Confira como foi a 13ª rodada da EuroLiga feminina

Por Cainã Lima

Bourges Basket 51 x 87 UMMC Ekaterinburg

Já classificada, a equipe russa continuou a impressionar, seja em quadra, ou fora dela. Breanna Stewart, a estrela do Seattle Storm (WNBA), recuperou-se da lesão que não a permitiu estar em quadra na última temporada da liga norte-americana e se integrou ao atual bicampeão da EuroLiga.

O Ekaterinburg aproveitou para descansar suas principais jogadoras em um show das melhores atletas do planeta. O Bourges Basket foi neutralizado em ambos os lados da quadra, marcando apenas seis pontos no primeiro quarto, um prenúncio do desastre. Alba Torrens, recém recuperada de uma lesão que a afastou da seleção espanhola, conseguiu seu melhor jogo pela equipe russa.

Destaques

Bourges Basket
Alexia Chartereau (PF): 15 pontos e cinco rebotes
Ana Dabovic (SG): 15 pontos

UMMC Ekaterinburg
Jonquel Jones (C): 14 pontos e sete rebotes
Courtney Vandersloot (PG): 12 pontos, quatro rebotes e seis assistências
Alba Torrens (SF): 12 pontos
Emma Meesseman (PF): 11 pontos, quato rebotes e seis assistências
Maria Vadeeva (C): nove pontos e dez rebotes

 

 

USK Praha 89 x 57 Reyer Venezia

O USK Praha, única equipe a equiparar seu potencial ofensivo ao UMMC Ekaterinburg, não é um aglomerado de estrelas, mas é extremamente eficiente, entrosada e dotada de um esquema de jogo que beneficia muito suas jogadoras de garrafão.

Alyssa Thomas, a estrela do Connecticut Sun (WNBA), segue onipresente em quadra desde a primeira semana da EuroLiga, e contou com a ajuda das pivôs Brionna Jones e Marija Rezan. O Reyer Venezia sequer esboçou reação durante o campeonato diante de equipes minimamente razoáveis que fossem no ataque, sendo um dos sistemas que mais carecem de material humano. O fato de que suas duas maiores pontuadoras são pivôs de 30 anos exemplifica isso.

Destaques

USK Praha
Brionna Jones (C): 24 pontos, dez rebotes, dois tocos e 10-13 nos arremessos de quadra
Alissa Thomas (PF): 21 pontos, sete rebotes e três roubos de bola
Katerina Elhotova (SG): 13 pontos e quatro roubos de bola
Marija Rezan (C): dez pontos, dez rebotes e quatro assistências

Reyer Venezia
Anete Steinberga (C): 17 pontos, quatro rebotes e quatro assistências
Gintare Petronyte (C): 16 pontos e três roubos de bola

 

Arka Gdynia 82 x 92 Lyon

O Lyon, que segue batalhando para avançar à próxima etapa da EuroLiga, não teve vida fácil contra o Arka Gdynia. A equipe polonesa, que atuou diante de sua torcida, foi coadjuvante em uma das partidas mais velozes da temporada, e estee disputando o placar com o Lyon até o terceiro quarto, quando cedeu muitos pontos a um sistema de ataque francês entrosado e de encher os olhos.

Sem a ala-pivô brasileira Clarissa (lesionada), ceder pontos em um garrafão fragilizado tornou-se comum. Porém, a solução emergiu no small ball, que compensa a fragilidade defensiva na área pintada com um ataque extremamente veloz. Ingrid Tanqueray, Marine Johannès e Jullie Allemand combinaram para 20 assistências em uma noite iluminada da dupla de garrafão formada por Michelle Ploufe e Alysha Clark.

O Gdynia não possui grandes destaques individuais, mas se adaptou bem ofensivamente ao jogo rápido, apesar de ter tido dificuldades extremas de lidar com o ataque francês. A dupla de armadoras Barbora Balintova e Marissa Kastanek compartilhou os melhores momentos da equipe polonesa.

Destaques

Arka Gdynia
Barbora Balintova (PG): 11 pontos e cinco assistências
Angelika Slamova (SG) e Marissa Kastanek (SG): 11 pontos cada

Lyon
Michelle Plouffe (PF): 25 pontos, cinco rebotes, quatro assistências e dois tocos
Alysha Clark (SF): 21 pontos, sete rebotes e quatro assistências
Marine Johannès (SG): 17 pontos e sete assistências
Julie Allemand (PG): 13 pontos, sete rebotes e nove assistências

 

Fenerbahçe 74 x 58 Montpellier

Destaques

Fenerbahçe
Cecilia Zandalasini (SF): 30 pontos, cinco rebotes e quatro bolas de três pontos convertidas
Elizabeth Williams (C): 14 pontos e sete rebotes

Montpellier
Ornella Bankole (SG): 13 pontos e três roubos de bola
Marie-Michelle Milapie (C): dez pontos e seis rebotes


Outros resultados
Çukurova 70 x 60 Castors Braine
TTT Riga 55 x 65 Nadezhda
Sopron Basket 61 x 74 Dynamo Kursk
Girona 65 x 53 Famila Schio

Classificação

Grupo A
1- UMMC Ekaterinburg: 12 vitórias e uma derrota
2- USK Praha: 11 vitórias e duas derrotas
3- Bourges Basket e Nadezhda: oito vitórias e cinco derrotas
5- Reyer Venezia: quatro vitórias e nove derrotas
6- TTT Riga, Castors Braine e Çukurova: três vitórias e dez derrotas

Grupo B
1- Fenerbahçe: 11 vitórias e duas derrotas
2- Famila Schio, Lyon e Montpellier: sete vitórias e seis derrotas
5- Dynamo Kursk e Sopron Basket: seis vitórias e sete derrotas
7- Girona: cinco vitórias e oito derrotas
8- Arka Gdynia: três vitórias e dez derrotas

Próximos jogos
26/02 – UMMC Ekaterinburg x Çukurova, Nadezhda x Bourges Basket, Dynamo Kursk x Arka Gdynia, Reyer Venezia x TTT Riga, Lyon x Fenerbahçe, Montpellier x Girona, Castors Braine x USK Praha, Famila Schio x Sopron Basket

Gustavo Lima
Gustavo Lima
Jornalista graduado pela UFMG e pós-graduado em Produção em Mídias Digitais pela PUC-MG. Natural de Ipatinga e residente em BH. Editor do Jumper Brasil desde 2007. Acompanha a NBA desde 1993. Torcedor do Phoenix Suns, mas adepto da imparcialidade.