Com problemas de saúde, Tyronn Lue se afasta do comando do Cavaliers

Tyronn Lue vai se afastar do comando técnico do Cleveland Cavaliers por período indeterminado. A equipe anunciou nesta segunda-feira que o treinador de 40 anos deixará o cargo provisoriamente para cuidar da saúde, já que vem sofrendo, entre outros problemas, com dores no peito e insônia nas últimas semanas. Ele vai ser substituído interinamente pelo assistente Larry Drew.

“Após várias conversas com nossos médicos e Koby [Altman, gerente-geral], além de muito pensar sobre o que seria melhor para o time e minha saúde, decidi focar em minha total recuperação, afastando-se do cargo temporariamente, para poder treinar a equipe no restante da temporada”, declarou o ex-armador, por meio de comunicado oficial divulgado nesta segunda.

No último sábado, Lue não retornou para comandar o Cavs no segundo tempo de uma partida pela terceira vez na temporada. Os sintomas surgiram nos minutos iniciais da vitória dos atuais campeões do Leste contra o Chicago Bulls e, com dores, ele ficou no vestiário. “Nós sabemos a dificuldades dessas circunstâncias para Tyronn e vamos apoiá-lo neste momento”, garantiu Altman.

De acordo com Adrian Wojnarowski, da ESPN, o jovem treinador pretende ficar fora do cargo (inicialmente) por só uma semana e comanda o Cavaliers nos playoffs. “A última coisa que quero é que isso afete o time. Eu vou usar esse tempo longe para medicar-me, o que foi difícil no início da temporada. Meu objetivo é estar mais forte e saudável para seguir nosso caminho rumo ao título”, concluiu.

Lue é o segundo técnico a afastar-se temporariamente do comando de uma equipe da NBA por sintomas ligados a stress no dia-a-dia, acompanhando Steve Clifford, do Charlotte Hornets. Drew, que assume o cargo agora, já possui experiência no comando de uma comissão técnica trabalhando pelo Atlanta Hawks (2010-13) e Milwaukee Bucks (2013-14).

Gustavo Freitas
Gustavo Freitas
Mineiro de Uberaba, é co-fundador do Jumper Brasil e fã do Boston Red Sox.