A temporada da NBA está chegando ao fim e os playoffs já começam no próximo sábado. Com um intervalo tão pequeno, não há tempo disponível para analisar minuciosamente todos os temas que merecem nossa atenção nestes últimos dias. Mas alguns deles não podem passar em branco e, por isso, uma breve análise sobre quatro pontos importantes:

 

Não chore, Suns

O Phoenix Suns foi derrotado por Dallas Mavericks e Memphis Grizzlies nos últimos dois jogos, vendo as últimas vagas aos playoffs do Oeste serem levadas pelos adversários. Com isso, o Suns joga contra o Sacramento Kings nesta quarta apenas para cumprir tabela. Apesar dos resultados negativos, a equipe tem muito a comemorar.

Ninguém previa que a equipe de Phoenix estaria disputando vaga nos playoffs no início da temporada. Grizzlies e Mavs eram muito mais experientes e melhores no papel, mas o Suns conseguiu fazer frente a ambas. O jogo da eliminação, contra Memphis, foi eletrizante, com grandes performances dos jovens talentos. Eles não fugiram do jogo.

O Suns possui agora uma excelente base de jovens jogadores, liderada por um técnico que deu à equipe padrão de jogo vibrante e intenso. Além disso, tem várias escolhas nos próximos drafts – inclusive na loteria. Isso tudo também pode transformar Phoenix em destino atraente para agentes livres, algo impensável no começo do ano. Embora eliminado, o time tem muito a comemorar.

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=Q4VISQfGi8A]

 

Parabéns, Mike Woodson

Depois de ser oficialmente eliminado dos playoffs, Mike Woodson tomou para si a culpa pelo fracasso do New York Knicks na temporada. A franquia, que pode ser apontada como a principal decepção do ano, certamente tem diversos culpados pelo péssimo desempenho, mas o técnico teve uma bonita atitude ao assumir a responsabilidade e poupar os atletas.

O que torna o gesto mais impressionante é que, dificilmente, ele será mantido no comando da equipe. O novo presidente de operações da equipe, Phil Jackson, deve aproveitar a eliminação como pretexto para contratar um treinador com quem tenha maior comunhão de pensamento.

Woodson, com esse gesto, mostrou novamente que é um líder e reconhece o papel do treinador como “escudo” de seus jogadores. É óbvio que todos sabemos que não foi só culpa dele e seu bom retrospecto em trabalhos passados, somado à firmeza da caráter, farão com que continue como um respeitado profissional no meio da NBA.

 

Lakers, a incógnita

O Los Angeles Lakers fez o que pode ser considerada a pior temporada de sua história. A parte triste para os torcedores da franquia é que, ao contrário do que se pensava no começo do ano, o futuro pode não ser tão promissor assim.

O Lakers imaginava que, ao fim desta temporada, teria Kobe Bryant saudável e motivado para os dois próximos anos de contrato, além de uma boa escolha no draft e um cenário atrativo para agentes livres – visando aproveitar a flexibilidade financeira na folha salarial para buscar reforços. Bem, não é isso que estamos vendo agora.

Na verdade, Kobe pouco esteve em quadra nesta temporada e sua condição física é uma dúvida, assim como sua crença na capacidade do Lakers. O astro já deu algumas declarações manifestando desacordo e impaciência com a postura do time neste processo de reconstrução. Além disso, uma franquia sob o comando do inseguro Jim Buss e com Mike D’Antoni como técnico tem pouco a oferecer para agentes livres – sendo que, alguns dos principais nomes disponíveis nos próximos anos (Kevin Love, notadamente), já disseram que não se sentem muito atraídos pela franquia.

Claro que o Lakers tem em seu histórico uma grande capacidade de atrair astros: via agência livre (como Shaquille O’Neal, na década de 1990), trocas (Pau Gasol e Steve Nash), ou draft (Magic Johnson). No entanto, em uma liga que equilibra cada vez mais as forças entre grandes e pequenos mercados, os angelinos vão precisar de muito mais do que o nome para se reerguer. O que traz uma luz no fim do túnel para os torcedores deste time é a presença de Mitch Kupchak, um dos melhores gerentes gerais da liga, que renovou contrato recentemente.

