Com extensão prévia fechada, Draymond Green fica no Warriors até 2024

O Golden State Warriors está investindo alto para manter a base que trouxe três títulos nos últimos cinco anos para a franquia. De acordo com Adrian Wojnarowski, da ESPN, o time acertou uma extensão prévia de contrato com o astro Draymond Green por quatro temporadas. A negociação, que foi confirmada pelo agente Rich Paul, renderá US$100 milhões ao ala-pivô a partir do ano que vem.

A transação, finalizada pelos máximos parâmetros a que o jogador de 29 anos era elegível na atual offseason, evitará que ele teste o mercado como agente livre ao término da próxima temporada. Além disso, somando os vínculos, o ganhador do prêmio de melhor defensor da liga agora totaliza US$118 milhões a receber em salários da equipe californiana até junho de 2024.

“Nós estamos animados pela permanência de Draymond, pois ele é uma essencial parte na modelagem dessa organização nos últimos sete anos. Sua paixão e seu conhecimento do jogo são indispensáveis para o time. Como um multicampeão da NBA, ele ultrapassou as expectativas que todos tinham para sua carreira – exceto sua própria”, elogiou o gerente-geral Bob Myers, em nota oficial.

Green teria possibilidade de buscar um salário maior na próxima offseason, como agente livre irrestrito, mas Wojnarowski apurou que o interesse do Warriors e do veterano sempre foi em negociar uma extensão na primeira chance. O acordo faz com que o trio formado pelo astro, Stephen Curry e Klay Thompson passem a somar para mais de US$100 milhões em vencimentos a partir de 2020-21.

Selecionado na 35ª posição do draft de 2012, Green tornou-se um dos improváveis pilares do time que dominou a liga nos últimos anos por conta de sua versatilidade defensiva e jogo all around – que já lhe rendeu 22 triplos-duplos na carreira. O ala-pivô acumula 533 partidas disputadas pelo Warriors ao longo de sete temporadas, anotando médias de 9.1 pontos, 6.9 rebotes e 4.9 assistências.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.