas para manter o banco mais equilibrado é bem provável que não oscile este ano. Por enquanto o trabalho a ser feito em OHIO é inquistionavel. Só esperar até onde este CAVS PRETENDE ESTENDER SUA SEQUÊNCIA DE VITÓRIAS CONSECUTIVAS. Será que podemos presenciar um momento daquele que havia acontecido em MIAMI HEAT?

    • Gustavo – DefendTheLand

      Concordo, o time tem que ter uma campanha muito boa pro LeBron ganhar o MVP, se o LeBron mantiver o nível e o Cavs tbm, tem grandes chances do 5°.

    • Fator Dueini Ueidi

    • Rafael Victor

      O Equino o principal favorito ao MVP, acho que quem dificilmente vai levar o prêmio é o Harden, ainda mais com o Cavaliers em ascedência e em breve chegando ao topo do Leste!

  • Danilo Celtics #Banner18

    esse booker maldito , q vitoria apertada essa

    • Rafael Victor

      Acho que ele não vai muito com a cara do Celtics! hahaha!

  • Marcelo Desoxi

    Não assisto aos jogos do 76ers, então generalizar aqui seria vacilo.
    Mas ontem era relar no Embiid, falta. O cara é pivô, se não puder fazer marcação com contato físico não sobra nada. Se ele forçasse mais o jogo pra dentro, terminaria ontem com uns 20 FT’s.

    De resto, acredito que o Philly ia ganhar de qualquer forma, partida horrorosa do Bradley e do Ish.
    Mas o time tá bem armadinho, caso ocorra um eventual confronto nos playoffs , Detroit amassará o Philadelphia.

    • Thiago Marques

      Todos os jogos que vi do sixers na casa deles, era esse nivel de falta msm.

      • TRUETHIAGO

        Engraçado, não é o que os números mostram. Embiid até agora sofreu mais faltas e cobrou mais FTs nos jogos fora (8,8) do que em casa (7,0)

        Aliás, se pegar os primeiros 10 jogos da temporada, ele teve uma média normal de 5,4 FTs (nenhum jogo de +10 FT, por exemplo).

        Isso só começou a aumentar a partir dos jogos em LA, quando ele cobrou 16 contra o Clippers e 19 (maior marca da carreira) contra o Lakers, ambas partidas em que ele foi de fato bastante agressivo. E agora voltou a acontecer nesses últimos três jogos (Cavs, Wizards e Pistons), onde totalizou 39 FTs, o que realmente é bastante.

        Ou seja, como já citei no tópico da rodada, onde esse debate se estendeu, acho que galera está se apegando num número seletivo, muito pequeno de jogos, para forçar uma tese que ainda não possui elementos suficientes para tanto.

        Não se preocupem, serei o 1º a apontar caso veja super proteção ou alguma coisa do tipo. Por enquanto, honestamente, não vejo nada que sustente essa narrativa.

        • Marcelo Desoxi

          Por isso disse que não iria generalizar, pois não assisto jogos do 76ers. Comentei apenas o que vi ontem.

        • Danilo Celtics #Banner18

          a qtidade de TO q o embiid comete é algo q te preucupa? todo jogo eu vejo no boxscore uns 3 ou 4 dele

          • TRUETHIAGO

            É preocupante, sim. Ontem mesmo foram 6, muita coisa.

            Inclusive eu usei esse exemplo no debate sobre ele “cavar” faltas. Muitas vezes é puro desespero, segura demais a bola, e aí num último recurso tenta arremessar de qualquer jeito ou tentar partir para dentro todo atabalhoado, como foi no lance da polêmica 6ª falta do Drummond.

            Geralmente ele comete TO nesses lances, não é sempre que a arbitragem marca, porque na maioria das vezes não tem o que ser marcado.

  • Doug

    Bicho, sobre o jogo dos Sixers algumas consideracoes: Phila entrou bem, com muito gas, mas visivelmente o rendimento caiu na segunda metade do jogo e quase perdeu o jogo…precisa mudar isso, q tem se repetido, e jogar os 48min com a mesmo intensidade é concentraçào…Embiid precisa tomar decisões mais rapidamente e usar sua habilidade p sair de marcação dupla e etc…cometeu muitos TOs nessa situacao, fato que tem se repetido…Simmons precisa ficar ligado o jogo inteiro, pq tem momentos q parece muito displiscente…precisa treinado arremesso logo, não dá p ficar previsível assim…até o Drummond já aprendeu a bater FT…

  • Sanliv

    Que temporada faz o Tyreke! Candidato sério a SMOY

    • Doug

      Tyreke joga muito…pena que tenha sofrido tanto com lesões, que impossibilitaram uma continuidade…

  • Claudio R.

    Algumas coisas ficaram claras ontem, o Time de cavs encontrou sua rotação ideal, Lebron vem pro mvp e wade pra Sexto homem do ano. Embiid é um super talento, mas provou ontem q tem muito q aprender ainda pra se tornar um dos greats.

    • vsr.snake

      Em questão de stats, os dois estão parecidos, mas o Harden lidera em pontos e assists. Ambos cometem muitos TO e não vem defendendo nem minha avó, logo o time que tiver campanha melhor vai decidir o prêmio.

      Quanto ao sexto homem, pela temporada até agora, o Tyreke Evans tem sido de longe o melhor.