 

Quem quer ser campeão?

Spurs e Thunder no Oeste, Pacers e Heat no Leste foram apontados por toda a temporada como favoritos a chegar ao título da NBA. Ocorre que o time de Indiana vive uma queda de produção bastante acentuada no fim da temporada, embora ainda tenha conseguido garantir o mando de quadra em sua conferência. O Heat vem mostrando sinais de fadiga e jogará contra o Pacers em uma eventual final de conferência sem mando de quadra. Isso sem contar que Dwyane Wade, poupado durante grande parte da temporada regular, já não é mais o mesmo e pode estar sem ritmo de jogo com tanto “descanso forçado”. A equipe dependerá, mais do que nunca, da habilidade quase extraterrestre de LeBron James.

Já no Oeste, o Thunder vem sendo questionado o ano inteiro: ora por sua extrema dependência do futuro MVP Kevin Durant, ora por sua incapacidade de encontrar um padrão mais definido. O ala fez uma temporada que poucos tiveram na história da liga, mas, nos playoffs,vai ser necessário auxílio ofensivo do time inteiro – ainda mais em uma conferência com uma mescla de equipes explosivas (Rockets, Clippers, Warriors) e veteranas “encardidas” (Grizzlies, Mavs).

A única certeza neste grupo de favoritos ao título é o Spurs, que foi a equipe que mais soube poupar seus astros para os playoffs e, mesmo assim, também a única a alcançar mais de 60 vitórias na temporada regular. Os texanos chegam às fases decisivas da NBA com a melhor campanha, um elenco descansado, cheio de opções no banco, um técnico com experiência em decisões, mando de quadra contra todos e crise dos principais rivais.

Todos querem ser campeões, mas o Spurs parece ser o único que não apenas quer, mas sabe. Por isso, neste momento, é difícil não apontar a veterana equipe de Gregg Popovich como mais provável campeão da NBA em julho.

[polldaddy poll=7971366]

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Bem, apesar de ser uma injustiça com o Suns por ter batalhado a temporada inteira e morrer na praia, o time com isso ganha uma escolha de loteria e temporada que vem vai ser um grande time.

    E a propóstio, PARABÉNS SPURS, CAMPEÃO DA TEMPORADA 2013/14 DA NBA.

    • Zack Batista

      REGULAR melhor dizendo…

  • RafaelRox

    Spurs é um bom time mas eu não creio que o titulo já possa ser considerado. Apesar de tudo.. ainda aposto no Nets.

  • Zack Batista

    Acho q o Lakers pode vim forte na próxima temporada sim. “Se” o Miami não vencer essa temporada e o Mitch não tiver boas escolhas(no draft) nas alas(leia-se: Jabari e Wiggins), a possibilidade é alta de C.Bosh e L.Deng desembarcar em Los Angeles. São nomes cogitados na cidade angelina.

    Escolhendo Marcus Smart ou Exum na armação, dando suporte ao Kobe no perímetro, Luol na ala, C.Bosh no ala-pivô e um Gortat de Center, de fato o Lakers se tornaria um adversário perigoso. Fazendo um grande trabalho de “reposição” no banco, o time poderia sonhar até mesmo com o título da liga. Mas como disse o Ricardo no texto, o Lakers, é realmente uma grande incógnita.

    • LP

      Bosh não sai nessa free agency ele não vai conseguir esses 20M em nenhum outro time.Acho que o Lakers devia pegar um desses Parker,Wiggins,Randle,Gordon ou Exum.

    • Thiago Reis

      CAP não é infinito amigo rs, escolha aí Gortat ou Deng, os dois não vai rolar. Além disso, Smart é uma grande incógnita e Exum acho que não chega até a sexta posição, agora, se o Lakers ganhar a loteria, aí a história começa a ficar mais bonita na Califórnia, essa porrada de 24 milhões pro Kobe no CAP ainda vai atrapalhar muito os planos do Lakers.