      • Vinícius Maia

        Acho dificil Cavs fazer uma campanha melhor que o Rockets. Além disso, quando o Isiah Thomas voltar, LeBron deve pisar no freio, por isso acho dificil o 5º MVP vir esse ano, apesar de que eu gostaria que acontecesse.

  • Brad

    O Pelicans tem que só jogar assim, focando 90% do jogo nas torres gêmeas, senão só vê o retrospecto de resultados. Time do Atlanta é ruim p porra, se não tivesse o Schroder duvido que teria ganho umas 3 partidas, o cara merece uma estatua por fazer o time não ter campanha igual a do 76ers em 2015-16.

  • Pedro Franco

    Só espero que o Embiid aprenda a ter mais calma em determinados lances, está cometendo mtos TO e alguns de maneira mto boba. O time joga bem coletivamente, se lapidar bem os jovens e pescar algum bom agente livre ( A.B) creio que em 3 anos estejam brigando bem nas finais de conferência

  • Rafael Victor

    Cousins acabou com o Nurkic e o Leonard ontem, achei que ele tava puto com alguma coisa (mais do que o habitual, talvez fosse a lesão do Davis ou outra coisa, sei lá…) e acabou descarregando tudo jogando muito! Vai ser agente livre dos mais disputados, tomara que faça uma escolha correta e busque um time pra ser campeão!

    Jogador do quilate dele nunca ter disputado os Playoffs é um absurdo!

  • Luiz

    A demissao do Fizdale foi somente por causa de deixar o Gasol no banco ne ?. Porque basquete nao é possivel não,esse time so tem Evans,Gasol e Chalmers jogando.O resto tudo ruim.Tava tirando leite de pedra

  • Cedi LeBrOSMAN

    Eu acho q vou quebrar a cara com esse Pelicans, rs. Parece q vai funcionar msmo!
    Sem o AD, e conseguiram vencer o Blazers fora de casa! Podem ter até 2 derrotas, q se manterão lá entre os 8 colocados neste momento, ñ importa o q aconteça.
    Na situação atual, o Pelicans briga com o Jazz, Nuggets (q agora está desfalcado do Millsap, pode cair o rendimento) e o próprio Blazers por vaga nos Playoffs. Uma hora o OKC vai se recuperar então é menos 1 vaga para os 4 na situação atual, e o Clippers deverá ir para o Tank, é menos 1 candidato.
    Se conseguir os Playoffs, acho q este será o objetivo deles. Seria o fator de convencimento para o Cousins ficar (contrato expirante ao final desta temporada), e poderá ter mais tempo para montar um elenco melhor e convencer o Davis no futuro a ficar tbem.

  • Cedi LeBrOSMAN

    Já o Cavs ontem, lembrou os jogos da temporada passada. Foi levando o jogo com a barriga até o 4º período, quando tomou um susto e aí o LeBron acordou para jogar.
    LeBron, fez 15 pts no 4º período ontem. Lidera a liga em pontos por jogo no 4º período com 9.6 de média. É ridículo! O cara tá jogando melhor do q tava na época do Miami Heat por exemplo! Ainda mantém o atleticismo, tá com um melhor arremesso, e na maioria dos jogos tá se dedicando na defesa.
    Próximo jogo é contra o Bulls, na segunda, fora de casa. Boas chances de conseguirmos a 12ª. Mas ñ irei me empolgar, do jeito q é esse time, é bem capaz de perder.

    • Vinícius Maia

      A minha esperança para a 12ª vitória é o fato do time ter um dia de descanso. Com isso, não tem desculpa para fazer corpo mole.

  • djwhites

    nuggets sem milsap,jokic e wilsão conseguindo se manter numa boa posição por enquanto…….surpreendente achava que ele iam sentir mais…..

    cousins esta fazendo uma temporada monstruosa…..sé loko……..

  • Albert Medeiros

    O que dizer do Cousins? E tem gente q acha o mala do Gasol o melhor pivô da liga, Cavs definitivamente acertou a rotação, como é bom ver o Wade em quadra,passa uma tranquilidade nos momentos certos…e LeBron destruindo, MVP sem mas….

    • Claudio R.

      O Gasol é muito bom cara, já foi DPOY … tem mais QI de basquete que qualquer um hj na posição 5 …mas o Cousins tá na frente sim…. melhor pivô hj na liga

      • Albert Medeiros

        Não nego q ele seja bom, ainda mais defendendo o garrafão…..

      • Rogério Rodrigues

        Horford tbm tem um QI absurdo

    • Guilherme Petros

      Gasol é monstro, cara.

  • Pablo Leite

    Embiid teve mais dificuldades quando Marjanovic esteve em quadra. É de se pensar se não é melhor deixar o Drummond no banco quando a equipe enfrentar esses pivôs dominantes.

    • Joabe#GoSpurs

      Complicado deixar o Drumond no banco. Agora uma coisa tinha que ser feita por aquele técnico gagá. É ele colocar o Boban como reserva imediato do Drumond e deixar de insistir com Moreland. Só pode existir alguma treta entre o Boban e aquele técnico gagá

    • Charles

      Bom, não estava vendo o jogo quando o Boban entrou em quadra, mas sei lá… No geral achei que o Drummond fez um bom trabalho, tanto que o fg do Embiid ficou em 33%. Boban é um defensor horrível, muito desajeitado.

  • xmaah

    os Pelicanos ganharam e SEM o MONOCELHA, playoffs já é realidade.