  • rodrigo

    Final okc vs heat

  • Anônimo

    Spurs também tem com o que se preocupar, 0-4 contra OKC e 0-4 contra Houston, nos playoffs devem enfrentam justamente Rockets e Thunder na semifinais e finais de conferência.

  • Flávio

    Spurs 0-8 contra os dois times que eles devem enfrentar nas semifinais e finais de conferência (0-4 vs. Houston, 0-4 vs. OKC), portanto tem com o que se preocupar também.

    • L.Avila

      Como os técnicos de futebol dizem o time encaixa contra este adversário. Acho que acontece com OKC e Spurs.

  • Jogador Estrela!

    Spurs e Thunder faz-me lembrar muito Barcelona (Thunder) Real Madrid (Spurs). Jogam bem contra tudo e todos chegam em confronto direto o Thunder acaba sempre por ganhar.

    O Lakers… é incógnita de facto. Não acho que vamos ter time para bater as principais forças do Oeste mas chegará para ir aos playoffs. A melhor notícia é que o MDA vai dar uma volta aos ovos e vai deixar-nos para nossa felicidade.

    • Flávio

      Lembra Spurs x Suns do D’Antoni, Phoenix arrebentava todo mundo, mas contra o Spurs tudo dava errado.

      • Big Nose

        ah se lembro..me frustrei muito nessas series! em 2005 e principalmente 2007, onde a nba suspendeu amare do jogo chave, dpois da confusão do horry. Teria sido muito bom pra liga um time voltado para o ataque ser campeão, teria revolucionado..

  • M Dias

    Não creio que os Spurs serão campeão apesar da qualidade do elenco e do técnico Pop.
    Acredito que o troféu ainda permanecerá em Miami embora o Heat não esteja sendo tão efetivo como foi na temporada passada.

  • rodrigohawks

    Letsss go hawksss letss go o/ <3

  • LP

    Essa free agency tem bons jogadores (Deng,Ariza,Lowry, Stephenso, Monroe) mas os times de grandes centros devem guardar cap pra próxima que vai ter estrelas como:Rondo,Dragic,Kemba,Irving,Lebron.Carmelo.Gay,Lamarcus. Love,Boozer,Randolph,Millsap,D.West,DeAndre,M.Gasol,B.Lopez,Al Jefferson

    Lakers, Knicks e Boston podem montar big 3.

  • alison dezzotti

    Estou muito confiante com meu spurs,porem temos que nos ligar contra o time de okc.mas apesar de tomarmos um 4 a 0,numa eventual final de conferência as coisas mudam e o mando de quadra pode ser essencial. Torço muito,mas não garanto o spurs,pois a conferência está muito difícil.

  • Lakers acho que só começa a ter time competitivo em 2015…. e isso ainda vai depender do Kobe estar jogando também em alto nível ou deixando de querer ser o protagonista.

  • George

    Eu acho que esta historia de 0-8 do SPURS pouco pesa, primeiro pq foram pouquíssimos jogos em que o time titular jogou mais do que 25 minutos. Se repararem foram muitas derrotas dos Houston e OKC apos jogos com SPURS, isso por que eles jogavam com quinteto por 35~45 minutos. Nos Playoffs, quando apertar o POP não deve poupar.
    Acredito que 4 jogos seguidos nenhum time aguenta jogar só com titulares, e banco contra banco nenhum chega perto do SPURS.
    Já em uma eventual final com HEAT, ae acho que o bicho pega, muita coisa em jogo.

  • Ivan

    Acho que a final este ano sem arriscar muito é Spurs x Heat e o Spurs ganha, vi alguns jogos do Spurs e fiquei impressionado com a intensidade do time, sou torcedor do Knicks, como gostaria que meu time jogasse desta forma e acho que o Rockets podem surpreender, outra coisa muito legal ter encontrado este blog onde aprendo cada dia mais com os amigos, sou apaixonado por NBA e pelo New York Knicks só que tecnicamente não coneço tanto como o pessoa que deixa os conmentários. Abraço a todos!

  • Sei não… O processo de reconstrução de Lakers e Boston não creio que será tão rápido como imaginei. Claro que muito depende dessa próxima loteria, mas ambos não oferecem atrativos aos “caras”. Phoenix Suns, Washington Wizards e Toronto Raptors possuem bases sólidas com um grande futuro caso nenhuma merda seja feita pelos Managers. O Suns deve se livrar logo do Okafor, abrir Cap e oferecer a algum bom free agent. O Raptors necessita de um Center de defesa, que faz o “trabalho sujo” (não gosto do Jonas Valanciunas). O Wizards já possui ao meu ver um bom elenco (equilibradíssimo) mas falta um top pra jogar ao lado do Wall e um marcador de perímetro (Tony Allen, Corey Brewer, Avery Bradley). Kevin Love seria uma bela opção. Um quinteto inicial com Wall, Beal, Ariza (em ótima fase), Love e Nenê/Gortat (ambos muito consistentes) + um bench com os experientes A. Miller, Nenê/Gortat e A. Harrington vejo o “grande” para Washington.

    Por outro lado, vejo o Cavs e o Knicks em situações mto tristes. Esperava muito mais de ambas as equipes, principalmente do Cavs. Saíram com a 1º pick + a chegada de A. Bynum. Somados à Varejão, K.Irving, Dion Waiters, T.Thompson, A.Gee e o veterano Jarret Jack. Uma competitiva equipe no Leste (6º lugar fácil) no papel. O que vemos é um futuro muito incerto com jogadores que n deram certo, vestiário tumultuado, ego de uns, enfim, muito lamentável.

    Mas no fim, creio que essa temporada foi sim muito apreciável e surpreendente. Nunca imaginaria Toronto em 3º no Leste ou o Suns ( cotado a uma das piores campanhas) quase beliscando uma vaguinha nos Offs.

    • Discordo do Valanciunas, é um bom jogador, tem evoluído decentemente nos Raptors…

  • Vial

    Vale lembrar que se Dallas e Memphis ficarem respectivamente em 7º e 8º, ainda tem a possibilidade dos dois favoritos caírem (Thunder e Spurs)
    Nessa temporada o Dallas dominou os jogos contra o Thunder e como já vimos nas temporadas passadas, o jogo do Memphis encaixa direitinho contra o Spurs

    • dannogueira

      Encaixa mesmo. Tanto é que no ano passado foram varridos na final da conferência. Fala sério!

      • Dragic

        Ia dizer a mesma coisa kkk, encaixa tão direito que o Spurs ganha kkk. Os jogos que o Thunder perdeu para o Dallas, estavam sem West. Playoffs é outra coisa, é sim um time duro e pode ganhar do Thunder, mas acho muito difícil levar uma série pois é um time com muitos veteranos e o fator casa pro Thunder é um peso enorme

      • Hugo Nathan

        Mas vamos ver se o Splitter incorpora o DPOY denovo, né. Porque naquela série o Splitter engoliu defensivamente o garrafão do Grizz (E deixou o Tio Duncan jogando só na maciota). E agora o Grizz tem um perímetro que chuta melhor tb, né… MAs vamos ver…

  • caio_l

    Questão do Lakers é que vão ter que se virar para montar um time decente em busca de um título até o Kobe aposentar. Depois disso vão atrás de outro Franchise Player para ser o líder do time e assim fazer um time mais jovem para durar uns 3,4 anos no minimo. Pq hoje em dia o que tá se pregando é forma uma base para jogar várias temporadas juntas sem muitas alterações. Até os jogadores top estão querendo isso, muitas vezes ficando em franquias menores, mas que já tem uma base.

  • Michel Moral

    Sinceramente, não vejo favoritos no oeste. Claro, o Spurs sempre terá meu respeito. Mas veja que as duas últimas posições pertencem ao Mavs e ao Grizzlies, duas equipes que podem perfeitamente derrubar favoritos. Fora isso ainda tem um poderoso Clippers, um Rockets mais preparado… tá difícil heim?! E tem os mais recém promovidos Warriors e Trail Blazers.

    Do lado leste, a tendência é dar Heat. Porém, é a primeira vez que vejo equipes que assumiam as piores e últimas colocações da liga no último campeonato, hoje garantirem antecipadamente a vaga nos playoffs, casos de Bobcats, Wizards, Raptors. Engraçado que com a aquisição de um ou dois jogadores no máximo. De piores a melhores. Então, não sei como reagirão na pós temporada. Será que vem mais surpresa?

  • Julio Zago

    Reconstruções de elenco geralmente são extensas, nos Lakers muita coisa tem de ser feita ainda, a começar por uma troca de técnico urgente e imediata. Feito isso, contando com os bons role players que possui, mais a escolha do draft, é possível que o time já tenha uma boa base, mas o time ainda será dependente de Kobe para almejar alguma coisa na próxima temporada e sua saúde é uma incógnita.
    E mais, considerando os nomes disponíveis para a próxima free agency, não acredito que o time faça uma investimento pesado nesta visando atrair uma das estrelas que estarão disponíveis na próxima, portanto pode até haver alguma boa aquisição, mas não penso que seja nada tão significativo.
    Ou seja, certamente o LA estará mais forte na próxima temporada, mas não penso que será um candidato ao título, para isso acontecer muita coisa ainda terá de ser feita por lá.
    Já para os Suns o futuro realmente parece promissor, mas o time de dar um salto de qualidade para postular alguma coisa na conferência oeste e isso não é tão simples assim, falta ao time um jogador diferenciado para resolver os grandes jogos, se achar esse jogador e ele ainda for jovem certamente o Phoenix terá time para postular o time por alguns anos. Sem um franchise player consistente a equipe vai apenas voltar a frequentar os offs com frequência.

    • RafaelRox

      A do Boston ta bem encaminhada… bons jovens.. escolhas futuras.. espaço na folha… e um franchise player Rondo.

      • Julio Zago

        Em tese sim Rafael, mas também ainda existe um grande caminho a ser percorrido que começará por uma boa escolha no próximo draft, um ativo trabalho na free agency e a definição do time titular, portanto também há muito o que ser feito. Temos um bom início sim, mas apenas isso por enquanto. Por exemplo, Rondo será o armador titular, isso é certo, mas quem serão 2 e o 3? lembre-se que precisamos de um scorer de perímetro e Green não é confiável para isso. Pois bem e o garrafão? Sully será titular? Precisamos de um bom pivô então, quem seria?
        Não se engane Rafael, Boston apenas iniciou seu trabalho de reconstrução.

    • Michel Moral

      Zago, há tempos eu já me manifestei sobre a demora no processo de reconstrução. Nem sempre as coisas melhoram de hoje para amanhã, ou melhor, de uma temporada para a outra.

      Dificilmente um jogador em seu primeiro ano será o líder e, se for, é porque o time é ruim. Até uma jovem promessa se tornar um astro leva certo tempo.

      Contratando as novas estrelas como Stephenson, Monroe, etc., também não é retorno imediato.

      Nem Miami teve retorno imediato formando talvez o maior dos big three da história.

  • simoes12

    Vou torcer fervorosamente para que o Grizzlies seja surrado nos Playoffs.
    Ficaria feliz demais em ver o Suns classificado, ainda mais no oeste.

  • W.Blog & Cia

    Republicou isso em Williams Blog & Cia.

  • Peter Rangel Chaves

    Para vocês quem vai ser o Center do All First Team? Big Al , Noah , D.Howard ? D.Cousins correndo por fora…

    • RafaelRox

      Noah

      • Peter Rangel Chaves

        Acho que o Noah ganha Defenseve Player of the Year , e o Big Al o All first team….seria uma forma de premiar os dois , que fizeram uma excelente temporada.

  • Léo

    Spurs não sera campeão!